Há uma dieta que lhe pode reduzir o risco de uma doença cardíaca

Uma dieta em que se limite o consumo de alimentos ricos em proteínas pode fazer-nos viver mais tempo, reduzindo o risco de doenças cardíacas.

Dietas milagrosas e pouco ortodoxas são cada vez mais comuns e todas elas prometem benefícios para a saúde das pessoas. Um novo estudo mostra que limitar o consumo de alimentos ricos em proteínas, que contêm altos níveis de aminoácidos sulfurados, pode reduzir o risco de vir a desenvolver uma doença cardíaca.

Carnes, laticínios, frutos secos e soja são alguns tipos de alimentos que teria de cortar da sua dieta caso pretenda os benefícios que os investigadores sugerem. O estudo foi publicado esta segunda-feira na revista científica Lancet EClinical Medicine.

“Durante décadas, acredita-se que dietas que restrinjam aminoácidos sulfurados são benéficas para a longevidades dos animais”, salientou o autor do estudo, John Richie, citado pela CNN. “Este estudo fornece a primeira evidência epidemiológica de que a ingestão excessiva de aminoácidos sulfurados na dieta pode estar relacionada a doenças crónicas em humanos”, acrescentou.

Para chegar a esta conclusão, Richie e a sua equipa analisaram as dietas e biomarcadores de sangue de mais de 11 mil participantes de um estudo. Através desta investigação, perceberam que as pessoas que consumiam menos alimentos com altos níveis de aminoácidos sulfurados tinham um menor risco de ter uma doença cardíaca.

Os cientistas perceberam ainda que, em média, os norte-americanos comem 2,5 vezes mais aminoácidos sulfurados do que o valor nutricional recomendado.

“Muitas pessoas nos Estados Unidos consomem uma dieta rica em carnes e laticínios. Portanto, não surpreende que muitas estejam a ultrapassar o requisito médio tendo em conta que estes alimentos contêm quantidades maiores de aminoácidos sulfurados”, explicou o coautor Xiang Gao.

Este dieta pode levar-nos a viver uma vida mais longa, mas ainda nada é conclusivo. Para tal, é necessário um estudo mais aprofundado, que tenha em consideração outras variantes em diferentes fases da vida.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Que o consumo de carnes e lacticínios são prejudiciais para a saúde já se sabe há mais de 50 anos, foi quando se começou a poluir tudo com pesticidas, antibióticos, hormonas, metais pesados e outros tóxicos que só matam.

    • Mora, ora nem mais!
      Se bem que sou da opinião de diminuir fortemente o consumo de carne, hoje em dia muita gente exagera, come carne todos os dias, ao almoço e ao jantar…
      Zero leite de vaca ,zero de farinhas, especialmente o trigo, que sofreu bastantes alterações desde há 5000 anos. E em especial, zero açúcares, onde se inclui todos os adoçantes artificiais e açúcar refinado.

RESPONDER

Cidade japonesa acaba de proibir a utilização de telemóveis enquanto se caminha

A cidade japonesa de Yamato acaba de aprovar uma proposta de lei que proíbe as pessoas de utilizarem telemóveis enquanto caminham. A cidade, localizada num subúrbio de Tóquio, entende que os telemóveis são um risco …

MIT apagou base de dados popular que ensinou IA a ser racista e sexista

O Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos, viu-se obrigado apagar uma base de dados de treinamento de Inteligência Artifical (IA) depois de esta ensinar vários algoritmos a usar insultos racistas e sexistas. …

Escola Básica e fábrica de Paços de Ferreira encerradas, com nove casos positivos

A Escola Básica n.º 2 e a Fábrica de Lacados Abrelac, em Paços de Ferreira, Porto, foram encerradas após diagnosticados nove casos de covid-19 para “prevenção” e para “interromper as cadeias de transmissão”, disseram hoje …

Mais nove mortes e 328 casos confirmados em Portugal

Portugal regista hoje mais nove óbitos por covid-19, em relação a sábado, e mais 328 casos de infeção confirmados, dos quais 254 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral …

Cientistas criam miniatura de ondas de choque de supernovas (e quase desvendam um mistério)

Esta versão em miniatura das ondas de choque das supernovas pode ter ajudado os cientistas a chegar muito perto da resolução de um antigo mistério cósmico. Uma equipa de investigadores do Departamento de Energia do Centro …

Na Indonésia, são os recém-licenciados quem mais vai sofrer com o impacto económico da covid-19

A covid-19 continua a desacelerar a economia na Indonésia e pode causar graves impactos nos recém-licenciados que entram no mercado de trabalho pela primeira vez. Na Indonésia, o crescimento económico diminuiu para 2,97% durante o primeiro …

Mudanças climáticas ameaçam 60% das espécies de peixes do mundo

Uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Instituto Alfred Wegener, na Alemanha, sugere que as mudanças climáticas podem destruir mais espécies de peixes do que se pensavam anteriormente. Se as temperaturas globais subirem …

Engenheiros desenvolvem célula de combustível duas vezes mais eficiente do que a de hidrogénio

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, desenvolveu um novo processo para uma célula de combustível que funciona com o dobro da tensão das células a combustível tradicionais de hidrogénio. O novo …

Preços das bebidas concertados durante anos. Seis supermercados sob suspeita de cartel

Seis grupos de distribuição alimentar e dois fornecedores de sumos, vinhos e outras bebidas, foram acusados pela Autoridade da Concorrência de concertarem preços durante vários anos em prejuízo do consumidor. "Após investigação, a Autoridade da Concorrência, …

Sindicato denuncia mobilização forçada de médicos para tratar surto de Reguengos de Monsaraz

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou hoje o que diz ser uma “mobilização forçada de médicos” pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo para o combate ao surto de covid-19 de …