“Razões economicistas”. Didier Deschamps critica regresso do futebol

(dr) FFF

Didier Deschamps, selecionador francês.

Selecionador francês afirma que as partidas disputadas na Bundesliga após o retomar da competição perante a pandemia de covid-19 deixam uma imagem “incoerente”.

O selecionador de futebol da França, Didier Deschamps, criticou hoje o regresso das ligas profissionais em países como Espanha, Alemanha e Inglaterra, considerando que este se deve a razões economicistas e não desportivas.

Em entrevista ao jornal Le Parisien, Deschamps afirma que as partidas disputadas na Liga alemã, após a paragem devido à pandemia de covid-19, “[apenas] se parecem com futebol” e deixam uma imagem “incoerente”.

“Vejo jogadores a disputarem uma partida com todo os elementos próprios do futebol: os contactos e as disputas de bola. Depois, olhamos para o banco e vemos os suplentes com máscaras e a dois metros de distância uns dos outros. Sinceramente, não percebo. O risco aumenta no banco? Que incoerência”, sustenta.

O selecionador, que dois anos depois de perder o título de campeão europeu para Portugal levou a França ao título mundial, refere que o regresso das competições “responde, em primeiro lugar, a uma problemática económica”.

“Espanha e Inglaterra, dois dos grandes países do futebol, estão a planear o regresso à competição, porque estas [ligas] geram muitas receitas, mas a Inglaterra decidiu não retomar a liga feminina. Está tudo dito”, refere.

O antigo internacional gaulês defende a decisão do governo francês de cancelar a Liga de futebol, tal como sucedeu nos Países Baixos, Bélgica e Escócia, e elogia a postura do presidente da federação do seu país, Noël Le Graët.

Didier Deschamps mostra-se também preocupado com a integridade física dos jogadores, que “em alguns casos vão disputar jogos de três em três dias, e aumentar o risco de lesões”.

Após a declaração de pandemia, em 11 de março, as competições desportivas de quase todas as modalidades foram disputadas sem público, adiadas – Jogos Olímpicos Tóquio2020, Euro2020 e Copa América -, suspensas, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais, ou mesmo canceladas.

Os campeonatos de futebol de França, Países Baixos, Bélgica e Escócia foram cancelados, enquanto outros países preparam o regresso à competição, com fortes restrições, como sucede em Inglaterra, Itália, Espanha e Portugal, que tem o reinício da I Liga previsto para 4 de junho, depois de a Liga alemã ter sido retomada no sábado.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Football Leaks. PGR e FPF só souberam de ataques informáticos pela PJ

A Procuradoria Geral da República (PGR) e a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) só souberam que tinham sido alvo de ataques informáticos através da Polícia Judiciária (PJ), revelou esta quinta-feira o inspetor José Amador no …

Governo prolonga prazo das moratórias até setembro de 2021. Portugal em contingência até 14 de outubro

O Conselho de Ministros decidiu prorrogar, esta quinta-feira, a vigência da situação de contingência em Portugal continental até às 23h59 de 14 de outubro. As moratórias de crédito foram prolongadas até 30 de setembro de …

Trump diz que diretrizes mais rigorosas para aprovação de vacina são “jogada política”

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse, esta quarta-feira, que a Casa Branca “pode ou não” aprovar novas directrizes da Food and Drug Administration. As novas diretrizes para aprovação de vacina contra a covid-19 exigem …

Maduro insta ONU a criar fundo que garanta alimentos e medicamentos

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, propôs que a Organização das Nações Unidas (ONU) crie um fundo rotativo de compras públicas para garantir o acesso a alimentos e a produtos de saúde, financiado com recursos …

Mais três mortes e 691 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta quinta-feira, mais três mortes e 691 novos casos de infeção por covid-19 em relação a quarta-feira, mostra o boletim mais recente da Direção-Geral de Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da …

2 em 1. Ryanair está a oferecer um voo na compra de outro (e é só hoje)

Já estava com saudades de viajar e conhecer novos países? A Ryanair não quer que lhe falte nada. A companhia aérea low cost lança uma promoção “inédita” e garante uma oferta 2 em 1. As …

Autarca de Almada diz que declarações sobre Bairro Amarelo foram descontextualizadas

A presidente da Câmara de Almada disse esta quarta-feira que as suas afirmações sobre o Bairro Amarelo surgiram em resposta a uma pergunta feita pelo Bloco de Esquerda (BE), considerando que foram descontextualizadas devido …

Vendas tardam em recuperar. Empresas pouco preparadas para mudanças

Um estudo do Banco de Portugal (BdP), publicado na quarta-feira, revelou que as empresas enfrentam um "cenário de recuperação muito gradual" do volume de negócios para níveis anteriores à pandemia e poucas estão preparadas para …

Hospital de Lisboa deixou entrar pessoas sem máscara

O Hospital da Luz, em Lisboa, permitiu a entrar e circulação de pessoas sem máscara dentro das instalações. O hospital garante que foi um "erro humano" e que não voltará a acontecer. A Rádio Renascença escreve, …

A Estação Espacial Internacional moveu-se para evitar uma colisão

Esta terça-feira, a Estação Espacial Internacional realizou uma "manobra de evasão" para evitar ser atingida por um pedaço de lixo espacial. Controladores de voo russos e norte-americanos terão trabalhado em conjunto para mover a Estação Espacial …