Descoberto objeto misterioso no coração da galáxia demasiado grande para ser um planeta

Astrónomos anunciaram a descoberta de um corpo celeste que orbita uma estrela à distância de 22 mil anos-luz da Terra e que possui massa 13 vezes maior do que a de Júpiter.

Os especialistas do Instituto Coreano de Astronomia e Ciência Espacial, da Coreia do Sul, anunciaram ter encontrado um gigantesco exoplaneta no coração da nossa galáxia.

A investigação utilizou imagens de alta resolução, registadas pelo Telescópio Espacial Spitzer, da NASA, e pelo Experiência de Lente Ótica Gravitacional, OGLE. A descoberta foi apresentada num artigo submetido ao Astronomical Journal.

O Spitzer também pode registar as deformações do espaço formadas por objetos maciços. Graças a esta tecnologia, foi detetado o exoplaneta OGLE-2016-BLG-1190Lb, que tem uma massa 13,4 vezes maior do que a massa de Júpiter. Segundo a Phys.org, o objeto é tão grande que não há a certeza de que possa ser qualificado como um planeta.

Os cientistas têm duas teorias sobre a natureza deste objeto, mas nenhuma delas é muito convincente. Por um lado, consideram que poderia ser um planeta, mas essa afirmação não parece muito realista, já que o seu tamanho excede várias vezes a destes corpos.

Por outro lado, classificar este objeto como uma estrela anã castanha também não é consistente com as teorias científicas, porque é demasiado pequeno para a formação dos processos que ocorrem dentro de uma estrela.

O corpo celeste encontra-se à distância de 22.000 anos-luz da Terra, e gira em redor da estrela anã G, no centro do bojo galáctico da Via Láctea, o grupo esferóide de estrelas encontrado na região central da maioria das galáxias espirais.

Assim, detetar qualquer corpo celeste localizado nesta área da galáxia representa uma tarefa muito difícil, devido às grandes quantidades de estrelas localizadas e distribuídas de maneira caótica.

Entretanto, os amantes das teorias apocalípticas já começaram a especular que este poderia ser finalmente o famigerado Nibiru, ou o Planeta X, que supostamente causaria a destruição da Terra.

O cataclismo de Nibiru” é o nome dado a um encontro fatal entre a Terra e um planeta gigante, que certos grupos acreditam que ocorrerá no início do século XXI.

Os defensores desta teoria, que acreditam que Nibiru está a voar pelo espaço e pode aparecer no nosso céu a qualquer momento, perguntam agora se a descoberta de OGLE-2016-BLG-1190Lb pode ser a prova de que o fim está próximo.

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. “Os defensores desta teoria, que acreditam que Nibiru está a voar pelo espaço e pode aparecer no nosso céu a qualquer momento,…”
    A 22 mil anos luz de distância, e está prestes a a parecer? Falhou me aqui algum calculo?

  2. O planeta Nibiru é habituado por lagartos mais inteligentes que nós de maneira que aquilo não é um planeta, é uma nave espacial gigante, portanto, aproveitando túneis espaciais e alta tecnologia, põem-se cá mais depressa que um alfacinha no Algarve.

  3. Tava indo bem até meterem nibiru no meio…kkkkk
    Como que a porra de uma hyper terra gigante com 13x o tamanho da terra a 22mil anos luz chegaria aqui?

    • Muito bom… estou mesmo a ver a PENTAX NIBIRU ou a CANON NIBIRU 100 🙂
      Aqui por Portugal não se usa camera mas sim câmara (tanto dá para a autarquia como para o equipamento)

  4. Nibiru ehu ehuaehu hua… Vai ler a bíblia quem acredita nisso. Verá que não temos nenhum corpo com tamanha massa para chegar aqui na terra
    coisa nenhuma.

  5. Uuiii…a conversa está hilariante. Com ou sem nibiru..com ou sem dobras o espaço/tempo. Estou como S.Tomé “é ver para crer”…e estamos cá para isso:)

Catalunha em estado de sítio. Governo pede protestos pacíficos e acusa "infiltrados e provocadores"

O presidente do Governo da Catalunha, Quim Torra, condenou ao final da noite de quarta-feira os protestos violentos que se registam há três dias na região e acusou um grupo de infiltrados de estar a …

Há acordo para o Brexit

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, anunciou esta quinta-feira que alcançou “um grande acordo” com a União Europeia para o Brexit. "Temos um ótimo novo acordo", afirmou, esta quinta-feira, Boris Johnson no Twitter. O primeiro-ministro britânico anunciou …

Encontrados 20 sarcófagos de madeira bem conservados no Egito

Uma equipe de arqueólogos descobriu pelo menos 20 sarcófagos em bom estado de conservação numa tumba antiga perto da cidade de Luxor, no sul do Egito, revelou o Ministério de Antiguidades egípcio esta semana. De acordo …

Tomás Correia pode deixar o Montepio em breve

Tomás Correira, presidente da Associação Mutualista Montepio Geral (AMMG), pode estar prestes a deixar a liderança da instituição bancária. Segundo o Expresso, o gestor pode abandonar o cargo já na próxima semana. De acordo com …

Lionel Messi recebe sexta Bota de Ouro, 15 anos após a sua estreia

O futebolista argentino Lionel Messi recebeu hoje das mãos dos seus dois filhos mais velhos, Thiago e Mateo, a sexta 'Bota de Ouro' da carreira, numa cerimónia realizada em Barcelona. "Não podia ter conseguido nem sequer …

Brexit. Unionistas da Irlanda do Norte não apoiam novo plano de Boris Johnson

O Partido Democrático Unionista da Irlanda do Norte (DUP), determinante para o acordo sobre o Brexit, disse esta quinta-feira que “tal como estão as coisas” não pode aceitar o pacto que Londres está a negociar …

Votos dos emigrantes elegeram dois deputados do PS e mais dois do PSD

Os votos dos emigrantes portugueses elegeram dois deputados do PS e dois do PSD, segundo os resultados divulgados no site da Secretaria-Geral do Ministério de Administração Interna - Administração Eleitoral. De acordo com os dados conhecidos …

Os "bons velhos tempos" foram assim tão bons? A felicidade dos últimos 200 anos foi medida pela primeira vez

Os "bons velhos tempos" foram assim tão bons? Uma equipa de psicólogos construiu um método para medir a felicidade histórica. Os resultados, para quatro nações, eram esperados - mas também uma surpresa. A ideia de que …

Rios ocultos de água quente estão a derreter o gelo da Antártida

O gelo antártico está a ser desestabilizado por rios ocultos e invertidos de água quente que correm por baixo das plataformas, derretendo-as. Os cientistas conhecem estes canais basais nas plataformas de gelo há vários anos, mas …

Enorme impacto cósmico pode ter assolado a Terra há 12.800 anos

Uma equipa de cientistas descobriu excesso de platina em material sedimentar extraído de depósitos de turfa localizados em Wonderkrater, Limpopo, na África do Sul, revelou uma nova investigação. De acordo com um novo estudo, cujos resultados …