Vivia numa habitação social. De repente, herdou uma propriedade de 50 milhões

Um teste de ADN mudou a vida de Jordan Rogers para sempre. O britânico, de 31 anos, promete tentar ajudar outras pessoas que vivem na situação que ele próprio sentiu na pele.

Jordan Rogers trabalhava como assistente social e vivia num council estate, uma forma de habitação municipal barata. Um teste de ADN mudou a sua vida para sempre, depois de ficar provado que o britânico, de 31 anos, era filho de um aristocrata recentemente falecido. Rogers mudou-se para uma propriedade rural com 641 hectares de área e um valor estimado em 50 milhões de libras, cerca de 56,9 milhões de euros.

O britânico teve toda a vida dificuldades financeiras. Segundo o Expresso, o homem sabia desde os oito anos que era filho de Charles Rogers, o aristocrata que herdara o Penrose Estate, a propriedade da família em Cornwall.

Ao longo de dez anos, fez várias tentativas de realizar um teste de ADN para o provar, mas só conseguiu realizá-lo no ano passado, depois de o pai falecer, aos 62 anos, vítima de “toxicidade de metadona”.

Quando saíram os resultados do teste, o britânico percebeu de imediato que a sua vida ia mudar. Apesar de ter deixado de precisar de trabalhar, diz que vai fundar uma instituição de beneficência para ajudar outras pessoas. Rogers já instalou um ginásio na propriedade, comprou um Mercedes e fez uma viagem a Nova Iorque com a namorada.

O Penrose Estate foi doado ao Estado em 1974, mas a família manteve o direito a residir no local durante mil anos. Além de não precisar de despender dinheiro com a manutenção da propriedade, Jordan vai receber um estipêndio semanal que pode chegar às mil libras, cerca de 1140 euros.

O pai de Jordan nunca chegou a viver na propriedade. Esta era ocupada pela mãe, enquanto ele ficava numa das casas da quinta. Como os dois morreram com duas semanas de intervalo, Jordan foi o único herdeiro.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Bancos querem passar a cobrar por grandes depósitos. Particulares escapam

BCP, Novo Banco e Caixa Geral de Depósitos defendem que é preciso cobrar aos grandes clientes por depósitos de grande dimensão. Particulares e pequenas e médias empresas escapariam desta medida. A ideia foi lançada pelo …

Filho de Bolsonaro já não vai ser embaixador em Washington

O deputado Eduardo Bolsonaro, filho do Presidente do Brasil, anunciou na terça-feira, na Câmara dos Deputados, que desistiu da sua indicação para embaixador do país em Washington, nos Estados Unidos (EUA). Na véspera, Jair Bolsonaro, que …

OE2020. Catarina Martins critica chantagem da Comissão Europeia a cada ano

A coordenadora do Bloco de Esquerda criticou esta terça-feira a chantagem da Comissão Europeia em relação a Portugal repetida a cada legislatura e a cada ano, reiterando a disponibilidade "para negociar um Orçamento do Estado …

Maior parte das escolas não cumprem lei de 2009 sobre a educação sexual

Grande parte das escolas não está a cumprir a lei de 2009 que define como deve ser dada a educação sexual no ensino obrigatório, do 1.º ao 12.º ano de escolaridade. A conclusão surge num relatório …

Pouco poder, mas algum. Deputados únicos podem desencadear revisão da Constituição

Os deputados únicos não têm poder para pedir a votação do programa de Governo, ao contrário dos grupos parlamentares, nem podem sozinhos censurar o Executivo, mas podem desencadear, como qualquer parlamentar, um processo de revisão …

Funcionários públicos esperam entre 100 e 280 dias para se poderem reformar. Processo pode ser acompanhado online

A atribuição das novas pensões de reforma aos funcionários públicos está a demorar, em média, entre 100 a 280 dias - ou seja, entre três e mais de nove meses. A revelação foi feita esta terça-feira, …

"Onde está o Varandas?". Claques não faltaram à vitória do Sporting em hóquei em patins

Apesar das quebras de protocolos, Juventude Leonina e Diretivo Ultras XXI marcaram presença no jogo desta terça-feira de hóquei em patins entre o Sporting e a Oliveirense. Na noite desta terça-feira, o Pavilhão João Rocha foi …

Do azedume às contas do passado. Críticos internos atacam Rio

Depois de Rui Rio ter anunciado esta segunda-feira que se recandidata à liderança do PSD, os críticos internos vieram a público. Acusam-no de querer dividir o partido e ajustar contas com o passado e esperam …

"Acho ridículo que sejam feitas obras, portas ou não", diz Ventura

O CDS que não quer o líder do Chega no meio dos seus deputados e a solução pode mesmo passar por abrir uma porta especial para o deputado. "Acho ridículo", comenta André Ventura. Na última conferência …

Duas vitórias em 14 jogos. Benfica quer travar o calvário da Champions

O Benfica recebe esta quarta-feira o Lyon, estando praticamente obrigado a ganhar para seguir em frente na competição milionária. Apesar de reconhecer a dificuldade, Rúben Dias acredita os encarnados vão voltar aos bons resultados. A …