Memória ou glorificação? Discurso escrito à mão por Hitler vendido na Alemanha por 34.000 euros

Jaysmark / Flickr

Um discurso que o ditador Adolf Hitler escreveu em 1939 foi vendido em leilão, na semana passada, na Alemanha, por 34.000 euros, noticia a agência noticiosa AP.

De acordo com a revista norte-americana Vice, que cita a AP, o discurso do líder nazi, de nove páginas, foi vendido a um licitador anónimo num leilão da Hermann Historica.

A leiloeira, sediada em Munique, defendeu a venda do manuscrito, alegando que o discurso em causa era historicamente significativo e pertencia a um museu.

“Se destruirmos estas coisas e estas não forem para um museu, onde especialistas podem trabalhar a partir delas, deixaremos a interpretação do que estava acontecer para os apologistas nazis de direita, que dirão que Hitler nunca disse isto”, disse o diretor da leiloeira, Bernhard Pacher, citado pela agência noticiosa.

A lei alemã proíbe a exibição de símbolos e imagens de cariz nazi, mas a memorabilia deste regime é legal, desde que os símbolos estejam cobertos, segundo a Deutsche Welle.

Alguns grupos judeus manifestaram-se contra o leilão, afirmando que este só serviu para glorificar os nazis e encorajar o anti-semitismo.

“Não consigo entender a pura irresponsabilidade e insensibilidade, num clima tão febril, de vender itens como as divagações do maior assassino de judeus do mundo para a licitação mais alta (…) O que leilões como este fazem é ajudar a legitimar os entusiastas de Hitler que prosperam com este tipo de coisa”, disse o rabino Menachem Margolin, líder da Associação Judaica Europeia , citado em comunicado.

A Hermann Historica leiloou vários objetos associados ao regime nazi nos últimos anos, entre os quais uma das fardas do líder nazi (300.000 dólares), uma cartola de Hitler (55.000), uma cópia do manifesto autobiográfico de Hitler “Mein Kampf” (130.000), bem como um vestido de Eva Braun, esposa do ditador (4.600).

A cartola e o manifesto vendidos anteriormente foram comprados por Abdallah Chatila, um milionário de origem libanesa, que os doou posteriormente à associação Keren Hayesod, uma fundação judaica israelita.

Em declarações à Deutsche Welle, o empresário disse, em meados de 2019, que comprou os objetos apenas com um objetivo: evitar que fossem utilizados por neonazis.

“É extremamente importante, para mim, que os objetos daquele doloroso período não acabem nas mãos erradas“, disse o empresário libanês.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Dois mortos e 450 feridos em manifestações para assinalar protestos de 2019 no Chile

Dois mortos e 450 detidos foi o resultado da violência registada em Santiago do Chile, na sequência de uma manifestação para celebrar o segundo aniversário dos protestos de 2019 contra a desigualdade social no país. A …

Votação das leis sobre teletrabalho só para depois do Orçamento

As recentes alterações às propostas têm aproximado os partidos, mas as compensações dadas aos trabalhadores pelos custos adicionais do teletrabalho e o direito a desligar continuam sem consenso. Apesar do calendário inicial apontar que os projectos …

O temido aconteceu: Engenheiros criam cão robô com sniper às costas

A Ghost Robotics criou um cão robô com uma arma equipada às costas. O SPUR "é o futuro dos sistemas de armas não tripuladas". A evolução da robótica e da Inteligência Artificial tem sido recebida de …

Morreu Armanda Passos, uma “referência maior da pintura contemporânea nacional”

Armanda Passos faleceu aos 77 anos na passada madrugada. Ferro Rodrigues lamenta a perda de uma "referência maior da pintura contemporânea" portuguesa. A pintora Armanda Passos morreu hoje, aos 77 anos, confirmou a Universidade do Porto, …

Os números que levam o Bayern a dizer: "O Benfica tem medo de nós"

Alemães destacam sete dados, antes da deslocação a Lisboa. Formação do Benfica destacada pelo Bayern. O Bayern Munique, na antevisão ao jogo com o Benfica na terceira jornada da Liga dos Campeões, publicou um artigo com …

Covid-19: Letónia vai adotar confinamento de quase um mês por aumento de infeções

A Letónia inicia, na quinta-feira, um confinamento de quase um mês, que incluirá recolher obrigatório, devido ao agravamento do número de infeções por covid-19 no país, onde a taxa de vacinação é das mais baixas …

É oficial. Rui Rio recandidata-se à liderança do PSD e vai a votos contra Rangel

Rui Rio vai assim enfrentar Paulo Rangel nas directas marcadas para 4 de Dezembro e tentar segurar a liderança do PSD. Depois de muita especulação, Rui Rio confirmou hoje que vai avançar com a recandidatura à …

Mais 832 casos e seis mortes por covid-19 nas últimas 24 horas

Portugal conta mais mais 1010 recuperados. A maioria dos novos casos são em Lisboa e Vale do Tejo e no Norte. Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais seis mortes e 832 casos de infecção pelo …

Costa admite voltar a baixar imposto sobre os combustíveis devido ao aumento da receita do IVA

O aumento extraordinário da receita de IVA decorrente da subida do preço dos combustíveis será devolvido semanalmente através de uma redução do imposto sobre os produtos petrolíferos (ISP), afirmou esta terça-feira o primeiro-ministro. Em resposta a …

Extinto incêndio no Hospital CUF Descobertas em Lisboa e sem necessidade de evacuar edifício

O incêndio que deflagrou hoje, pelas 12:20, no Hospital CUF Descobertas, no Parque das Nações, em Lisboa, foi extinto pelas 12:50, e não houve necessidade de evacuar o edifício, disse à Lusa fonte do Regimento …