/

Estas são as dez profissões mais bem pagas em Portugal

6

O ManpowerGroup fez o levantamento das das dez profissões mais bem pagas do país. Esses profissionais recebem até 150 mil euros por ano.

Com base no levantamento das dez profissões mais bem pagas do país, fornecido pelo ManpowerGroup à Pessoas, o jornal Eco partilhou a lista das dez profissões mais bem pagas em Portugal.

Um diretor-geral na área da saúde, por exemplo, recebe entre 120.000 e 150.000 euros brutos por ano, ou seja, entre 8.571 e 10.714 euros brutos por mês, o que faz destes profissionais os mais bem pagos.

A pandemia da Covid-19 colocou o setor da saúde no centro de todas as prioridades e atualmente procuram-se profissionais altamente qualificados e com as soft skills necessárias para dirigirem.

Mas o setor da saúde não é o único em destaque. O da tecnologia é, na verdade, o mais representado na lista das dez profissões mais bem pagas, podendo chegar até aos 120 mil euros brutos anuais.

O segundo lugar do pódio pertence à função de chief information officer (CIO) – o responsável pela área de tecnologia da informação da empresa que é, normalmente, a pessoa com mais experiência desse departamento – que ganha entre 95.000 e 120.000 euros brutos anuais (6.785 e 8.571 euros mensais).

“Entre as várias funções, faz a ponte entre a direção da empresa e a equipa de colaboradores da área da informática. Por esse motivo, além de formação em Tecnologia da Informação, precisa de ter também conhecimentos de estratégia, liderança e gestão, o que torna esta uma função muito especializada”, justifica Pedro Amorim, managing director da Experis, consultora de recursos humanos do grupo Manpower, citado pelo Eco.

De seguida está o diretor de centro de serviços partilhados, “um modelo que tem vindo a ser cada vez mais adotado em Portugal” e que procura por perfis com soft skills e hard skills muito particulares, salienta.

Um diretor de centro de serviços partilhados ganha anualmente entre 90.000 e 110.000 euros brutos, ou seja, entre 6.428 e 7.857 euros ao final de cada mês.

Da lista, fazem ainda parte profissionais como e-commerce manager, cibersecurity specialist, SAP consultant, big data specialist, software engineer, machine learning specialist e digital marketeer.

Conheça a lista completa:

  1. Diretor-geral na área da saúde (120.000 a 150.000 euros brutos anuais)
  2. CIO (95.000 a 120.000 euros brutos anuais)
  3. Diretor de Centro de Serviços Partilhados (90.000 a 110.000 euros brutos anuais)
  4. E-commerce Manager (50.000 a 75.000 euros brutos anuais)
  5. Cibersecurity Specialist (45.000 a 60.000 euros brutos anuais)
  6. SAP Consultant (+ 50.000 euros brutos anuais)
  7. Big Data Specialist (30.000 a 50.000 euros brutos anuais)
  8. Software Engineer (+ 45.000 euros brutos anuais
  9. Digital Marketeer (35.000 a 45.000 euros brutos anuais)
  10. Machine Learning Specialist (+ 40.000 euros brutos anuais)

  ZAP //

6 Comments

  1. Até nisto somos um país pobre. Uma profissão de topo que vale um ordenado bruto de 2.800 euros, ou seja, recebe-se metade – 1.400 euros – faz parte do top das dez mais bem pagas? Que miséria! Somos mesmo um país de pobrezinhos. Não admira que há mais de 20 anos os ordenados não subam em Portugal embora o custo de vida esteja substancialmente mais alto. Em vez de se evoluir, cada vez estamos mais no fundo.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE