Da ficção à realidade: Assistente de produção da série “Narcos” morto a tiro no México

Netflix / Facebook

Narcos, uma série do Netflix

Um assistente de produção da série “Narcos” foi morto a tiro no México, onde se encontrava a trabalhar para a próxima temporada da série, que é transmitida pela Netflix.

“Fomos informados da morte de Carlos Muñoz Portal, conhecido pelo seu trabalho de deteção de locais de filmagem. Enviamos as nossas condolências aos seus familiares”, anunciou a Netflix num comunicado, depois do assistente de produção ter sido encontrado morto numa área rural junto à capital mexicana, no estado do México.

Esse estado tem contabilizados 1.174 homicídios entre janeiro e julho deste ano, sendo o segundo mais violento do país, de acordo com dados oficiais.

A morte do assistente de produção de “Narcos” terá ocorrido na segunda-feira, segundo os meios de informação locais, mas só no final da semana foi confirmada pela Netflix.

Carlos Muñoz saiu na segunda-feira para tirar fotos para a série, cuja quarta temporada, que ainda não começou, deve decorrer no México.

O assistente de produção, de 37 anos, foi encontrado morto dentro de um carro, com várias marcas de tiros, numa área considerada violenta.

As autoridades mexicanas suspeitam que terá sido alvo de uma perseguição, mas as circunstâncias da morte ainda estão por apurar.

A série “Narcos” explora a temática do narcotráfico na América do Sul, tendo a primeira e segunda temporadas sido centradas no cartel de droga colombiano de Medellín e em Pablo Escobar.

A terceira temporada, que chegou este mês à Netflix, debruça-se sobre o cartel de Cali, também na Colômbia, já depois da captura e morte de Escobar.

Esta terceira temporada conta com a participação do ator português Pêpê Rapazote.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Exposição de Joana Vasconcelos em Bilbau foi a 13.ª mais vista no mundo em 2018

A mostra de Joana Vasconcelos, atualmente patente no Museu de Serralves, foi vista em Bilbao por cerca de 649 mil pessoas - uma média de 5.600 por dia. A exposição I'm Your Mirror, de Joana Vasconcelos, …

O melhor professor do mundo é queniano e doa 80% do seu salário

Peter Tabichi é queniano, tem 36 anos e doa 80% do salário para desenvolver a sua comunidade local, numa remota vila no Quénia. Este domingo foi eleito, no Dubai, o melhor professor do mundo. Em Pwani, …

Pentágono autoriza mil milhões de dólares para construção de muro de Trump

O secretário da Defesa interino norte-americano, Patrick Shanahan, anunciou na segunda-feira o desbloqueio de mil milhões de dólares para a construção de um muro na fronteira entre os Estados Unidos e o México. Shanahan “autorizou o …

Advogados de Rui Pinto recorrem da prisão preventiva

Os advogados de Rui Pinto, colaborador do "Football Leaks", confirmaram esta segunda-feira que vão recorrer da medida de prisão preventiva aplicada sexta-feira ao seu cliente pelo Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa. A decisão de recorrer …

Se a corrida continuar a três, McLaren ameaça deixar a Fórmula 1

A McLaren, a segunda equipa mais antiga da Fórmula 1, ameaça desistir da modalidade caso os regulamentos elaborados para 2021 não a tornem numa competição justa. A visão da Fórmula 1, a modalidade de automobilismo mais …

México quer que rei da Espanha peça perdão pela conquista colonial

Obrador diz que esta é a única forma possível de obter a reconciliação plena entre os países. O pedido foi feito por carta. O presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, anunciou ter enviado uma carta ao …

"O Vieira pediu-me para dar uma coça a Francisco J. Marques"

Vítor Catão, diretor desportivo do S. Pedro da Cova, afirmou que o Benfica, através do seu presidente Luís Filipe Vieira, lhe deu 200 mil euros para colocar uma "lapa" no carro de Pinto da Costa, …

"Governo saudita deu a ordem" para matar Khashoggi

Em entrevista ao El Mundo, a namorada do jornalista saudita Jamal Khashoggi afirma que a ordem que determinou a sua morte foi dada pelo Governo da Arábia Saudita. Em entrevista ao diário espanhol El Mundo, a …

Já há água, eletricidade e estradas abertas na cidade da Beira

Começam a ver-se pequenos avanços na Beira, em Moçambique, que inicia o lento caminho da reconstrução, após a passagem do ciclone Idai, que matou pelo menos 446 pessoas e destruiu cerca de 90% dos edifícios …

"Um erro desculpável". Governante sem castigo após violar a Lei no caso dos mirtilos

O Tribunal Constitucional decidiu arquivar o caso das incompatibilidades envolvendo o secretário de Estado da Juventude e Desporto, João Paulo Rebelo, que, durante dois anos, acumulou o cargo com a função de gerente numa empresa …