Detidos 11 militares venezuelanos suspeitos de matar 12 pessoas

Cristian Hernández / EPA

Agentes da Polícia Nacional Bolivariana em formação contra opositores em protestos pelo referendo na Venezuela

Onze militares foram detidos na Venezuela por suspeita de serem os responsáveis pela morte de 12 pessoas, que estavam desaparecidas desde uma operação de combate à delinquência, anunciou no sábado o Ministério Público.

Os corpos das 12 pessoas, desaparecidas desde outubro, foram descobertos na sexta-feira e no sábado em diferentes zonas próximas da localidade de Barlovento, no estado de Miranda, centro do país.

Segundo o Ministério Público, “foram detidas pelos militares durante uma operação de segurança”.

Os militares vão ser acusados formalmente e o Ministério Público anunciou que solicitou proteção para as testemunhas ouvidas na investigação.

O ministro do Interior e da Justiça, o general Nestor Reverol, afirmou que as “ações unilaterais e individuais” destes militares não representam “o espírito” das Forças Armadas.

Também as Forças Armadas expressaram a sua “rejeição categórica” à atuação dos militares detidos.

Em julho, a procuradora-geral da Venezuela, Luisa Ortega Díaz, manifestou preocupação pela crescente insegurança no país e pelo aumento de denúncias de violações dos Direitos Humanos nas operações especiais das forças de segurança implementadas no ano passado pelo Presidente Nicolás Maduro.

“Preocupa-nos as Operações de Libertação do Povo [OLP] pela quantidade de denúncias que temos recebido. Temos um alto índice de polícias e militares processados por violência, por alegadas violações dos Direitos Humanos”, disse.

“Estamos na presença de uma insegurança que vem crescendo e isso tem a ver com os planos que se têm implementado e as OLP”, afirmou, sublinhando que “na medida em que a atuação dos corpos de segurança é violenta, evidentemente isso propicia também violência”.

Segundo fontes oficiais, houve 17.768 homicídios na Venezuela no ano passado, 82% deles com armas de fogo.

Lançadas em julho de 2015, as OLP fizeram 245 mortos num ano, segundo a procuradora.

As OLP são operações das forças de segurança venezuelanas para combater a insegurança no país.

Organizações de defesa dos Direitos Humanos têm denunciado execuções sumárias, detenções arbitrárias e perseguições ilegais ao abrigo das OLP.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Mafioso português Joe Barbosa retratado em livro sobre a Cosa Nostra, o FBI e a justiça nos EUA

Ser português travou a ascensão de Joseph Barbosa na máfia italiana nos Estados Unidos (EUA), mas foi em língua portuguesa o seu elogio fúnebre, após ser assassinado por denunciar mafiosos culpados e inocentes e expor …

Testes deram negativo em mais uma criança internada por suspeita de Covid-19

Uma criança regressada da China foi encaminhada, esta quinta-feira, para o Hospital D. Estefânia, por suspeita de infeção pelo novo coronavírus, mas as análises deram negativo, anunciou a Direção-Geral da Saúde (DGS). Num comunicado publicado no …

A China até já está "a queimar" dinheiro para combater o coronavírus

A luta entre a China e o novo coronavírus, o Covid-19, tem colocado os órgãos governamentais em alerta. O governo parece não poupar esforços para conter a proliferação da doença - nem que seja preciso, …

Barcelona contrata Braithwaite para substituir Dembélé

O FC Barcelona anunciou, esta quinta-feira, a contratação do futebolista dinamarquês, do Leganés, para substituir o lesionado Dembélé, depois de pagar a cláusula de rescisão de 18 milhões de euros. Com a contratação de Martin Braithwaite, …

Senador do Ceará baleado ao tentar invadir com uma retroescavadora um quartel tomado por polícias amotinados

Esta quarta-feira, Cid Gomes foi baleado depois de ter invadido com uma retroescavadora um portão de um quartel da Polícia Militar na cidade de Sobral, no estado do Ceará. O senador Cid Gomes foi baleado, na noite …

PS acusa Bloco de "má fé" na escolha de juízes para o Constitucional

O Bloco não gostou de ter ficado de fora da escolha dos dois novos juízes para o Tribunal Constitucional. PS acusa agora o partido de esquerda de "má fé". Numa conferência de imprensa no Parlamento, esta …

Justiça suíça acusa presidente do PSG e ex-responsável da FIFA de gestão danosa

O presidente do Paris Saint-Germain e um antigo secretário-geral da FIFA foram acusados de gestão danosa pela justiça suíça, numa investigação sobre os direitos televisivos do Mundial de futebol. O Ministério Público da Suíça acusa Nasser …

PJ deteve falsa psiquiatra que dava "consultas" em casa em Braga

A Polícia Judiciária (PJ) de Braga deteve uma mulher, de 38 anos, que se fazia passar por médica psiquiátrica e que dava "consultas" na sua residência. Em comunicado, a Polícia Judiciária (PJ) de Braga refere que, …

Dinheiro do prémio "Nobel Alternativo" usado para criar fundação Greta Thunberg

A Fundação Right Livelihood, que atribui os prémios "Nobel Alternativo", anunciou esta quinta-feira que entregou o valor monetário do prémio atribuído, em setembro passado, a Greta Thunberg para estabelecer uma fundação. "Estamos felizes por o prémio …

Bruxelas quer um mercado único para os dados europeus

A União Europeia (UE) apresentou na quarta-feira planos para criar um mercado único para todos os dados europeus, de forma a ajudar a criar 'startups' que consigam competir com as grandes empresas de tecnologia. Segundo noticiou …