/

“Dragão dançarino”. Encontrada espécie de dinossauro com penas e do tamanho de um corvo

(dr) Erick Toussaint

Ilustração do Wulong bohaiensis.

Foi descoberta uma nova espécie de dinossauro com penas do tamanho de um corvo. Os paleontólogos colocaram-lhe o nome de ‘dragão dançarino’ devido às semelhanças.

Uma equipa de paleontólogos chineses descobriu uma nova espécie de dinossauros com penas e que tinha apenas o tamanho de um corvo. Os fósseis encontrados ajudam a perceber a transição de dinossauros para aves e um estudo foi publicado, este mês, na revista científica The Anatomical Record.

A espécie foi ‘batizada’ de Wulong bohaiensis, que significa ‘dragão dançarino’. Os especialistas acreditam que tenha vivido há aproximado 120 milhões de anos atrás.

De acordo com o Sci-News, o dinossauro tinha uma face estreita com dentes afiados e longos, tal como um dragão. Além disso, tinha uma cauda comprida, que teria o dobro do seu tamanho.

Com penas espalhadas por todo o corpo, alimentava-se principalmente de peixes, segundo acreditam os investigadores. Este é um dos primeiros parentes do Velociraptor, que viveu há 75 milhões de anos atrás.

“O novo dinossauro integra-se numa incrível radiação de animais alados e com penas que estão intimamente relacionados com a origem dos pássaros“, notou Ashley Poust, investigadora no Museu de História Natural de San Diego.

“Estudar espécimes como este não mostra apenas os caminhos às vezes surpreendentes que a vida antiga tomou, mas também permite testar ideias sobre como características importantes das aves, incluindo o voo, surgiram no passado distante”, acrescentou.

Ashley Poust

Esqueleto do Wulong bohaiensis

O esqueleto do Wulong bohaiensis foi encontrado há mais de uma década por um agricultor local, na província de Jiufotang, na China. Pela análise dos especialistas, este tratava-se de um jovem dinossauro.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.