Dirigente do PS denuncia mais negócios do Estado com amigo de Costa

(dr) SedeNacionalPartidoSocialista / Facebook

António Galamba, candidato à Federação da Área Urbana de Lisboa (FAUL) do PS e apoiante de António José Seguro

O socialista António Galamba acusa António Costa de “falta de transparência e rigor na gestão da coisa pública” e relaciona Lacerda Machado aos negócios dos Kamov e do SIRESP.

António Galamba, membro da comissão política do PS e ex-membro da direção de António José Seguro, acirra a polémica em volta do negociador escolhido pelo Primeiro-Ministro afirmando que há mais negócios do Estado em que Diogo Lacerda Machado esteve envolvido nos últimos anos e que se cruzam com António Costa.

Num artigo de opinião publicado esta quinta-feira no jornal i, o socialista afirma que Diogo Lacerda Machado foi nomeado pelo Governo de José Sócrates, quando António Costa era ministro da Administração Interna, para júri do concurso internacional que escolheu helicópteros de combate a incêndios Kamov.

Além disso, através do escritório de advogados que integra, Diogo Lacerda Machado representou a Motorola na compra de aparelhos para o Sistema Integrado das Redes de Emergência e Segurança em Portugal (SIRESP).

Crítico de Costa, António Galamba aponta estes exemplos como uma “confusão entre política e negócios”.

“Não há opacidade má de direita e opacidade boa de esquerda. Há falta de transparência, de rigor, na gestão da coisa pública, e a expectativa de que os portugueses possam ser tomados por parvo, pro bono ou por 2 mil euros brutos. Tudo o resto é como se tivéssemos uma manada de elefantes numa loja de porcelanas”, escreveu Galamba no artigo intitulado de “Temos paquiderme na loja”.

Expresso descreve que enquanto foi ministro da Administração Interna entre março de 2005 e maio de 2007, durante o primeiro governo de José Sócrates, António Costa quis anular os contratos de adjudicação do SIRESP com um grupo da Sociedade Lusa de Negócios.

No final, acabou por renegociar contratos desta parceria público-privada herdada dos anteriores governos, afirmando que estes iriam representar grandes poupanças para o Estado. Segundo Galamba, o “amigo de Costa” fez parte desta negociação.

“Era bom que o alegado novo tempo trouxesse mais transparência e mais escrutínio popular”, defendeu o socialista no artigo de opinião, acrescentando que “o primeiro-ministro defendeu um novo patamar de referência para futuro. Certamente tudo será diferente, transparente e sem ziguezagues em função da salvaguarda da manutenção do poder pessoal”.

O Correio da Manhã revela esta quinta-feira os contratos do Estado com o escritório de advogados de Lacerda Machado, BAS sociedade de advogados, que nos dois primeiros meses deste ano ultrapassaram os 170 mil euros.

O diário refere três contratos com entidades públicas assinados este ano, por ajuste direto, e afirma que a sociedade também celebrou contratos com o anterior Governo. Por comparação, os três contratos celebrados este ano representam 38% do total de proveitos com contratos com o Estado obtidos pelo escritório no ano anterior.

ZAP

12 COMENTÁRIOS

  1. E alguém acredita que o amigo só vai ganhar 2000,Euros???? Isto é para fazer de nós mais tolos ainda… Fartar vilanagem…

  2. é uma trapalhada que faz lembrar os esquemas do José Sócrates, que custaram milhares de milhões de euros aos portugueses. Parem de roubar os portugueses!

  3. Eu pensava, que, este governo, de esquerda radical, se comportasse bem e tudo fizesse ,para não ferir susceptibilidades. Mas, pelo que se vê, vale tudo, menos tirar olhos, isto,é, até ver, por que,” a procissão, nem sequer, vai no Adro”. Não há, infelizmente, quase, nenhum politico governante, impoluto. É uma vergonha! Portugal, está atrás de todos, no bem e na cultura, mas, à frente de todos, na corrupção. Bem dizia o Italiano, antigo. Lá longe” onde a terra acaba e o mar começa, existe um povo, que, nem se governa, nem se deixa governar”Já é sina nossa! Não há´revolução que lhe valha! Todavia, cada povo, tem aquilo que merece!

