Diretor do Museu da Presidência suspeito de desviar móveis e quadros

Museu da Presidência da República / Facebook

Diogo Gaspar, diretor do Museu da Presidência

Diogo Gaspar, diretor do Museu da Presidência

O diretor do Museu da Presidência é suspeito de seis crimes por, alegadamente, ter desviado móveis antigos e quadros da instituição, por ter beneficiado amigos e familiares e vendido a sua influência a terceiros.

Estes são os factos imputados a Diogo Gaspar, no âmbito da chamada “Operação Cavaleiro”, que está a ser levada a cabo pelo Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Lisboa, no âmbito da Unidade Nacional de Combate à Corrupção da Polícia Judiciária.

O diretor do Museu da Presidência está detido e vai ser ouvido, esta sexta-feira, por um juiz do Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa, onde deverá ser confrontado com o facto de vários móveis antigos, tapeçarias e quadros do espólio da instituição terem sido encontrados em residências suas, no âmbito das buscas efetuadas.

O Diário de Notícias reporta que foram encontradas, nomeadamente, várias peças de mobiliário dos séculos XVIII e XIX nas buscas realizadas a duas habitações, em Lisboa e em Portalegre, e a várias empresas que prestariam serviços ao Museu da Presidência.

Os investigadores do DIAP consideram que algumas destas empresas serão, de facto, de Diogo Gaspar, embora sem que ele tenha assento nos respetivos órgãos sociais, escreve o Público.

O historiador de 45 anos recorreria a “testas-de-ferro” nestas empresas, usando a sua posição de diretor do Museu da Presidência para contratar serviços às mesmas e por valores inflacionados.

Além disso, Diogo Gaspar receberia comissões “como contrapartida da promessa de exercício de influência junto de decisores públicos“, salienta a Procuradoria-Geral da República numa nota à imprensa.

“Investigam-se, igualmente, o uso de recursos do Estado para fins particulares, a apropriação de bens móveis públicos e a elaboração de documento, no contexto funcional, desconforme à realidade e que prejudicou os interesses patrimoniais públicos”, declara a PGR.

Estão em causa crimes de tráfico de influência, de falsificação de documentos, de peculato, de peculato de uso, de participação económica em negócio e de abuso de poder, numa investigação iniciada em abril de 2015 e que não se deveu a qualquer denúncia da Presidência da República, conforme apurou o Público.

Diogo Gaspar está à frente do Museu da Presidência há 12 anos, desde o início da instituição, e foi condecorado pelos Presidentes da República Jorge Sampaio e Cavaco Silva pelos serviços prestados.

ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Ainda há poucos dias vi uma reportagem acerca de um jovem que cumpriu uma pena de prisão efectiva, na sua totalidade, de mais de 4 anos, por um suposto roubo de 1 telemóvel. Subsistem muitas dúvidas se sequer terá sido ele a roubar esse telemóvel.

    http://sicnoticias.sapo.pt/programas/perdidoseachados/2016-06-27-Eder-Fortes-preso-4-anos-e-meio-por-roubo-de-telemovel

    A ver vamos o que o nosso sistema judicial acha deste roubo de centenas largas de milhares de euros, perpetrado por alguém que vive bem e não tem dificuldades financeiras, é apenas um grande guloso…

    A ver vamos que tipo de estado somos. Se somos um estado de pleno direito, em que a justiça é realmente igual para todos, ou se somos um “estadozeco” de terceiro mundo a tentar parecer outra coisa, mas onde a justiça ainda é mais igual para uns do que para outros…

  2. Ainda há poucos dias vi uma reportagem acerca de 2 jovens que não cumprem pena de prisão efectiva, em parte ou na totalidade, por um real roubo a 10.000.000 de portugueses. Não subsistem dúvidas que foram eles a roubar os 10.000.000 “telemóveis”, e os jornais e televisões nada dizem. Referimo-me ao sexta às nove da RTP1 sobre a galinheira poedeira e seu chefe de bastidores e facilitador pró PANAMÁ.

  3. Se roubar muito é um problema para quem é roubado, se roubar pouco é um problema para o que rouba, o mesmo quando morre alguem se morre um é um coitadinho toda a gente tem pena se morrerem 100 é um numero niguem liga.

RESPONDER

Acusado de racismo e sexismo, conselheiro político de Boris demite-se

Andrew Sabisky, conselheiro direto do primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, demitiu-se esta segunda-feira, depois de ser acusado de racismo e sexismo pelo próprio Partido Conservador por causa de declarações suas no passado. Em causa estão declarações feitas …

"Impressora de pele" promete ajudar na cicatrização de queimaduras

Uma nova impressora 3D portátil é capaz de depositar "folhas de pele", umas sobre as outras, e criar um curativo biológico para cobrir grandes queimaduras. A nova impressora 3D foi desenvolvida por uma equipa de investigadores …

"Made in Space". A primeira fábrica espacial vai começar a ganhar forma

Com o objetivo de construir coisas cada vez maiores no Espaço, uma empresa do Colorado, nos Estados Unidos, está a preparar-se para uma missão de demonstração de construção. A Blue Canyon Technologies vai fornecer a infraestrutura …

Asteróide que passou recentemente pela Terra não estava sozinho

Astrónomos descobriram que o asteróide 2020 BX12, que passou pela Terra na semana passada, era afinal um sistema binário de asteróides. Estamos a falar do asteróide 2020 BX12, que passou a 4,3 milhões de quilómetros de distância da …

"Parasitas" vai ter uma série na HBO. E já são conhecidos dois nomes do elenco

A produção sul-coreana de Bong Joon Ho, especialmente condecorada pela Academia, merece agora uma adaptação para a televisão pelas mãos da HBO. A série televisiva de "Parasitas" foi anunciada em janeiro e a produção está encarregue …

O carregador do seu smartphone é mais potente do que o computador da Apollo 11

Não restam dúvidas de que a informática deu um passo gigante em termos de evolução nos últimos 50 anos. Agora, um engenheiro de software descobriu que até mesmo o carregador do seu smartphone é mais …

Tribunal suspende construção da Gigafactory na Alemanha

Um tribunal alemão ordenou à Tesla, este domingo, a suspensão das obras da sua fábrica "Gigafactory" por questões ambientais. Em novembro do ano passado, Elon Musk, presidente executivo da Tesla, anunciou que a Alemanha tinha sido …

Novos semáforos da Índia ficam vermelhos quando os condutores buzinam

A Polícia de Mumbai, na Índia, instalou detetores de ruído em vários semáforos de cruzamentos importantes da cidade, visando reduzir a poluição sonora. Agora, quanto mais os condutores buzinam, mais tempo a luz se mantém …

Polícia de Hong Kong procura autores de roubo de papel higiénico

Um camião que transportava papel higiénico foi, esta segunda-feira, alvo de um assalto à mão armada em Hong Kong, onde a escassez do produto motivou uma corrida ao comércio local. As autoridades informaram que um motorista …

Centeno considera gravações de Varoufakis "politicamente lamentáveis"

O presidente do Eurogrupo considerou, esta segunda-feira, a atitude do antigo ministro das Finanças grego, que gravou reuniões do fórum de ministros das Finanças da zona euro, "politicamente lamentável". "Honestamente, não tenho comentários a fazer sobre …