Portuguesa Critical Software e BMW juntam-se para produzir “o carro do futuro”

Critical Software / Facebook

Ceo da Critical Software, Gonçalo Quadros

A BMW escolheu a portuguesa Critical Software para construir “o carro do futuro”. As duas empresas unem-se agora numa joint venture que terá sede no Porto.

A companhia tecnológica portuguesa Critical Software anunciou, esta segunda-feira, a criação de uma empresa com a fabricante de automóveis BMW, que visa a “construção do carro do futuro“, num projeto que ainda aguarda aval dos reguladores.

“A ideia é ser uma referência na construção do carro do futuro e dos novos paradigmas de mobilidade”, disse em conferência de imprensa, em Lisboa, o presidente executivo da Critical Software, Gonçalo Quadros.

Sem avançar valores do negócio pelo facto de o projeto estar ainda dependente do aval da Autoridade da Concorrência (Adc) e do regulador europeu, o CEO assegurou que a nova empresa, a Critical TechWorks, “vai implicar” a criação de postos de trabalho.

Não adiantou o número de postos de trabalho a serem criados, mas avançou que a empresa estará sediada no Porto, com centro de engenharia na Invicta e em Lisboa. “As duas cidades vão repartir responsabilidades, não há divisões funcionais”, afirmou.

Gonçalo Quadros  não especificou o investimento, mas frisou que “é um projeto particularmente ambicioso“, que visa colocar as duas empresas parceiras “na linha da frente” no setor.

Sem referir valores, apontou que “ambas as empresas têm uma posição muito substancial” nesta parceria estratégica, sem especificar, também, qual a divisão.

O responsável assegurou que a Critical Software terá uma “capacidade relevante para intervir” nesta nova companhia de origem portuguesa, desde logo pela “partilha na forma como este projeto vai ser construído”.

“A BMW quer ver resolvidos um conjunto de problemas tecnológicos e nós queremos responder a esses desafios”, observou, vincando que a Critical Software criará a tecnologia que será a “espinha dorsal” dos carros daquela fabricante alemã no âmbito da parceria.

Em causa está o trabalho em áreas como a inteligência artificial, grandes conjuntos de dados, conectividade, serviços de car sharing, entre outras.

Quanto a prazos, e tendo em conta que o pedido entrou na AdC “há algumas semanas”, Gonçalo Quadros estimou que, se o projeto tiver luz verde deste regulador, deverá avançar em setembro.

O presidente executivo estimou ainda que esta parceria estratégica seja “um reforço enorme” da marca a nível global, ao “pôr a Critical Software noutro plano” de mercado. “A ideia é depois escalar”, concluiu.

A Critical Software, empresa de sistemas de informação com sede em Coimbra e representação internacional, fez o anúncio numa altura em que assinala 20 anos. No ano passado, a empresa teve uma faturação de 42,1 milhões de euros e nove milhões de euros em EBITDA (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização).

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Primeiro não flutuava, e agora o novo submarino espanhol não cabe nas docas

Primeiro não flutuava, por excesso de peso, e agora, não cabe nas docas. O novo submarino da Marinha Espanhola é um embaraço para a Defesa do país vizinho e um caso flagrante de derrapagem, com …

Prisão preventiva para 39 dos 58 arguidos dos Hells Angels

O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa determinou prisão preventiva para 39 dos 58 arguidos como medidas de coação no âmbito do processo do grupo Hells Angels e apresentações periódicas às autoridades para os restantes. Segundo …

Bruxelas aplica multa recorde de 4,3 mil milhões de euros à Google

A Comissão Europeia aplicou, esta quarta-feira, uma multa com valor recorde de 4,3 mil milhões de euros ao gigante norte-americano Google por abuso de posição no mercado devido ao sistema Android. Esta sanção, destinada a punir …

Rapazes salvos na Tailândia saíram do hospital e recordam "milagre"

As 12 crianças e o treinador de futebol que ficaram presos numa gruta inundada na Tailândia e que estavam internados desde a semana passada receberam esta quarta-feira alta hospitalar e falaram pela primeira vez desde …

Hotel processa sobreviventes do massacre de Las Vegas

A empresa que detém o hotel Mandalay Bay, em Las Vegas –  onde Stephen Paddock disparou sobre uma multidão num festival de música country –, processou mil de vítimas do ataque, argumentando não ter "qualquer …

Jesus pediu a Cintra para anular cláusula de confidencialidade

Nas primeiras entrevistas após a sua saída do Sporting e das agressões em Alcochete, o Jorge Jesus disse que a equipa não devia ter jogado a final da Taça de Portugal e que Sousa Cintra …

Trump "traidor" recua e diz que, afinal, a Rússia pode ter manipulado eleições

Donald Trump cedeu à pressão e afirmou, esta terça-feira, que acredita nas conclusões dos serviços secretos de que houve, de facto, ingerência russa das presidenciais de 2016. O Presidente dos Estados Unidos disse esta terça-feira que …

Cientistas alcançam recorde impressionante de entrelaçamento quântico

Um grupo de cientistas da Universidade de Ciência e Tecnologia da China conseguiu armazenar 18 qubits - a unidade básica da computação quântica - em apenas seis fotões entrelaçados. O feito inédito de três qubits emaranhados …

Sistema informático lança caos nas escolas no último dia de matrículas

Hoje é o último dia para efectuar as matrículas no próximo ano lectivo, mas as demoras e falhas no portal electrónico onde o processo tem que ser realizado estão a lançar o caos nas escolas. …

Militares da GNR revoltados com castigos para quem passa poucas multas

"Desmotivados e apavorados." É assim que 14 dos 18 militares do posto da GNR no Sameiro, em Braga, se queixam de sofrerem pressões do sargento que comanda a unidade para passarem multas aos automobilistas. O desabafo …