Dados dos Censos “nunca foram para os EUA”. Presidente do INE critica “pulo” da CNPD

Afinal, os dados de cerca de 6 milhões de portugueses que responderam aos Censos 2021 até à passada terça-feira, não estão nas mãos de agências de vigilância dos EUA. A garantia é do presidente do Instituto Nacional de Estatística (INE), Francisco Lima, que assegura que os dados nunca saíram de Portugal.

Os dados dos Censos 2011 “nunca foram enviados para os Estados Unidos”, garante Francisco Lima em declarações ao Público.

Este responsável assegura que a tecnológica norte-americana Cloudflare, contratada pelo INE para processar os dados, não teve acesso à informação dos inquéritos.

Note-se que o INE já suspendeu o contrato com a Cloudflare no seguimento de uma recomendação da Comissão Nacional de Protecção de Dados (CNPD), após a chegada de várias queixas.

A própria secretária-geral da CNPD, Isabel Cruz, assumiu que “o contrato subscrito” entre o INE e a Cloudflare “prevê que as agências de vigilância dos Estados Unidos podem solicitar a este tipo de empresas acesso a todos os dados e essas empresas não podem avisar o cliente de que houve esse acesso aos dados”.

Mas “os dados nunca foram enviados para os EUA e estão todos nos servidores do INE, em Portugal”, assegura Francisco Lima ao Público.

Já sobre a suspensão do contrato com a Cloudflare, o presidente do INE refere que foi “a forma mais rápida” de responder aos receios das pessoas e às preocupações jurídicas da CNPD, para “evitar dúvidas”. “Não queríamos que ficasse qualquer ideia, junto da população, de que havia dados nos EUA”, explica.

“Há um entendimento incorrecto por parte da CNPD”

Francisco Lima também deixa críticas à CNPD, considerando que “há um entendimento incorrecto por parte da CNPD da relação [do INE] com a Cloudflare”.

“Com a deliberação da CNPD, o que ficou implícito para o público em geral é que havia um envio de dados. Isso não acontece“, assegura ainda.

“A Cloudflare não prestava um serviço de alojamento”, mas estava só “a verificar que não havia dados maliciosos no pacote de informação enviado ao INE”, esclarece Francisco Lima. “Não há uma paragem dos dados, a não ser que se considere uma paragem este processo que demora alguns segundos”, aponta ainda.

“A CNPD dá um pulo de ‘trânsito de dados’ para ‘envio de dados'”, critica também o responsável do INE, garantindo que a Cloudflare não tem acesso a quaisquer informações dos cidadãos que responderam aos Censos 2011.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. “A Cloudflare não prestava um serviço de alojamento”, mas estava só “a verificar que não havia dados maliciosos no pacote de informação enviado ao INE”
    “a Cloudflare não tem acesso a quaisquer informações dos cidadãos que responderam aos Censos 2011.”
    Suponho que seja 2021, assim as afirmações do Presidente do INE são contraditórias. Verificar sem ter acesso é complicado! E o inquérito do Censo 2021 estava mesmo a jeito: Nº telefone, email, porquê que o INE precisa desses dados? Vão ligar-me, se for deverá ser para informar-me do paradeiro dos meus dados pessoais!

  2. … este Sr Francisco Lima devia ter uma ideia do que se consegue fazer com informação digital em centésimas de segundo, quanto mais em alguns segundos: “Não há uma paragem dos dados, a não ser que se considere uma paragem este processo que demora alguns segundos”

RESPONDER

Nova tabela de preços da ADSE adiada para setembro

A nova tabela de preços da ADSE sofreu mais um adiamento e só entrará em vigor em setembro, revelou a ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão. A nova tabela de preços …

Vacinação da faixa etária 20-29 começa a "meio de julho"

No habitual espaço de comentário na SIC, este domingo à noite, Luís Marques Mendes anunciou que a vacinação dos jovens entre os 20 e os 29 anos vai, afinal, começar a "meio de julho". A vacinação …

Cientistas descobrem compostos promissores para tratar cancro do fígado mortal

Investigadores descobriram algumas classes de terapêuticos que destroem as células tumorais fibrolamelares que crescem em ratos e testaram-nas em células humanas extraídas de tumores. As opções de tratamento para o cancro do fígado mortal, chamado carcinoma …

Governo sueco na corda bamba. Moção de censura pode fazê-lo cair

Depois de, neste domingo, ter falhado a tentativa de acordo parlamentar, o Governo sueco enfrenta hoje uma prova de fogo. Esta segunda-feira, o Governo da Suécia pode cair se o Parlamento aprovar a moção de censura. Segundo …

Conseguirão os humanos compreender baleiês? Cientistas acreditam que sim

Uma equipa de investigadores está a tentar recolher e decifrar os sons emitidos por cachalotes, para compreender a sua linguagem. Os cachalotes estão entre os animais mais barulhentos do planeta, produzindo sons de rangidos, batidas e …

NASA regressa a Vénus para perceber se o planeta já foi habitável no passado

A NASA está a regressar a Vénus para aprender como é que o planeta se tornou um deserto quente e venenoso — e se o planeta já foi habitável no passado. A NASA está finalmente a …

"Sonho que se tornou pesadelo". Fernando Santos admite mudanças no onze

O selecionador Fernando Santos disse hoje que Portugal vai carimbar a passagem aos ‘oitavos’ de final do Euro2020 e admite fazer mudanças na equipa para o encontro da derradeira jornada do Grupo F, com a …

Cientistas descobriram dois novos tipos de células cerebrais em ratos

Cientistas descobriram dois novos tipos de células gliais, um tipo de células do sistema nervoso central que dá suporte ao cérebro, em ratos. De acordo com o site EurekAlert!, investigadores da Universidade de Basileia, na Suíça, …

As bactérias intestinais podem influenciar a gravidade de um AVC

Uma equipa de investigadores da Cleveland Clinic, nos Estados Unidos, descobriu uma nova associação cérebro-intestino que está a surpreender a comunidade científica. Os resultados do estudo mostram como um metabólito produzido por bactérias intestinais pode amplificar …

O icónico Tamagotchi está de volta, mas desta vez em forma de smartwatch

No ano em que se celebram os 25 anos do Tamagotchi, surge uma nova versão do icónico brinquedo. O Smart é um Tamagotchi na forma de um relógio inteligente, para se usar no pulso. O …