Cientistas “derrotam” parasitas genéticos que provocam o envelhecimento

Uma equipa internacional de cientistas, liderada por investigadores da Universidade de Rochester, nos Estados Unidos, conseguiu reduzir os efeitos do envelhecimento, interrompendo a atividade do transposão LINE1.

Tal como explicaram os cientistas na nova investigação, cujos resultados foram esta semana publicados na revista especializada Cell Metabolism, o LINE1 é um elemento genético egoísta do genoma humano, usado em medicamento para combater o HIV.

Este é também o transposão – fragmento de ADN assim conhecido por ser capaz de  mover as suas posições nos cromossomas mudando para outro lugar na cadeia de ADN – mais comum no nosso genoma.

Apesar de serem muitos os fatores que contribuem para o processo de envelhecimento, uma das principais causas é a inflamação celular relacionada com a idade, que pode ser amplificada pelos transposões.

Cerca de 20% do genoma humano e dos pequenos ratos de laboratório é composto pelo fragmento genético egoísta LINE1, que não tem uma função útil. Por este mesmo motivo é muitas vezes considerado como lixo genético ou parasita que pode causar mutações.

Durante muitos anos, acreditou-se que este transposão contribuída para o cancro e para a instabilidade do genoma, mas os autores desta publicação sugerem agora que o dano causado por este parasita genético pode ser ainda maior.

Na pesquisa, os cientistas mostraram que o LINE1 torna-se mais ativo com a idade, contribuindo para o desenvolvimento de inflamações e doenças associadas ao envelhecimento. Além disso, com o avançar da idade, os mecanismos moleculares que mantêm os elementos genéticos egoístas à distância perdem a sua eficácia, facilitando a reativação dos transposões.

Novas formas de terapia para cancro e diabetes

A investigação mostrou ainda que, à medida que o LINE1 é reativado, algumas das suas cópias escapam do núcleo da célula para o citoplasma. As moléculas do citoplasma, que fornecem proteção contra a invasão de um vírus e ADN estranho, reconhecem os transposões e ativam um alarme falso em forma de inflamação.

Os autores descobriram que a atividade deste parasita genética pode ser reduzida através do uso de medicamentos que inibem a transcriptase reversa, enzima que catalisa a formação do ADN deste parasita genético.

Este tipo de medicação foi originalmente desenvolvida para combater a transcriptase reversa em pacientes diagnosticados com HIV. A aplicação dates medicamentos em cobaias utilizados no estudo melhorou a saúde dos roedores e reduziu a inflamação celular associada ao envelhecimento.

Com a nova informação descoberta sobre o LINE1 e os seus efeitos sobre a inflação. os cientistas esperam agora desenvolver métodos para inibir estes de elementos egoístas. “Estas intervenções podem servir como novas formas de terapia para doenças relacionadas à idade impulsionadas pela inflamação, como neuro-degeneração, o cancro, a diabetes e doenças auto-imunes”, explicou Vera Gorbunova, co-autora do estudo.

ZAP ZAP // RT

PARTILHAR

RESPONDER

Cavaco fala em "democracia amordaçada" (e na "vergonha" dos números da pandemia)

Este sábado, numa participação na Academia de Formação Política das Mulheres Sociais-Democratas, Cavaco Silva deixou duras críticas ao Executivo de António Costa, sublinhando que a pandemia mostrou um "SNS fragilizado por decisões erradas do governo". O …

Remédio contra piolhos está a ser usado contra covid-19. Infarmed e DGS investigam

"Centenas" de doentes de covid-19, em Portugal, têm sido tratados com o antiparasitário Ivermectina que é usado contra piolhos e lombrigas. Há médicos que o prescrevem e que também o tomam a título preventivo, embora …

Sporting bate recorde histórico, mas até o do 6-3 era melhor (quando Amorim não estava "do lado certo")

O Sporting não perde há 22 jogos e bateu o recorde de invencibilidade dos leões em jogos do campeonato que pertencia à equipa de 1981/1982. Um dado que deixa Ruben Amorim orgulhoso, mas o treinador …

"Estou a morrer." Constança luta por um medicamento para se salvar, Infarmed diz que não recebeu pedido do Hospital

Constança Bradell fez um apelo nas redes sociais, numa publicação em que descreve a luta que está a travar contra a fibrose quística. A jovem, de 24 anos, pede a aprovação do medicamento que lhe …

Um século de luta comunista comemorado com 100 ações pelo país

O mais antigo partido político comemora, esta sábado, 100 anos de existência. PCP vai festejar o aniversário com 100 ações pelo país. O PCP assinala, este sábado, os seus 100 anos com 100 ações, em mais …

Relações esfriadas. Moedas consultou Marcelo, mas dispensou conselhos de Passos

Antes de anunciar a sua candidatura a Lisboa, Carlos Moedas consultou Marcelo Rebelo de Sousa e falou com Paulo Portas. Com Pedro Passos Coelho só falou um dia depois de o seu nome ter sido …

Portugal não pode perder o comboio da Europa. Para Marcelo, é hora de aproveitar o novo ciclo

A crise que assolou o nosso país tem de ser aproveitada para "olhar para os problemas estruturais". A mensagem foi deixada pelo Presidente da República, nesta sexta-feira, na conferência de abertura do Festival P, com …

Santana não desiste e admite candidatar-se à Figueira (mesmo à revelia do PSD local)

Pedro Santana Lopes não fecha totalmente a porta e admite vir a candidatar-se à Figueira da Foz como independente. Mesmo que a concelhia do PSD já tenha tomado uma decisão e avance com Pedro Machado, Pedro …

Um Papa na "Terra de Abraão" pela primeira vez na História. Francisco em viagem inédita ao Iraque

Depois de 15 meses em Itália, o Papa Francisco regressou às viagens pastorais com uma visita de quatro dias ao Iraque, uma viagem inédita de um líder da Igreja Católica ao Iraque.  O Papa Francisco desafiou …

Jesus não "perdoa" Vlachodimos pelo erro no dérbi. Vieira já definiu preço para o guardião

O jornal O Jogo escreve este sábado que o treinador do Benfica, Jorge Jesus, ainda não esqueceu o erro do guardião Odysseas Vlachodimos frente ao Sporting, numa partida para o campeonato que acabou com a …