“Dança quem está na roda”, responde Marcelo sobre ausência de Bolsonaro

António Cotrim / Lusa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse este sábado que “dança quem está na roda” quando questionado pelos jornalistas sobre a ausência do homólogo brasileiro, Jair Bolsonaro, da cerimónia de reinauguração do Museu da Língua Portuguesa em São Paulo.

”Só respondo por Portugal. Gosto muito do que se diz no Minho que é: dança quem está na roda. Eu estou nesta roda, estou muito feliz por estar nesta roda e nesta dança. Esta é uma dança que pensa no futuro da língua portuguesa e de 260 milhões de pessoas. Isso para mim é o mais importante”, disse.

O Presidente da República português falava durante a conferência de imprensa conjunta com várias personalidades, incluindo o Presidente de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, e o Governador do Estado de São Paulo, João Dória, que não poupou nas críticas ao Presidente brasileiro.

Jair Bolsonaro foi a ausência mais notada na cerimónia para a qual, segundo o governador, foram convidados todos os ex-Presidentes do Brasil, mas compareceram apenas Michel Temer e Fernando Henrique Cardoso.

Segundo a imprensa local, Bolsonaro, com quem Marcelo Rebelo de Sousa se deverá reunir na segunda-feira, em Brasília, está no Estado de São Paulo, numa concentração de motos, na cidade de Presidente Prudente.

Durante a conferência de imprensa em que, segundo as palavras de João Dória, o Presidente português teve de responder a duas perguntas consideradas na gíria brasileira como “saia justa”, Marcelo Rebelo de Sousa rejeitou ainda a ideia de uma alegada “guerra” entre os dois países motivada pela recusa de alguns escritores portugueses em usar o acordo ortográfico.

Não há nenhuma guerra entre Portugal e Brasil, simplesmente em Portugal há democracia e é livre a opinião sobre o acordo e é livre adotar ou não o acordo”, disse, lembrando que este não é um caso único de Portugal e que há países como Angola que não ratificaram o protocolo sobre a escrita da língua portuguesa.

Para o chefe de Estado português, é também nesta pluralidade “que reside a riqueza” da comunidade lusófona.

“A nossa língua é feita de democracia no falar e no escrever”, sublinhou.

Para Marcelo Rebelo de Sousa, “se há 100 milhões que são falantes e escrevem português de uma forma, provavelmente serão mais portadores de futuro do que 10 milhões”, disse, numa alusão às populações de Portugal e do Brasil.

A cerimónia de reinauguração do Museu da Língua Portuguesa, agraciado por Portugal com a medalha Camões, marca o segundo dia da visita oficial ao Brasil de Marcelo Rebelo de Sousa, que tem agendado ainda para hoje um encontro com representantes da comunidade portuguesa na Casa de Portugal em São Paulo.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Autárquicas: António Costa promete que os municípios terão mais mil milhões de euros

O secretário-geral do PS, António Costa, indicou hoje, em Celorico de Basto, no distrito de Braga, que os municípios “vão passar a ter, a partir de abril, mais mil milhões de euros que acompanham a …

Mais de trinta anos após ter sido lançada ao mar no Japão, mensagem em garrafa é encontrada no Hawaii

Durante uma viagem ao Hawaii, uma jovem de apenas 9 anos encontrou uma garrafa que foi lançada ao mar há mais de trinta anos. Esta continha uma mensagem que, posteriormente, acabou por revelar uma experiência …

Mais 939 infeções, sete mortes e nova redução nos internamentos

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 939 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, sete mortes atribuídas à covid-19 e nova redução nos internamentos em enfermaria e cuidados intensivos. De acordo com o boletim epidemiológico da …

Milionário norte-americano Robert Durst condenado por matar melhor amiga

O milionário norte-americano Robert Durst, tornado famoso por um documentário do canal HBO, foi condenado na sexta-feira num tribunal de Los Angeles, nos Estados Unidos, por matar a melhor amiga, um crime que remonta a …

Em Inglaterra, há crianças de 16 anos que vão passar a viver em alojamentos não regulamentados

A 9 de setembro, foi aprovada uma nova lei em Inglaterra, segundo a qual as crianças com 16 e 17 anos podem ser colocadas em alojamentos não regulamentados. O sistema de acolhimento de crianças inglês está …

Suspeitos numa mota sem matrícula dispararam na direcção de candidata do CDS

A candidata do CDS à Junta de Freguesia de Palmela, em Setúbal, foi surpreendida, na noite de sexta-feira, por disparos de caçadeira, protagonizados por "duas pessoas sem capacete", numa mota sem luzes, nem matrícula. O incidente …

Jerónimo diz que conquista de Guimarães só é possível "milho a milho"

O secretário-geral do PCP defendeu, esta sexta-feira, que a presença da CDU na autarquia de Guimarães só pode ser reconquistada “milho a milho”, na noite em que a dirigente do PEV Heloísa Apolónia integrou a …

Parlamento aprovou Constitucional em Coimbra (mas PS ainda pode chumbar a saída de Lisboa)

O Parlamento aprovou, na generalidade, a proposta do PSD para transferir o Tribunal Constitucional (TC) e o Supremo Tribunal Administrativo (STA) de Lisboa para Coimbra. Mas a mudança só poderá ser concretizada depois da votação …

Concluídas obras de segurança e consolidação da catedral de Notre-Dame em Paris

A fase de segurança e consolidação da catedral de Notre-Dame, em Paris, quase destruída num incêndio há mais de dois anos, terminou, dando lugar à etapa de restauro, anunciaram este sábado as autoridades. Em 15 de …

Certificados de vacinação emitidos por países terceiros reconhecidos para viagens aéreas

Os certificados de vacinação e de recuperação emitidos por países terceiros passam a ser reconhecidos para viagens aéreas, deixando de ser exigido teste negativo e quarentena quando esta seja aplicável em função da respetiva origem, …