Diretores adjuntos do SEF demitem-se. Ministra nomeia novo diretor

Tiago Petinga / Lusa

A ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, com a directora nacional do SEF, Luísa Maia Gonçalves

Depois de a diretora do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, Luísa Maia Gonçalves, ter apresentado a demissão, seguem-se os dois diretores adjuntos. Esta segunda-feira, o MAI anunciou Carlos Alberto Matos Moreira como novo diretor.

A ministra da Administração Interna nomeou Carlos Alberto Matos Moreira para diretor do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), anunciou hoje o MAI.

Segundo uma nota enviada pelo Ministério, o novo diretor era oficial de Ligação do MAI junto da União Europeia, na Representação Permanente de Portugal, em Bruxelas. Ingressou no SEF em 1991, onde foi diretor regional do centro do SEF entre 2003 e 2007.

Este domingo, o Diário de Notícias avançou que os dois diretores adjuntos do SEF, Joaquim Pedro Oliveira e António Carlos Patrício, apresentaram a sua demissão.

A decisão surgiu quatro dias depois da demissão da ex-diretora Luísa Maia Gonçalves, anunciada em comunicado na quarta-feira pelo Ministério da Administração Interna.

“A ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, convocou hoje a diretora nacional do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, Luísa Maia Gonçalves, para uma reunião com o propósito de lhe comunicar a sua intenção de a exonerar, tendo Luísa Maia Gonçalves apresentado a sua demissão”, lia-se na nota do MAI.

No SEF desde 1990, a ex-diretora foi nomeada em janeiro de 2016, em substituição de António Beça Pereira, que apresentou a demissão. Na altura, era inspetora coordenadora superior da carreira de investigação e fiscalização do serviço.

Segundo o DN, a decisão foi tomada devido à falta de confiança e crescente mal-estar que ambas reconheceram existir, acentuado nos últimos tempos pela nova Lei dos Estrangeiros, que permite concessão de residência a quem tenha uma promessa de trabalho.

Joaquim Pedro Oliveira e António Carlos Patrício são inspetores superiores do SEF e assumiram funções como diretores adjuntos de Luísa Maia Gonçalves na altura em que foi nomeada pelo Governo.

Na sexta-feira, o PSD pediu a audição parlamentar urgente da ministra da Administração Interna e da ex-diretora.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

9886 casos confirmados e 246 vítimas mortais

O boletim epidemiológico da DGS desta sexta-feira revela que há mais 852 infetados pelo coronavírus em Portugal. face ao dia anterior. O número de vítimas mortais é agora de 246. Segundo o Relatório da Direção Geral …

Donos da ANA adiam investimentos e deixam Montijo em risco

O grupo Vinci Airports, que controla a gestora aeroportuária nacional, vai adiar investimentos e o novo aeroporto do Montijo poderá ser uma das baixas. Como seria de esperar, a pandemia de covid-19 está a ter um …

Bancos com mil milhões de euros em pedidos de moratórias em média numa semana

Uma semana depois de a legislação da moratória pública ter entrado em vigor, os bancos nacionais já têm uma estimativa do número de pedidos de particulares e de empresas. De acordo com o Jornal Económico, os …

Idosos em lares infetados vão mudar-se (e podem ir para outros concelhos)

Na sequência do aumento de números de casos confirmados de covid- 19 nos lares, o Governo pretende “encontrar equipamentos alternativos” para alojar idosos, em isolamento profilático e que não precisem de tratamento hospitalar, dentro ou …

Apesar da pandemia, juiz Carlos Alexandre marca sessões do caso Tancos para abril

O juiz Carlos Alexandre marcou o interrogatório do principal arguido do processo relativo ao furto das armas de Tancos, João Paulino, para dia 21 de abril. De acordo com um despacho datado de 1 abril, citado …

Conceição pode estar de saída. FC Porto oferece 5 milhões por ano a Jesus

O treinador portista, Sérgio Conceição, pode estar de saída para a Alemanha. Como alternativa, o FC Porto está disposto a pagar 5 milhões de euros por ano a Jorge Jesus. Sérgio Conceição pode estar de saída …

Estado paga subsídio de refeição em teletrabalho. No privado, os patrões estão confusos

Mesmo à distância, os funcionários públicos mantêm o direito ao subsídio de refeição. No privado, a confusão mantém-se e os patrões estão divididos. De acordo com o secretário-geral da UGT, alguns patrões do privado estão a …

UEFA não quer campeonatos a seguir o exemplo belga

A UEFA reprovou a decisão da Liga de futebol da Bélgica que, esta quinta-feira, recomendou que se dê por terminada a época e se atribua o título ao Club Brugge.  Numa carta conjunta com a Associação de Clubes …

Boris Johnson em cheque. Desta vez, por causa da quantidade ínfima de testes

A pandemia de covid-19 está a ser um calvário político para Boris Johnson. O primeiro-ministro britânico tem sido alvo de várias críticas, sendo que a última tem a ver com a quantidade ínfima de testes …

EUA com pior recorde mundial diário de mortes. 10 milhões perderam o emprego

Os Estados Unidos registaram, esta quinta-feira, 1169 mortes em 24 horas causadas pela covid-19, o pior recorde mundial diário, de acordo com a contagem da Universidade Johns Hopkins. O número recorde de mortes em 24 horas …