“Desespero e tirania”. Trump não promete transição pacífica caso perca as eleições

Sarah Silbiger / Pool

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, não promete uma transição pacífica na Casa Branco caso perca as eleições, agendadas para 3 de novembro.

“Teremos de ver o que acontece. Sabem que me tenho queixado veementemente dos boletins de voto. E os boletins de voto são um desastre”, disse esta terça-feira o Presidente norte-americano, citado pelo Expresso, referindo-se aos votos por correspondência.

“Livrem-se dos boletins e terão [uma transição] muito pacífica… francamente, não haverá uma transição. Haverá uma continuação. Os boletins estão fora de controlo”, continuou.

Os boletins de voto por correspondência, que o Presidente tem colocado em causa, serão utilizados nas presidenciais norte-americanas deste ano devido à pandemia de covid-19.

O FBI rejeita as acusações de Trump sobre eventuais fraudes com os boletins de voto.

 

Estas declarações preocupam republicanos e democratas, escreve o Diário de Notícias.

O Presidente do Senado norte-americano, o republicano Mitch McConnell, recorreu ao Twitter para garantir aos eleitores que o vencedor das eleições de novembro tomará posse tal como o calendário prevê, no início da janeiro.

“O vencedor da eleição de 3 de novembro tomará posse em 20 de janeiro. Haverá uma transição ordenada, assim como tem acontecido a cada quatro anos desde 1792”.

Já o presidente do Comité Judiciário do Senado, Lindsey Graham, um aliado próximo de Donald Trump afirmou, em declarações à emissora norte-americana Fox News: “Posso garantir que será pacífica [a transição]. Agora, podemos ter litígios sobre quem ganhou a eleição, mas o tribunal [supremo] decidirá e se os republicanos perderem, aceitaremos o resultado. Mas precisamos de um tribunal” .

Trump “não está na Coreia do Norte”

Foram várias as figuras que reagiram esta semana às declarações de Trump.

A democrata Hillary Clinton, derrotada por Trump na última eleição presidencial, escreveu no Twitter: “A recusa de Trump em comprometer-se com a transferência pacífica do poder é o comportamento de um suposto ditador desesperado que se agarraria ao cargo mesmo que significasse destruir nossa democracia. É patético. Mas porque ele é o Presidente, devemos levar a sério a ameaça”, escreveu, citada pelo jornal The Guardian.

Recorrendo à mesma rede social, o senador republicano Mitt Romney escreveu: “O fundamental para a democracia é a transição pacífica de poder; sem isso, há a Bielorrússia”. Por sua vez, Nancy Pelosi, a presidente democrata da Câmara dos Estados Unidos, disse que era necessário lembrar o Presidente norte-americano que “não está na Coreia do Norte, não está na Turquia, não está na Rússia”.

Ouvido pelo semanáro Expresso, o sociólogo DaShanne Stokes, considerou esta é a “mais recente demonstração do desespero e da tirania mesquinha que têm caracterizado a presidência ilegítima de Trump desde o início”.

“Não é uma surpresa que um Presidente criminoso, que regularmente abusa do poder e viola leis americanas, tente, uma vez mais, manter-se no poder através de meios imorais, antiéticos, ilegais e antiamericanos (…) Afinal, este é um homem que ajudou os nossos inimigos e solicitou atos de guerra contra a América em benefício próprio e para enriquecer. Essa é a definição exata de traição”.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Espero sinceramente estar enganado, mas esta besta quadrada, perdão, redonda, perdendo as eleições, ainda vai ser responsável por uma guerra civil nos EUA….

  2. De tanto andar a semear “democracia” pelo mundo, eis uma como nenhuma outra! E bem-merecido: é a vez de perceberem o mal e as guerras que espalharam nas últimas décadas por toda a terra.

  3. Este artigo, tal como outros aqui publicados, está repleto de mentiras, descontextualizações… ou más traduções. O Expresso não é uma fonte fiável. Há, sim, «desespero e tirania», mas por parte dos democratas; estes, sim, é que são os criminosos.

  4. Ora aqui está um verdadeiro exemplo do celebrado sistema DEMOCRÁPULA do Império dos Cowboys (USA e abusa), segundo a digníssima e superior interpretação do atual Sheriff de serviço …

  5. O Império dos Cowboys (USA e abusa), segundo a digníssima e superior interpretação DEMOCRÁPULA do atual Sheriff de serviço …

RESPONDER

Pessoas com 55 anos ou mais já podem agendar a vacina contra a covid-19

Depois dos maiores de 60 anos, chegou a vez da inscrição dos utentes com 55 anos ou mais. Estes cidadãos já podem agendar a toma da vacina contra a covid-19. O auto-agendamento para a vacina contra …

Primeiro-ministro israelita garante que o país usará "força crescente" contra Hamas

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, avisou na quarta-feira que Israel vai continuar a intensificar a força dos ataques retaliatórios contra as milícias palestinianas em Gaza e que vai visar vários comandantes da liderança militar do …

Melhorias nos edifícios e uma nova plataforma. PRR tem 45 milhões para ajudar pessoas com deficiência

O Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) tem 45 milhões de euros para acelerar as acessibilidades físicas para pessoas com deficiência ou incapacidades. Na terceira componente do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) disponibilizado pelo Governo, …

Siza Vieira diz que Governo está “disponível para colocar recursos públicos” na transição digital

Pedro Siza Vieira revelou estar "inteiramente disponível para colocar recursos públicos" ao serviço da transição digital e assegurou que o país "está preparado" para aproveitar fundos da UE. O ministro da Economia e da Transição Digital …

Partido de Macron impede candidata de concorrer a eleição por usar hijab

O partido do presidente francês Emmanuel Macron impediu uma mulher muçulmana de concorrer como candidata às eleições locais porque tirou uma fotografia para um panfleto de campanha usando um hijab na cabeça. Sara Zemmahi ficou famosa …

Coroa de D. Maria II arrematada por 1,3 milhões. Não vem para Portugal por falta de dinheiro

A tiara de diamantes e safiras da década de 1840, que pertenceu à rainha D. Maria II e suscitou interesse da direção do Palácio Nacional da Ajuda, foi arrematada em leilão da Christie’s por 1 …

Nova alteração no apoio à retoma. Empresas podem cortar horários em 100% em maio e junho

O Governo voltou a alterar o apoio à retoma e decidiu permitir que as empresas com quebras de, pelo menos, 75% continuem a reduzir os horários dos seus trabalhadores até 100%, no mês de maio …

É oficial. Dragão vai receber final da Champions (e com adeptos nas bancadas)

A UEFA anunciou, esta quinta-feira, que o Estádio do Dragão, na cidade do Porto, vai ser o palco da final da Liga dos Campeões, entre Chelsea e Manchester City, a 29 de maio. "A final da …

Nuno Mendes entra na agenda do Nápoles

Depois de ter chamado a atenção de vários clubes europeus, o clube napolitano é o mais recente interessado no jovem lateral do Sporting. Segundo o jornal Corriere dello Sport, com a qualificação quase garantida para a …

Nova ponte no Douro vai estar pronta em 2025. Vai custar 36,9 milhões de euros

A nova ponte rodoviária sobre o rio Douro custa 36,9 milhões de euros, incluindo acessos, e fica pronta em 2025, indica a proposta de lançamento de concurso que vai esta quinta-feira à reunião camarária de …