SMS de campanha da Meo é “claramente ilegal”, denuncia DECO

A DECO considerou ilegal a campanha que a Meo está a fazer, na qual oferece Internet aos clientes em agosto, mas obriga a pagar após essa data se não rescindirem, e já denunciou o caso ao regulador ANACOM.

Segundo disse à Lusa Ana Sofia Ferreira, da associação de defesa do consumidor, nos últimos dias a DECO tem recebido dezenas de contactos e queixas a propósito da mensagem telefónica (SMS) que a Meo tem enviado a clientes na qual anuncia que atribui dois Gigabytes (2GB) adicionais de Internet até 31 de agosto e que após essa data os clientes podem manter esse ‘plafon’ de internet extra por 3,98 euros por mês, sem fidelização.

Já no fim da SMS, a Meo diz que, se o cliente “preferir não beneficiar destas vantagens” deve ligar “grátis [para o número] 800200023”.

Segundo a responsável da DECO, é aqui que está o problema: “Não são os clientes que têm de cancelar um serviço não solicitado“, afirmou.

Ana Sofia Ferreira explicou que a lei proíbe “claramente” às operadoras a cobrança de qualquer serviço não solicitado e que a ausência de resposta do consumidor não vale como consentimento, pelo que a Meo não pode a partir de 31 de agosto cobrar 3,98 euros por um serviço que os clientes não pediram, mesmo se estes não o cancelarem entretanto.

“A Meo pode oferecer, não pode é cobrar”, sublinhou.

A DECO diz que já enviou uma denúncia ao regulador das telecomunicações, a ANACOM – Autoridade Nacional de Comunicações, a quem pede o sancionamento da Meo e que corrija a prática.

A responsável da DECO disse ainda que, no caso dos clientes que contactaram a operadora para cancelar o serviço a partir da data em que teriam de pagar, houve relatos de problemas no cancelamento, uma vez que é um atendedor automático que recebe as chamadas, que é confusa a forma de cancelamento e que ficaram ser ter a certeza se o serviço foi efetivamente cancelado.

A Lusa contactou fonte oficial da Meo, mas até ao momento não obteve resposta.

A Meo pertence à PT Portugal, detida pela francesa Altice e que tem intenção de, no próximo ano, fazer desaparecer as marcas PT e Meo, passando a designar-se apenas Altice.

// Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Mas uma das boas práticas da empresa… o que é preciso acontecer para alguém resolver fazer alguma coisa…

    A titulo de exemplo pela 5.ª ou 6.ª vez marquei um pedido de assistência e não aparece ninguém para realizar esse pedido. Lamentavelmente nem sequer ligam a informou que não vão comparecer… O Cliente por seu lado tem que aguardar no período marcado a presença do técnico sendo por vezes marcado entre as 09 e 13 horas… Depois faltam e o cliente se faltou ao emprego que vá ao “totta” receber…

    Deixo como sugestão / dica o seguinte fazer f…. esses gajos…
    Marquem o pedido entre as 20 e as 22 horas. Como eles ligam a 1/2 da tarde a questionar se está alguém em casa respondam que não. Só no período marcado. A equipa técnica dá o serviço como concluído informando que o cliente não estava em casa cobrando na mesma o serviço à MEO. No dia seguinte de manha liguem a informar que não apareceu ninguém e assim eles são obrigados a creditar pelos serviços não prestados. Mesmo que a avaria seja num único serviço eles são obrigados a creditar todos os serviços por vendem por “pacote”…

  2. Continuo sem saber para que serve ou utilade em existir a ANACOM senão para receber chorudos vencimentos sem nada produzir.
    Para estas jogadas trafulhas com o intuito de extorquir dinheiro aos clientes devia existir uma punição severa para que não voltassem a ser cometidas.

  3. É um permanente abuso, estou mortinho que acabe o período de fidelização para os mandar às malvas. Tenho pena de perder o serviço de televisão que considero o melhor do mercado mas os serviços são tão ordinários que vou mesmo mudar.
    Acho no entanto que deveriam ser penalisados por estes atentados aos clientes.

