“É lamentável”. CGD subiu taxas das contas baratas e desceu as das caras

Miguel A. Lopes / Lusa

Paulo Macedo

A Deco receia que outros bancos sigam a decisão da Caixa Geral de Depósitos de atualizar os seus preçários. A associação de defesa dos consumidores não compreende a “injustificada” subida das comissões nas contas mais baratas.

Injustificada e completamente desproporcionada.” É assim que a Deco classifica a decisão da Caixa Geral de Depósitos (CGD) de agravar os custos das suas contas mais baratas, um dos serviços cujas comissões vão aumentar no banco público já a partir de janeiro.

A associação de defesa dos consumidores critica a decisão da CGD de alterar os seus preços, aumentando os encargos das contas mais baratas, ao mesmo tempo que reduz as comissões das contas de clientes com maior património.

Em declarações à Antena 1, Nuno Rico, economista da Deco, referiu que esta alteração de preços “é injustificada e completamente desproporcionada, porque por um lado temos um aumento de 14% dos custos da conta S, que foi apresentada como uma alternativa com custos mais baixos e depois temos uma descida de 30% para os clientes que têm maior património financeiro”.

Não conseguimos entender esta decisão“, disse ainda, admitindo que outras entidades financeiras poderão seguir o caminho do banco público. “Quando um aumenta, depois temos um conjunto de outros bancos a seguir.”

De acordo com o Expresso, está em causa a decisão da CGD de subir o custo mensal da Conta S em 14%, de 2,8 para 3,2 euros mensais. Contudo, clientes que tenham um património superior a 50 mil euros ou domiciliação de ordenados acima de 2250 euros mensais irão beneficiar de uma descida de 30% no custo da conta, de 7 para 5 euros mensais.

Entretanto, segundo o Eco, a CGD emitiu um comunicado em que, relativamente à “Conta S”, diz ser “uma conta pacote de adesão voluntária, que continua a ser a mais competitiva do mercado”.

“O reforço da proposta de valor da conta, por solicitação dos nossos clientes, com correspondente aumento do número de serviços motivou, por parte da Caixa, um acréscimo de 40 cêntimos por mês para os clientes com bonificação (menos de 1,5 cêntimos por dia) e de 95 cêntimos por mês para os restantes clientes desta conta (menos de 3 cêntimos dia)”, acrescenta o banco público.

O banco refere-se ao facto de ter aumentado, em duas, o número de transferências incluídas nas suas contas pacote. Desta forma, a “Conta S” passa a permitir quatro em vez das duas transferências mensais atualmente incluídas e a “Conta M” passa de três para cinco transferências por mês. Já a “Conta L” mantém-se com um número ilimitado de transferências.

A Caixa Geral de Depósitos decidiu ainda passar a cobrar uma comissão de 88,4 cêntimos em cada transferência MBWay, a partir de 25 de janeiro.

ZAP //

PARTILHAR

24 COMENTÁRIOS

  1. Mas o que se espera daquela administração, em particular do seu presidente…
    Não fez a mesma …na Saúde?
    Quanto a mim, já larguei a CGD há muito tempo.

  2. Não ha qualquer respeito pelos pobres em Portugal. Sendo a CGD um banco do estado, como é que são aceites estas alterações sem que o governo e os partidos, principalmente os de esquerda, se manifestem contra ou, mesmo se oponham a esta vergonha.

    • A equerdalha e a direitalha existem para sugar, escravizar e sonegar liberdades ao povo. Mas o povo não está preparado para perceber o real valor do dinheiro.

    • Totalmente de acordo! Onde estão as políticas de esquerda quando o banco do Estado é o primeiro a promover a injustiça social e a polarização da riqueza?

    • Se o desgoverno fosse de centro-direita, aqui del-Rei que eram os fascistas a roubar os pobres. Como é um desgoverno de esquerda, tudo fica caladinho que nem ratos de esgoto…

    • O colega deve andar muito distraído. Mesmo muito. Então diga-me lá o que andou a CGD a fazer nos últimos 30 ou 40 anos? Olhe posso assegurar-lhe que as PMEs nacionais têm financiamentos em muito melhores condições em qualquer outro banco (e não são Portugueses!!!). Depois parece que se esquece da principal razão para ter a CGD no domínio público. Veja o caso Sócrates e Vara, Vale do Lobo e tantas outras maquinações que se fizeram ao longo dos tempos. De tentativa de controlo de grupos de comunicação por via indireta de aprovação de financiamento noutras instituições bancárias, a financiamento de projetos empresariais ruinosos, passando por ser um dos principais antros de tachos da classe política… Até o Ricardo queria a salvação do BES com o apoio da CGD!!!
      Enfim, façam um favor ao país e ao erário público e privatizem isso de uma ver por todas. Não faz falta ao Estado. Bem pelo contrário. Foi sempre um sorvedouro de dinheiros públicos.
      E a demonstrar que a CGD nunca fez nada pelas empresas nacionais, estão a quantidades de linhas de apoio, sociedades de garantia, agências de capitalização,… que os diferentes Ministérios da Economia criaram ao longo de décadas para apoiar as PMEs.

  3. Já nos saíram do bolso os custos das veleidades dos “donos” da Caixa e agora estamos a pagar juros…
    Só me ocorre uma frase:
    “Mais do mesmo”…

  4. Este é o caminho percorrido pelos chamados gestores de topo que recorrem aos mais frágeis economicamente para encher o bolso dos mais abastados. Lembram-se de Zeinal Bava considerado um dos melhores do mundo e até condecorado por Cavaco Silva?

