Assunção Cristas ataca falhanços do Governo na saúde

Mário Cruz / Lusa

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas

A presidente do CDS-PP atacou, esta segunda-feira, os falhanços do Governo e visitou uma Unidade de Saúde Familiar (USF) em Lisboa para pedir contas à promessa de acabar com os centros de saúde em prédios de habitação.

Este Governo falhou e incumpriu as promessas que fez no âmbito dos cuidados de saúde primários, nomeadamente na cobertura de médicos de família para todos os portugueses, nas Unidades de Saúde Familiar e aqui, concretamente em Lisboa, naquilo que seriam os novos centros de saúde fora dos edifícios de habitação”, disse Assunção Cristas, depois de uma visita à USF de Benfica, em Lisboa.

A líder centrista sublinhou que o Executivo socialista prometeu que 14 novos centros de saúde “estariam concluídos em 2020” e comentou: “Pergunto-me onde estão eles porque não há um único que tenha a construção iniciada”.

Durante mais de uma hora, Assunção Cristas, com os candidatos a deputados Isabel Galriça Neto, Ana Rita Bessa e João Gonçalves Pereira, visitaram os cinco andares do centro de saúde, falou com utentes, passou pela sala de saúde materna, fez festas a um bebé de meses e falou com a mãe, e no final reuniu-se com a direção do centro.

A USF de Benfica, sublinhou, era um dos centros que, segundo uma “promessa muito firme” do Governo, deixaria aquele prédio de habitação. E, apontando ao Executivo, relatou as queixas que ouviu durante a visita pelas dificuldades em contratar pessoal para a secretaria, o que impediu, até agora, estender o horário de fecho das atuais 18h00 para as 20h00. As críticas da líder dos centristas vão mais além do facto de esta unidade ainda estar no mesmo prédio.

António Costa e o Governo, acusou, prometeram médicos de família para todos os portugueses, mas “neste momento há 700 mil sem médicos de família“, também não cumpriu a meta de 100 novas USF nem “os novos 14 centros de saúde” até 2020.

Numa resposta à frase de Costa, num debate, de que se responsabilizava pelas melhorias no Serviço Nacional de Saúde, Assunção Cristas socorreu-se de uma frase que disse ter ouvido a uma utente à porta da USF. “A melhor resposta foi a que ouvi à entrada, de senhora que disse que ‘isto está cada vez pior, olhem pela saúde e olhem pela saúde de quem não pode ir a outro lado'”, disse.

E logo a seguir sublinhou que há hoje “uma grande desigualdade no acesso aos cuidados de saúde” e que “quem não tem outra solução que não seja o centro de saúde ou os hospitais está hoje muito pior”. A António Costa apontou ainda ao acusá-lo de ter “a dificuldade em ver a realidade tal como ela se apresenta, “gosta de debitar números, mas depois não consegue olhar em concreto” e ver se esses números “aderem à realidade”.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Tribunal aceita afastamento de juiz Paulo Registo do caso Football Leaks

O Tribunal da Relação de Lisboa (TRL) aceitou o pedido de escusa apresentado pelo juiz Paulo Registo, a quem foi distribuído o processo de Rui Pinto, criador do Football Leaks. Segundo o acórdão do TRL, a …

Governador do Rio de Janeiro acusado de fraude com hospitais de campanha

O Ministério Público brasileiro indicou ter reunido provas de que o governador do Rio de Janeiro comandou uma organização que defraudou a construção de hospitais de campanha, no âmbito do combate à covid-19. De acordo com …

Centeno já cativou mais de 1025 milhões de euros no Orçamento de 2020

As cativações no Orçamento do Estado (OE) para 2020 ascendem a 1025,5 milhões de euros, revelou o boletim da Direção-Geral do Orçamento relativo a abril, montante inferior ao do OE 2019. Segundo avançou o Expresso esta …

Supremo Tribunal anula presidência parlamentar de Juan Guaidó

Esta terça-feira, o Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela reconheceu como presidente do parlamento Luís Parra, um dissidente da oposição. O Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela (STJ) declarou nula a junta de direção da Assembleia …

Há 285 novos casos de covid-19. São quase todos na Grande Lisboa

A região de Lisboa continua a registar o maior número de novos casos de covid-19 registados no país. A Direcção Geral de Saúde (DGS) anuncia hoje 31.292 infectados com o coronavírus, mais 285 do que …

Com bens arrestados e a filha a pagar contas, é quase impossível cobrar multa de 3,7 milhões a Ricardo Salgado

O Tribunal Constitucional confirmou a multa de 3,7 milhões de euros que foi aplicada pelo Banco de Portugal ao banqueiro Ricardo Salgado, mas é quase impossível cobrar esse valor. O ex-presidente do BES tem os …

França suspende tratamentos com hidroxicloroquina

O Governo francês decidiu esta quarta-feira suspender os tratamentos à base de hidroxicloroquina para pacientes infetados com a covid-19. O Executivo revogou o decreto de 11 de maio que autorizava a prescrição e a administração …

Decisão unânime. Deputados vão pedir para ver contrato de venda do Novo Banco (e para ouvir Carlos Costa)

Os deputados da comissão de orçamento e Finanças aprovaram esta quarta-feira por unanimidade o requerimento do Bloco de Esquerda para que seja entregue ao parlamento o contrato de venda do Novo Banco ao Lone Star. Segundo …

Portugal poderá receber 26,3 mil milhões de Bruxelas. 15,5 mil milhões a fundo perdido

Portugal poderá receber 26,3 mil milhões de euros em subvenções e empréstimos no âmbito do Fundo de Recuperação da União Europeia (UE), após a crise da covid-19, que ascende a um total de 750 mil …

"Taxa covid" cobrada por clínicas e hospitais privados não é ilegal (e pode alastrar ao comércio)

Aumentaram, nos últimos dias, as queixas à DECO, a Associação de Defesa do Consumidor, relacionadas com o pagamento de taxas adicionais no acesso a hospitais e clínicas privadas. Taxas que se destinam a pagar os …