Descoberto objeto misterioso no coração da galáxia demasiado grande para ser um planeta

Astrónomos anunciaram a descoberta de um corpo celeste que orbita uma estrela à distância de 22 mil anos-luz da Terra e que possui massa 13 vezes maior do que a de Júpiter.

Os especialistas do Instituto Coreano de Astronomia e Ciência Espacial, da Coreia do Sul, anunciaram ter encontrado um gigantesco exoplaneta no coração da nossa galáxia.

A investigação utilizou imagens de alta resolução, registadas pelo Telescópio Espacial Spitzer, da NASA, e pelo Experiência de Lente Ótica Gravitacional, OGLE. A descoberta foi apresentada num artigo submetido ao Astronomical Journal.

O Spitzer também pode registar as deformações do espaço formadas por objetos maciços. Graças a esta tecnologia, foi detetado o exoplaneta OGLE-2016-BLG-1190Lb, que tem uma massa 13,4 vezes maior do que a massa de Júpiter. Segundo a Phys.org, o objeto é tão grande que não há a certeza de que possa ser qualificado como um planeta.

Os cientistas têm duas teorias sobre a natureza deste objeto, mas nenhuma delas é muito convincente. Por um lado, consideram que poderia ser um planeta, mas essa afirmação não parece muito realista, já que o seu tamanho excede várias vezes a destes corpos.

Por outro lado, classificar este objeto como uma estrela anã castanha também não é consistente com as teorias científicas, porque é demasiado pequeno para a formação dos processos que ocorrem dentro de uma estrela.

O corpo celeste encontra-se à distância de 22.000 anos-luz da Terra, e gira em redor da estrela anã G, no centro do bojo galáctico da Via Láctea, o grupo esferóide de estrelas encontrado na região central da maioria das galáxias espirais.

Assim, detetar qualquer corpo celeste localizado nesta área da galáxia representa uma tarefa muito difícil, devido às grandes quantidades de estrelas localizadas e distribuídas de maneira caótica.

Entretanto, os amantes das teorias apocalípticas já começaram a especular que este poderia ser finalmente o famigerado Nibiru, ou o Planeta X, que supostamente causaria a destruição da Terra.

O cataclismo de Nibiru” é o nome dado a um encontro fatal entre a Terra e um planeta gigante, que certos grupos acreditam que ocorrerá no início do século XXI.

Os defensores desta teoria, que acreditam que Nibiru está a voar pelo espaço e pode aparecer no nosso céu a qualquer momento, perguntam agora se a descoberta de OGLE-2016-BLG-1190Lb pode ser a prova de que o fim está próximo.

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. “Os defensores desta teoria, que acreditam que Nibiru está a voar pelo espaço e pode aparecer no nosso céu a qualquer momento,…”
    A 22 mil anos luz de distância, e está prestes a a parecer? Falhou me aqui algum calculo?

  2. O planeta Nibiru é habituado por lagartos mais inteligentes que nós de maneira que aquilo não é um planeta, é uma nave espacial gigante, portanto, aproveitando túneis espaciais e alta tecnologia, põem-se cá mais depressa que um alfacinha no Algarve.

  3. Tava indo bem até meterem nibiru no meio…kkkkk
    Como que a porra de uma hyper terra gigante com 13x o tamanho da terra a 22mil anos luz chegaria aqui?

    • Muito bom… estou mesmo a ver a PENTAX NIBIRU ou a CANON NIBIRU 100 🙂
      Aqui por Portugal não se usa camera mas sim câmara (tanto dá para a autarquia como para o equipamento)

  4. Nibiru ehu ehuaehu hua… Vai ler a bíblia quem acredita nisso. Verá que não temos nenhum corpo com tamanha massa para chegar aqui na terra
    coisa nenhuma.

  5. Uuiii…a conversa está hilariante. Com ou sem nibiru..com ou sem dobras o espaço/tempo. Estou como S.Tomé “é ver para crer”…e estamos cá para isso:)

RESPONDER

Pedro Soares não acredita em nova geringonça. "Não há condições"

De acordo com Pedro Soares, "não há condições para uma nova geringonça." O deputado não se recandidatará e acredita que o BE deve voltar a aproximar-se dos valores da sua génese. Apesar de ressalvar que esta …

BCP começa hoje a cobrar transferências por MB Way

O Millennium BCP começa hoje a cobrar as transferências feitas pelo MB Way. As transferências pela App Millennium têm um custo de 0,50€, enquanto as que forem feitas pela aplicação do MB Way têm um …

Estado gastou milhões de euros em obras sem utilidade

O Estado português investiu milhões de euros em vários obras que hoje não têm qualquer tipo de uso. Muitas delas foram feitas com a ajuda de fundos comunitários. São várias as obras feitas pelo Estado que …

Só uma dúzia de pessoas conhecem as perguntas dos exames nacionais

O primeiro exame nacional é de Filosofia do 11º ano. Quando chegar às mãos dos estudantes, o enunciado da prova já passou por várias fases, desde a elaboração, a impressão e a distribuição, em que …

Marcelo promulga compra do SIRESP. "Tudo o que acontecer será responsabilidade do Estado”

O Presidente da República promulgou o decreto-lei do Governo com vista à compra, pelo Estado, de 100% do Sistema Integrado das Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP). Marcelo Rebelo de Sousa alertou para as …

Maior manifestação de sempre em Hong Kong leva Governo a pedir desculpa

Seis horas depois do início da marcha de protesto contra a lei da extradição, “uma multidão nunca vista” continuava a inundar as ruas de Hong Kong este domingo, na “maior manifestação de sempre”, disseram vários …

Mais de 200 ex-políticos acumulam subvenções vitalícias e reformas

Quase quinze anos depois de o Parlamento ter decidido acabar com as subvenções vitalícias, existem ainda 322 beneficiários de subvenções mensais vitalícias para antigos políticos. Destes, 216 têm uma acumulação de pensão e subvenção superior …

Mulher de Netanyahu considerada culpada de usar dinheiros públicos em refeições de luxo

A mulher do primeiro-ministro israelita foi, no domingo, considerada culpada do uso indevido de dinheiros públicos e condenada a pagar uma multa, segundo uma decisão do tribunal de Jerusalém. Acusada em junho de 2018 por fraude, …

Incêndio catastrófico destruiu a "Pompeia britânica" um ano depois de ser construída

O assentamento incrivelmente preservado na Idade do Bronze, denominado "Pompeia britânica", foi destruído por um incêndio um ano depois de ser construído. Um novo estudo, publicado na revista Antiquity, revela novos detalhes sobre Must Farm, uma …

Marcelo responde à Fenprof: uma “história mal amanhada”

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, considerou este domingo incompreensíveis as críticas da federação dos professores, que o acusou de não ser Presidente de todos os portugueses. O Presidente da República advertiu que, “por …