Daesh nomeou o seu inimigo nº 1: o Papa Francisco

Angelo Carconi / EPA

O papa Francisco

O papa Francisco

Num artigo na sua revista oficial Dabiq, o Estado Islâmico declarou como seu “inimigo número 1” o Papa Francisco, a quem chama de “infiel” e “imoral”, e promete conquistar Roma.

No mais recente número do seu órgão de propaganda oficial, a organização terrorista Estado Islâmico acusa o Papa Francisco de ser “imoral”, por defender os homossexuais e critica-o por “procurar o diálogo com o Islão moderado”.

Segundo o Daily Express, o artigo, publicado na Dabiq com o título “Pelas Palavras do Inimigo”, critica violentamente o Papa Francisco por manter diálogo com Ahmed al Tayeb, um pregador árabe da prestigiada universidade cairota de Al Azhar, no Egipto, que o DAESH considerou apóstata.

Num outro artigo na mesma edição da revista, publicado com o título “Porque vos odiamos e porque vos combatemos”, a organização continua com o seu discurso de ódio, e clarifica as suas razões: “Odiamos-vos, primeiro e acima de tudo, porque não acreditam em Alá“.

“Odiamos-vos porque a vossa sociedade secular e liberal permite todas as coisas que Alá proibiu”, acrescenta o artigo.

O Estado Islâmico, que perdeu recentemente o seu porta-voz, divulgou anteriormente um vídeo propagandístico, no qual revelava já a intenção de invadir Roma e assassinar o Papa.

Uma das cenas do vídeo mostra tanques a avançar sobre a capital italiana, enquanto o narrador diz que o DAESH vai tomar a cidade, escravizar as suas mulheres e destruir todos os crucifixos.

Após a divulgação deste vídeo, a segurança pessoal do Papa e o policiamento nas ruas do Vaticano foram reforçados.

Mas um porta-voz do Vaticano adiantou na altura que “o Papa não tem medo“, tendo-se recusado a usar colete à prova de balas.

“O Papa Francisco está a par de todas as ameaças do Estado Islâmico, mas não quer perder o contacto com as pessoas ” e não vai mudar a sua forma de estar, acrescentou o porta-voz.

AJB, ZAP

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

    • Qual deles? ..
      deus

      (latim deus, dei)
      substantivo masculino

      1. Ser supremo. (Com inicial maiúscula.)
      2. [Religião católica] Cada um dos membros da Trindade. (Com inicial maiúscula.)
      3. Divindade do culto pagão ou de qualquer religião não derivada do mosaísmo.
      4. [Figurado] Homem heróico ou de superioridade incontestável.
      5. Objecto que exerce grande influência ou grande poder.

  1. Isto só prova o quanto aberrantes e radicais são estes individuos do DAESH.
    Quem devia aturar o “monstro” era quem o criou mas, infelizmente, nós, na Europa, é que temos de estar a levar com a loucura destes imbecis.

    • Não digam mal, afinal eles apenas procuram seguir à risca o que vem escrito no livro deles, e também nos escritos auxiliares. São por isso pessoas de fé. E cumpridoras. O problema é que andam há dezenas de anos a tentar convencer-nos (com sucesso) que isto é apenas mais uma religião monoteísta. Sabem o que eles dizem? Que os cristãos são Politeistas! Sim, que têm 3 deuses e não um! Sabem , claro a que se referem… a santissima trindade. Isso é mais do que razão para acabarem com o cristianismo (segundo o livrinho). Não há pachorra para ler o livro do apocalipse, mas pelo menos, já sabemos que o dito anticristo não brota das ervas, nem caiu das arvores: Esteve à nossa vista este tempo todo…

RESPONDER

Mais cinco mortes e 713 casos confirmados em Portugal

Portugal registou, este sábado, mais cinco mortes e 713 casos confirmados de covid-19, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Este sábado registaram-se mais cinco mortes e 713 novos casos …

Dirigente da Huawei detida no Canadá pode voltar à China após acordo com EUA

A justiça dos EUA aceitou hoje o acordo entre o Departamento da Justiça e a Huawei, que vai permitir à filha do fundador e diretora financeira do conglomerado chinês de telecomunicações regressar à China. Uma juíza …

Depois do coro de críticas, brasões da Praça do Império passam do jardim para a calçada

Os brasões florais que representam as capitais de distrito e as ex-colónias portuguesas vão mesmo ser retirados da Praça do Império, em Lisboa, mas passarão a estar representados em pedra da calçada. É a solução …

Vulcão, La Palma

Aeroporto de Las Palmas inoperacional devido à acumulação de cinzas

O aeroporto de La Palma, na Ilha de Tenerife, nas Canárias, está inoperacional por acumulação de cinzas, resultante da erupção do vulcão Cumbre Vieja, informou hoje a empresa gestora dos aeroportos e do tráfego aéreo …

Siza Vieira reforça que é "trabalho" dos Bancos discutir com os clientes o reembolso das moratórias

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, reforça que cabe aos Bancos "discutir com os seus clientes que têm moratórias nos sectores mais afectados" pela pandemia o reembolso das dívidas após o fim destes mecanismos …

Domingos Soares de Oliveira de saída do Benfica

Além de João Varandas Fernandes e José Eduardo Moniz, o administrador Domingos Soares de Oliveira também não vai integrar a lista de Rui Costa para as próximas eleições. Rui Costa confirmou na terça-feira que é candidato …

Depois do Bayern, Barcelona também está atento a Luis Díaz

Luis Díaz continua a somar boas exibições e clubes interessados na sua contratação. Agora fala-se do desejo do Barcelona em contratar o colombiano em janeiro. Luis Díaz atravessa um momento de forma excecional ao serviço do …

Fuse Valley, Matosinhos

Está a nascer em Matosinhos a Silicon Valley portuguesa (e até Siza Vieira está "espantado")

O "Fuse Valley" promete ser a Silicon Valley portuguesa, em Matosinhos, num empreendimento inovador da Farfetch e da Castro Group que até deixa o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, "espantado". A abertura está prevista …

Portugal aguarda "luz verde" da EMA para avançar com terceira dose aos idosos

Portugal aguarda a autorização da Agência Europeia de Medicamentos para avançar com a administração da terceira dose da vacina contra a covid-19 a maiores de 65 anos. Com base nos resultados de dois grandes estudos científicos …

E depois de Merkel? Alemanha já sente falta da Chanceler que saiu da sombra para salvar o seu "delfim"

Angela Merkel tinha prometido ficar afastada das eleições legislativas deste domingo, na Alemanha, mas saiu da sombra para apoiar o seu "delfim", o candidato da CDU, Armin Laschet, que deverá disputar a vitória com o …