Crocodilos “mudam de casa” para que turistas possam ir de hidroavião até à maior estátua do mundo

Divyakant Solanki / EPA

Estátua da Unidade em homenagem ao líder da independência da Índia, Sardar Vallabhbhai Patel

A Índia está a retirar crocodilos de uma reserva junto à Estátua da Unidade, a maior estátua do mundo e a realocá-los a cerca de quatro quilómetros de distância, na barragem de Sardar Sarovar, no estado de Gujarat.

Os crocodilos, o maior deles com cerca de três metros, estão a ser atraídos com peixe e a ser transportados em jaulas de metal, para que se possa instalar no rio um serviço de hidroavião, que pode permitir trazer mais turistas para a região que ganhou popularidade com a construção da estátua. O objetivo passa também por “limpar” a zona para se diminua o risco de acidentes com a espécie.

No início desta semana, diz o Indian Express, tinham sido retirados cerca de 15 animais, mas estima-se que sejam cerca de 500 os crocodilos que vivem nas duas lagoas adjacentes ao rio. O crocodilo-persa é protegido pelo Programa de Proteção da Vida Selvagem — que inclui espécies em vias de extinção.

K. Sasi Kumar, representante do Departamento da Floresta, afirmou que “estão a ser resgatados crocodilos das duas lagoas mais próximas do local por dez equipas de oficiais do exército”. Durante uma semana, os répteis ficaram sob a guarda do Departamento da Floresta, altura em que se ponderou se deveriam ser libertados no seu habitat natural.

Questionado sobre a decisão dos crocodilos serem transportados para a barragem de Sardar Sarovar, um funcionário da barragem afirmou que o Departamento da Floresta já libertou crocodilos no reservatório, mas “como envolve centenas de crocodilos pode não ser possível fazê-lo de uma só vez. Terão de ser distribuídos por outros locais”.

Muitas foram as vozes que criticaram a mudança. Jitendra Gavali, diretor do Centro de Ciências Comunitárias da cidade de Vadodara, afirmou que a transferência vai “contra os princípios da Lei de Proteção da Vida Selvagem”. Gavali avisa que a espécie pode vir a ser prejudicada e que as autoridades não podem ter certeza do número de crocodilos que habitam as lagoas.

“Libertá-los no reservatório significaria que as fêmeas podem não ser capazes de aninhar e sair da água se a barragem for muito inclinada. Se o governo gastou milhões de rupias para fazer a Estátua da Unidade, podia gastar um pouco mais para criar uma lagoa artificial onde os hidroaviões poderiam aterrar sem perturbar o equilíbrio ecológico e o habitat natural dos crocodilos”, disse.

Outro dos críticos da transferência foi Bittu Sahgal, editor da revista Sanctuary Asia, uma publicação dedicada à vida selvagem e notícias ambientais. No Twitter, o editor questionava se “perdemos todos a cabeça” para que esta realocação estivesse a acontecer.

A estátua foi inaugurada em outubro pelo primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, e homenageia Sadar Vallabhbhai Patel, antigo vice-primeiro-ministro da Índia.

A estrutura de 182 metros – equivalente ao dobro do tamanho da Estátua da Liberdade, em Nova York – dá “resposta a todas as questões existenciais da Índia”, segundo Modi. A figura de bronze de Patel, que tem um jardim e um museu na sua base, terá custado cerca de 355 milhões de euros e esteve em construção durante quatro anos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Os portugueses dormem pouco e mal

Os portugueses estão a descansar poucas horas, dormindo em média menos de seis horas diárias, com reflexos negativos na vida ativa e social, disse esta sexta-feira o presidente da Associação Portuguesa do Sono (APS), Joaquim …

Vaticano destitui ex-cardeal dos Estados Unidos por acusações de abusos sexuais

A Congregação para a Doutrina da Fé expulsou do sacerdócio o ex-cardeal e arcebispo emérito de Washington Theodore McCarrick depois de este ser acusado de abusos sexuais de menores e seminaristas, anunciou o Vaticano. Num comunicado, …

Maré de água suja atingiu a já debilitada Grande Barreira de Coral

Um enorme manto de água poluída oriunda das recentes inundações que se registaram no nordeste da Austrália penetrou em partes da já debilitada Grande Barreira de Coral, o maior recife de coral do mundo. Estas camadas …

É oficial: Pedro Marques é o cabeça-de-lista socialista às europeias

O atual ministro do Planeamento e das Infra-estruturas, Pedro Marques, é o cabeça de lista dos socialistas às eleições europeias. Era uma notícia já avançada por vários órgãos de comunicação social e hoje António Costa confirmou-a. …

Governo espanhol aprova ordem de exumação de Franco

O Governo espanhol aprovou a ordem para exumar o ditador Francisco Franco do seu atual lugar de enterro, o monumento do Vale dos Caídos, medida à qual a família ainda se opõe. Os familiares de Franco …

Sonda da NASA aperta órbita em preparação para a missão Marte 2020

A missão MAVEN (Mars Atmosphere and Volatile Evolution) da agência espacial norte-americana, já com 4 anos, está a embarcar numa nova campanha para apertar a sua órbita em torno de Marte. A operação vai reduzir …

Trump precisa de oito milhões de dólares para o muro e a Casa Branca explica onde os vai buscar

A Casa Branca identificou esta sexta-feira os fundos federais que serão utilizados pela administração de Donald Trump para conseguir financiar a construção do muro na fronteira com o México. O Presidente norte-americano declarou esta sexta-feira estado …

Desativação de bomba da II Guerra Mundial paralisa e evacua Paris

Mais de mil moradores e trabalhadores evacuados, comboios urbanos, nacionais e internacionais cancelados, estradas fechadas, rotas de autocarro desviadas e pelo menos uma estação de metro encerrada em Paris. Também o bairro de porte de La …

Pouco se sabe sobre a morte de Khashoggi. Mas há um homem que diz ter muito para contar

Neste momento, as informações aparecem a conta-gotas. Foi a estratégia usada pelas autoridades turcas, desde o primeiro momento, para gerir a forma como revelaram informações sobre o assassinato de Jamal Khashoggi. Khashoggi morreu dentro do consulado …

Enfermeiros marcam greve nacional para 8 de março

A Associação Sindical Portuguesa dos Enfermeiros (ASPE) vai decretar greve nacional para dia 8 de março, para permitir a participação dos profissionais numa marcha em homenagem à enfermagem que está programada para Lisboa. O anúncio foi …