    • Sim, vivemos num sistema económico “parasiticovampírico”. Procure no youtube pelo holandês ex banqueiro de topo Ronald Bernard e veja as entrevistas dele. Cuidado que o seu mundo nunca mais vai ser o mesmo depois de saber certas coisas que ele conta.

    • Então faz-se o quê, volta-se à MONARQUIA?!?!?!?! Às DITADURAS???? Não, o caminho é mesmo votar, VOTAREM TODOS e ninguém ficar em casa!!! Desde os meus 18 anos que voto, nunca falhei e nunca votei NULO ou BRANCO! É o mínimo que se pede por respeito a quem tanto lutou por TODOS terem o direito de escolha! Agora, se optam por não votar, como é que as coisas podem mudar?!
      50% da população não votou; retiro 10% por limpeza de cadernos eleitorais de falecidos, vá…. que seja 40% que não votaram! Isso sim, é que é um CIRCO!!!!

  5. Ninguém é obrigado a manter conta na CGD. Fui cliente da Caixa durante 35 anos, vieram as comissões de conta, já era. Passei para CTT, não há comissões de gestão nem pagamento de cartões. Têm-me lá enquanto assim for…

  6. Os milhões que certos empresas/empresários exemplares (Berardo; GES, a Finpro (gerida pelo Américo Amorim), as Clinicas Malo, os espanhóis da Pescanova, etc, etc) “roubaram” à CGD tem que ser pagos por alguém… se forem pelos clientes, menos mal – porque estes ainda tem opção de escolha!…

  7. Parece-me um nova política muito semelhante ao efeito Robin Hood invertido: decidiram roubar os pobres para dar aos ricos. Afinal para que serve um banco privado de capitais públicos?!

  8. E é isto o Banco do Estado. Assim se vê como o Governo trata os cidadãos e, particularmente, os mais necessitados. VERGONHA!

  9. Se todos mudassem as suas contas para bancos que não tenham comissões, acabava-se logo com esta mama. Andamos a pagar os ordenados e prémios de luxo dos gestores, a maioria com poucos escrúpulos. Por mim estão despachados.

  10. Façam como eu, acabem com a conta.
    Banco público para alimentar parasitas, NÃO alinho nisso… seria um atentado à minha inteligência.

RESPONDER

Num jardim zoológico da Austrália, há concertos ao vivo (para entreter os elefantes)

https://vimeo.com/372400002 O jardim zoológico de Melbourne está a desenvolver um programa mundial de músicos para tocar para a sua multigeracional manada de elefantes asiáticos em perigo de extinção para que melhore a ligação entre os seis …

Montijo: ANA pede mais tempo para analisar medidas de mitigação ambiental

A ANA – Aeroportos de Portugal pediu à Agência Portuguesa do Ambiente (APA) uma prorrogação do prazo para analisar as medidas de mitigação propostas pela entidade na Declaração de Impacte Ambiental (DIA) do futuro aeroporto …

Sérgio Conceição ultrapassa número de jogos de José Mourinho

No jogo deste domingo, que o FC Porto acabou por vencer o Boavista com um golo solitário de Alex Telles, Sérgio Conceição cumpriu o seu 128.º jogo como treinador dos dragões - mais uma partida …

Governo australiano acusado de censurar livro sobre história de Timor-Leste

O Ministério dos Negócios Estrangeiros australiano está alegadamente a tentar censurar partes do primeiro de dois volumes da história de operações militares em Timor-Leste, o dedicado à Força Internacional para Timor-Leste (Interfet), segundo revelou a imprensa …

Norte-americanos acordaram com mensagens de texto estranhas nos seus telemóveis

Na passada quinta-feira, uma grande parte da população norte-americana recebeu mensagens estranhas e inexplicáveis, muitas das quais desconfortáveis e até preocupantes. Stephanie Bovee, uma norte-americana de 28 anos de Portland, no oeste dos Estados Unidos, acordou …

Pai que fugiu por 15 países com os dois filhos no ano passado encontrado pela PSP

O pai mudou 15 vezes de país com as crianças desde o verão passado sempre sem o consentimento da mãe e sem que a mãe tivesse qualquer notícia do paradeiro dos filhos, revela a PSP. A …

Daesh está a tentar criar um novo Estado islâmico nas Filipinas

Há dois anos que a bandeira negra do Daesh deixou de esvoaçar no topo de um edifício da cidade de Marawi, em Mindanau, no sul das Filipinas, e o Presidente, Rodrigo Duterte, declarou tê-lo derrotado. …

Operação Marquês. Ex-secretário de Estado de Passos Coelho chamado como testemunha

O juiz de instrução da Operação Marquês, Ivo Rosa, decidiu chamar o ex-secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações Silva Monteiro como testemunha, avança a SIC Notícias. Segundo apurou a estação televisiva, o ex-governante …

Apple e Goldman Sachs acusados de terem criado cartão de crédito sexista

A Apple e o Goldman Sachs estão a ser acusados de terem lançado um cartão de crédito que discrimina os utilizadores em função do género. Um dos últimos a juntar ao rol de críticas ao Apple …

Grimaldo joga consecutivamente há 68 jornadas (só é ultrapassado por um guarda-redes)

Alejandro Grimaldo está há 68 jornadas a jogar consecutivamente a titular na lateral esquerda do Benfica - são dois anos sem descanso. Os números são avançados pelo desportivo A Bola, que dá conta que o lateral-esquerdo …