  4. É escrutinar tudo ao pormenor, já tudo que envolve advogados mafiosos, perdão, “negociadores”, tem sempre “bicho”!…
    .
    Mas, espero que não seja tão mau como a negociata que o governo do Passos fez com o António Borges para fazer basicamente o mesmo!
    Também, deve ser difícil…

  5. Esse negócio dos Kamov deve de facto ter sido um dos negócios mais ordinários feitos pelos governantes portugueses, constantemente avariados, sem peças de substituição mais parece um monte de ferro velho sem qualquer utilidade a não ser par nos levarem milhões de euros.

RESPONDER

Condenado ex-agente secreto alemão que fingia ser um terrorista

Um tribunal alemão condenou, esta terça-feira, um antigo agente dos serviços secretos alemães a uma pena suspensa de um ano por ter tentado partilhar informação confidencial com grupos radicais salafistas na Internet. Segundo a Deutsche Welle, o …

Mosquito do dengue detetado pela primeira vez em Portugal

Uma espécie de mosquito que é transmissor do vírus da dengue foi identificado pela primeira vez em Portugal, na região Norte do país, anunciou esta quarta-feira a Direção-geral da Saúde (DGS) e o Instituto Doutor …

Organização de Direitos Humanos denuncia abuso sexual de menores na Coreia do Norte

A organização Human Rights Watch (HRW) instou esta quarta-feira as Nações Unidas a pressionarem a Coreia do Norte para prevenir e investigar os abusos sexuais a menores, crime que o regime de Pyongyang diz não …

Cidadão de Baião é candidato pela CDU à Câmara e pelo PSD em freguesia

Em Baião, distrito do Porto, há um cidadão que se candidata à Câmara pela CDU e a uma Junta de Freguesia pelo PSD, nas autárquicas do próximo 1 de Outubro, confirmou a Lusa no tribunal …

MAI ordena à Proteção Civil auditoria para verificar todas as licenciaturas

O secretário de Estado da Administração Interna ordenou à Autoridade Nacional de Proteção Civil que realize uma auditoria para verificar as licenciaturas de todos os dirigentes e elementos da sua estrutura operacional, que deve estar …

Theresa May quer pagar 20 mil milhões de euros para saldar saída da UE

A primeira-ministra britânica vai propor o pagamento de 20 mil milhões de euros para saldar a separação entre o Reino Unido e a União Europeia, segundo fontes conhecedoras do tema citadas pelo jornal Financial Times. Olly …

BE quer que menores possam contestar em tribunal pais que lhes neguem mudança de sexo

Menores de 16 anos de idade a requerer mudanças de sexo, sem ser obrigatório apresentar um relatório médico, e a mover acções judiciais contra a eventual recusa dos pais em iniciarem esse processo. Estas são …

Ao primeiro dia de campanha, Catarina e Jerónimo já trocam farpas

A paz no seio da geringonça parece "ferida de morte" depois das declarações azedas trocadas entre Jerónimo de Sousa e Catarina Martins, líderes de PCP e Bloco de Esquerda. E tudo por causa das eleições …

Funcionária da PJ acusada de desviar 178 mil euros em barras de ouro

Uma funcionária da Polícia Judiciária foi acusada de, juntamente com o seu companheiro, aceder ao cofre desta força policial para se apropriar de objectos em ouro, nomeadamente de duas barras daquele metal precioso avaliadas em …

André Ventura foi a um bairro de ciganos, mas evitou-os

No primeiro dia de campanha, André Ventura visitou o bairro Quinta da Fonte, uma das zonas de Loures que o candidato considera ter maiores problemas com a insegurança. Segundo os jornais que o acompanharam, o …