Crise em Angola já fez regressar 3 mil portugueses

André P. / Flickr

Luanda, Angola

Mais de três mil trabalhadores portugueses do setor da construção abandonaram Angola desde o início da crise, em janeiro.

O Jornal de Notícias avança que a crise angolana está a obrigar algumas empresas portuguesas do setor da construção civil a trazer os trabalhadores de volta para Portugal. De acordo com o jornal, três mil trabalhadores já regressaram, e o Sindicato da Construção em Portugal, Albano Ribeiro, afirma que “muitos mais se seguirão”.

A queda nas receitas do petróleo devido à sua desvalorização no mercado, desde janeiro, levou o Governo angolano a travar obras, com o país a viver um grave problema de liquidez, o que tem obrigado as empresas da construção civil que funcionam em Angola a redimensionar-se para se ajustarem.

Algumas empresas que tinham salários em atraso em abril, situação denunciada pelo sindicato, já retificaram essas situações. Contudo, atraso ou cancelamento de obras, as empresas estão a obrigar os trabalhadores a regressar a casa, como é o caso da empresa ACA, que fez regressar 150 trabalhadores.

Albano Ribeiro afirma ao JN que “este regresso vai fazer aumentar o desemprego em Portugal, porque o número de pessoas a regressar vai triplicar, e só algumas empresas, das que têm obras noutros países, com a Alemanha e França, é que estão a reorientar o seu pessoal”.

Já Manuel Reis Campos, da Confederação Portuguesa da Construção e do Imobiliário (CPCI), alerta para a questão da sustentabilidade destas empresas: “As empresas portuguesas continuam a ver Angola como um projecto a longo prazo, e, perante esta crise, muitas redimensionaram-se, para aguentar, mas por quanto tempo?”

O responsável afirma que a disponibilização, em julho, de uma linha de crédito para as empresas que funcionam em Angola vai renovar a confiança dos fornecedores, podendo chegar aos 500 milhões de euros. Reis Campos sublinha, no entanto, que “a linha de crédito para as empresas que estão em Angola já deveria ter sido disponibilizada. Criaria logo confiança nos fornecedores”.

O presidente da Câmara Luso-Angolana sustenta que a construção “vive de períodos”. Já o presidente da Mota-Engil, António Mota, disse apenas que, não podendo dar dados exatos sem alguns dias para os preparar, uma coisa era certa: “Sabemos é que não vamos crescer em Angola“.

ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. “Abandonaram”?, “regressaram” ? ou foram obrigados a abandonar/regressar? Só podem ter tomado essa decisao confiantes num cenário melhor, por certo!!!!

RESPONDER

Ford está a reciclar palha de café do McDonald's. Quer transformá-la em peças de carro

https://vimeo.com/377768195 A Ford está a fabricar peças de carro através de palha de café reciclada do McDonald's. A iniciativa contribui para a redução da pegada ecológica e do desperdício alimentar. O combate às alterações climáticas cabe um …

Comité da ONU preocupado com condições das prisões em Portugal

As condições de detenção, a sobrelotação das prisões, o alegado uso da força e outros abusos contra pessoas pertencentes a grupos raciais e étnicos são as principais preocupações do Comité da ONU contra a Tortura …

Cientistas identificaram organismo que prospera ao comer meteoritos

O micróbio Metallosphaera sedula tem uma propensão para comer minerais. E não estamos a falar de granito ou giz, mas de rochas muito mais especiais como meteoritos. Segundo o Science Alert, uma equipa internacional de cientistas …

Médicos estrangeiros em Portugal atingem o valor mais alto da última década

O número de médicos estrangeiros registados em Portugal atingiu, em 2019, o valor mais elevado da última década, situando-se em 4192, mais 9,1% face a 2009, revelam dados da Ordem dos Médicos (OM). A maioria dos …

O único carro-avião do mundo vai ser vendido em leilão

O Taylor Aerocar, aquele que é o único carro-avião legalizado em todo o mundo, vai a leilão no início do próximo ano. Este modelo da marca data do ano de 1954. Se é um apaixonado por …

Marcha pelo Clima. Polícia espanhola deteve duas pessoas com facas e martelos

A Polícia Nacional de Espanha deteve, na sexta-feira, duas pessoas que pretendiam perturbar a manifestação pelo clima em Madrid, tendo apreendido vários materiais, como facas e martelos. Um homem e uma mulher foram detidos e enviados …

Reflexão, ritual ou mundo idealizado. Um Natal sem filmes, não é Natal

Se é daquelas pessoas que passa a noite da Natal com uma chávena na mão, meias nos pés e um filme na televisão, saiba que não está sozinho. Nesta altura do ano, os filmes tornam-se …

Musk ilibado depois de ter chamado "pedófilo" a mergulhador no resgate da gruta da Tailândia

O magnata fundador da Tesla, Elon Musk, foi absolvido na sexta-feira no processo por difamação movido pelo espeleólogo britânico Vernon Unsworth, que alegava ter sido chamado de pedófilo. Após cerca de uma hora de deliberações, o …

Luzes nas redes de pesca? Os golfinhos e as tartarugas agradecem

A implementação de luzes nas redes de pesca reduz a probabilidade de tartarugas marinhas e de golfinhos serem apanhados por acidente. Luzes LED nas redes de pesca eliminariam a "captura acidental" de tartarugas marinhas em mais …

Presidente da República passa o fim de ano na ilha do Corvo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai passar a noite de 31 de dezembro para 1 de janeiro na ilha do Corvo, nos Açores, de onde será transmitida a sua mensagem de Ano …