Miguel Albuquerque e quase toda a direção do PSD-Madeira não podem votar nas diretas

ppdpsd / Flickr

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque

A sede nacional do PSD não reconhece pagamentos de quotas em dinheiro vivo, tal como manda o novo regulamento, deixando altos dirigentes da Madeira de fora das eleições diretas que acontecem este sábado.

Em causa na divergência da contabilização do número de militantes na Madeira está o modo de pagamento das quotas: segundo o regulamento de quotizações aprovado pelo Conselho Nacional do partido em novembro, este só poderia ser feito por multibanco (através de referência aleatória), cheque, vale postal (apenas autorizado para militantes com 60 anos ou mais), débito direto, cartão de crédito ou MB Way. A maioria dos militantes na Madeira paga as quotas diretamente na sede e em numerário.

De acordo com o semanário Expresso, foi o que fizeram o presidente do Governo Regional da Madeira e líder do PSD-Madeira, Miguel Albuquerque, o vice-presidente do Governo, Pedro Calado, a vice-presidente da Assembleia Legislativa da Madeira, Rubina Leal, o líder do grupo parlamentar, Jaime Filipe Ramos, o secretário-geral do PSD-M, José Prada, entre muitos outros militantes sociais-democratas.

Todos se encontram de fora da votação do próximo sábado, para escolher o novo líder do partido, estando apenas aptos, segundo a secretaria-geral nacional, 104 militantes. Porém, de acordo com o jornal, o PSD-Madeira continua a insistir e garante que permitirá a votação dos 2500 militantes que considera em condições de votar.

Apesar do protesto dos sociais-democratas neste arquipélago, o atual líder, Rui Rio, já confirmou que se houver mais um eleitor a votar do que os 104 reconhecidos, todos os votos serão considerados nulos.

O presidente do PSD apelou ao bom senso, alertando que o não cumprimento das regras seria razão para impugnação das diretas e para recursos no Tribunal Constitucional.

“O apelo que faço é que todos os militantes estejam no mesmo plano de igualdade. Se assim não for, as próprias eleições são passíveis de ser impugnadas internamente e no próprio Tribunal Constitucional. Nós temos de ter muito cuidado”.

“A vergonha que seria para um partido de repente ter uma sentença desfavorável no TC porque não se cumpriram as regras que o próprio partido estabeleceu e que, por sua vez, dependem das leis que vigoram à escala do país”, afirmou ainda Rio, lembrando que a lei do financiamento dos partidos proíbe donativos em numerário.

O presidente do PSD, o antigo líder parlamentar, Luís Montenegro, e o atual vice-presidente da Câmara de Cascais, Miguel Pinto Luz, são os três candidatos que disputam estas eleições diretas. Se nenhum deles obtiver mais de 50% dos votos, a segunda volta realiza-se uma semana depois, no dia 18, entre os dois candidatos mais votados.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Homem pede "julgamento por combate" com espadas japonesas para resolver disputa legal com a ex-mulher

Para resolver uma disputa legal com a sua ex-mulher, David Ostrom sugere que seja feito um "julgamento por combate" com espadas japonesas. Há precedentes legais que o podem favorecer em tribunal. O insólito aconteceu no Iowa, …

Crimes violentos podem aumentar drasticamente nos EUA devido ao aquecimento global

O número de crimes violentos nos Estados Unidos pode aumentar drasticamente nos próximos anos devido ao aquecimento global, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade do Colorado, em Boulder. "Dependendo da rapidez …

Twitter pede desculpa por permitir anúncios direcionados a neonazis

O Twitter emitiu esta quinta-feira um pedido de desculpa público depois de a BBC denunciar que a rede social estava a permitir anúncios direcionados a neonazis, islamofóbicos e outros grupos de ódio. A emisorra britânica …

Carlos Silva alega falta de apoio do PS e anuncia saída da liderança da UGT

O secretário-geral da UGT não é candidato a um novo mandato na central sindical, alegando que o “desgaste tem sido tremendo” e que é visto como força de bloqueio. “Não quero continuar”, “já está decidido e …

A maior aeronave do mundo vai ficar ainda maior. Medirá quase 100 metros

A maior aeronave do mundo vai ficar ainda maior: o dirigível híbrido Airlander 10, que media 92 metros de comprimento, vai bater o seu próprio recorde. De acordo com a emissora britânica BBC, a aeronave passará a …

Mortes nos Comandos. Governo só indemniza famílias se for condenado

O Governo deu ordem para parar as negociações com as famílias dos recrutas que morreram durante o 127.º Curso de Comandos, que decorreu na região de Alcochete, em 2016. Segundo o Jornal de Notícias, o Governo …

Eduardo Cabrita diz que polícias compram equipamento "porque querem"

O ministro da Administração Interna afirmou que os agentes policiais que compram equipamento de proteção do seu próprio bolso fazem-no porque o querem. Numa entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, divulgada este fim-de-semana, o …

Chuva deixa Austrália entre incêndios e cheias. Número de mortos sobe para 29

A chuva trouxe algum alívio aos bombeiros e habitantes do leste da Austrália, mas também causou cheias e novos problemas. As equipas ainda combatem cerca 100 focos de incêndio na região e o número de …

Sem Joacine, nova direção do Livre foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos

Este domingo, no segundo dia do IX congresso do Livre, a nova direção do partido foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos (e não conta com a deputada Joacine Katar Moreira). No final …

Juiz pede escusa do caso dos emails por ser adepto do Benfica

O juiz desembargador apresenta vários motivos para pedir escusa do processo, nomeadamente por ser "sócio do Benfica desde 1968". De acordo com o jornal Público, Eduardo Pires, juiz desembargador do Tribunal da Relação do Porto (TRP), …