  4. Vamos lá ser objetivos… eles dão 2GB de internet durante agosto e para cancelar a subscrição nos meses seguintes basta ligar o nº e marcar duas vezes o “1”. Não me parece ser mau negócio.
    A DECO critica mas na agressividade de marketing é pior que eles.

  5. Boa! A grande PT vai ser extinta, vai desaparecer para dar lugar a uma multinacional burlo-na de seu nome Altice…. Lamentável o que se tem vindo a passar na PT. La se vai mais uma empresa histórica que tinha tudo para dar certo só que nós não estimamos bem o que é nacional.

  6. Antigamente:
    “O que é Nacional é bom”
    Actualmente:
    O que era Nacional é muuuuuuuito bom, mas é privatizado…

RESPONDER

Último aviso da Cassini: se for a Saturno, leve guarda-chuva

Se está a pensar fazer uma viagem até Saturno deixamos um conselho: não se esqueça do guarda-chuva. Cientistas norte-americanos descobriram recentemente que os anéis de Saturno podem produzir uma espécie de chuva. A sonda Cassini viveu …

A bebé que nasceu com o coração fora do corpo sobreviveu

Uma bebé que nasceu com o coração fora do peito superou as expectativas que lhe davam menos de 10% de possibilidades de sobrevivência, e ultrapassou três cirurgias para resolver esta rara condição cardíaca. Vanellope Hope Wilkins …

Vieira da Silva implicado no escândalo Raríssimas

Paula Brito e Costa quis criar uma fundação, com o intuito de reforçar os seus poderes na associação Raríssimas. O pedido teve um parecer negativo, mas isso não a impediu de assinar um protocolo como …

PS contraiu mais um empréstimo e já deve 9 milhões de euros à banca

O PS contraiu, há cerca de duas semanas, mais um empréstimo bancário para fazer face às dificuldades financeiras que vem atravessando. O partido tem uma dívida à banca que ronda os 9 milhões de euros. A …

Casa dos Marcos corre o risco de fechar por falta de acesso às contas bancárias

Os trabalhadores da "Raríssimas" avisam que a associação está em risco de fechar por falta de acesso às contas bancárias e apelam ao primeiro-ministro para que envie uma direção idónea para permitir o seu funcionamento. A …

Rui Rio recebe 21 mil euros por ano da Ordem dos Contabilistas

Desde 2013, Rui Rio recebeu 1500 euros brutos mensais como vice-presidente da Assembleia Geral da Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC). Por ano, são 21 mil euros ilíquidos: é esse o valor que o candidato à presidência …

Médicos Sem Fronteiras falam em 9 mil rohingyas mortos em apenas um mês

Pelo menos nove mil rohingyas morreram no Estado de Rakhine, em Myanmar, entre 25 de agosto e 24 de setembro, segundo investigações dos Médicos Sem Fronteiras em acampamentos de refugiados no Bangladesh. "Como 71,7% das mortes …

MAI dá à PSP uma semana para avaliar riscos de segurança na noite

A PSP tem até ao próximo dia 20 para realizar uma avaliação dos incidentes registados nos últimos dois anos em estabelecimentos de diversão noturna. Segundo o Diário de Notícias, a ordem de Eduardo Cabrita terá sido …

Três semanas depois, ainda não há pedidos de indemnização por mortes em incêndios

Passaram quase três semanas desde a abertura do processo de entrega de requerimentos, mas a Provedoria da Justiça ainda não recebeu nenhum pedido. A presidente da Associação das Vítimas do Incêndio de Pedrógão Grande (AVIPG) explica …

Mães querem processar Estado pelas adoções ilegais da IURD

As mães portuguesas de dez crianças que terão sido roubadas à família de um lar ilegal financiado pela Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) e adotadas por bispos e pastores da igreja ponderam lutar …