Crise abriu as portas a negócio de aluguer de brinquedos

swambo / Flickr

Foi na crise actual, com as consequentes dificuldades financeiras das famílias, que Ana Cátia e Andreia encontraram o estímulo decisivo para se aventurarem num negócio de aluguer de brinquedos, amigo da carteira dos pais.

“Ao alugar, leva para casa um brinquedo por 20 por cento do seu custo no mercado”, garante Ana Cátia Ferreira.

Se a crise foi o estímulo do negócio, já a inspiração surgiu na sequência da experiência pessoal de partilha de brinquedos entre as filhas de Ana Cátia e Andreia.

Estas irmãs, com filhas pequenas, decidiram comprar brinquedos “não em número mas em qualidade” e montaram um sistema de rotatividade dos mesmos entre as casas de ambos e ainda a dos avós das crianças.

“Daí à ideia de negócio foi um instante”, refere Ana Cátia, enfatizando o “imenso dinheiro” que o aluguer de brinquedos permite poupar.

Além disso, o projecto possibilita também libertar espaço em casa, já que evita o acumular de brinquedos que a criança, por uma razão ou por outra, deixa de usar.

A criança, por sua vez, tem oportunidade de trocar de “ter um brinquedo novo” com muito maior frequência.

Mas as promotoras do “Alugar para Brincar” asseguram que subjacentes ao projecto estão também outros valores, como o consumo sustentável e a importância da partilha.

“O que interessa não é ter o brinquedo, é brincar. A criança quer é brincar. Não é preciso comprar, o que é preciso é brincar”, enfatiza Ana Cátia.

Neste momento, estão disponíveis para aluguer cerca de 150 brinquedos, guardados num armazém em Esposende, mas o stock está em permanente actualização.

Além da vertente do entretenimento, os brinquedos têm ainda uma vocação pedagógica muito vincada.

As encomendas podem ser feitas online, garantindo as promotoras entregas ao domicílio, sem custos adicionais, em todos os concelhos do Grande Porto e ainda no Minho.

Os alugueres são, normalmente, mensais, sendo essa a ideia base do projecto, mas há também pacotes personalizados para festas, férias ou mesmo para salas de espera.

Antes de seguirem para um qualquer cliente, os brinquedos são higienizados e vistoriados, para garantir todas as condições de segurança para as crianças.

O negócio arrancou a 4 de Maio, simbolicamente no Dia da Mãe, e, garantem as promotoras, a adesão tem sido boa, embora ainda haja “algum caminho para percorrer”.

“Vivemos numa sociedade muito consumista, em que as pessoas gostam de comprar, e estes são hábitos que precisam de tempo para se alterarem”, atira Ana Cátia.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Abel montou uma "equipa pequena, a jogar sempre com receio"

Opinião proveniente do Brasil lamenta a forma como o campeão sul-americano se apresenta em campo. É campeão sul-americano, por ter vencido a última Copa Libertadores, está a um jogo de estar novamente na final da Libertadores …

Pandemia com tendência decrescente nos serviços de saúde e na mortalidade

Portugal regista uma situação pandémica de “intensidade moderada”, mas com uma tendência decrescente da pressão sobre os serviços de saúde e na mortalidade associada à covid-19, refere o relatório das “linhas vermelhas” hoje divulgado. Segundo a …

Vacinas da gripe vão ser dadas nos centros de vacinação covid-19

Os centros de vacinação usados para administrar as vacinas contra a covid-19 vão também passar a ser usados para vacinar contra a gripe. Numa nota enviada às redações, a task force anunciou que os centros de …

Irmã de Kim Jong-un diz que acabar com a Guerra da Coreia é uma "ideia admirável"

Esta sexta-feira, Kim Yo-jong, irmã do líder norte-coreano Kim Jong-un, disse que o país está disposto a retomar as conversações com a Coreia do Sul se o vizinho não provocar o Norte com políticas hostis. Ri …

"Que se lixe o Congresso", diz líder do CDS

O líder centrista Francisco Rodrigues dos Santos disse não estar "minimamente preocupado" nem "concentrado em táticas para congressos internos". O presidente do CDS disse esta sexta-feira que não está “minimamente preocupado” com a próxima reunião magna …

Detidos CEO e chairman do grupo HNA, antigo acionista da TAP

Chen Feng e Tan Xiangdon, o chairmain e o CEO do grupo HNA, que já deteve uma participação na TAP, foram detidos esta sexta-feira.  O chairmain e o CEO do grupo HNA terão sido detidos na …

OMS inclui mais dois medicamentos nas recomendações para tratamento

A Organização Mundial de Saúde (OMS) acrescentou na quinta-feira dois medicamentos à lista de fármacos admitidos para tratamento da covid-19 e pediu à farmacêutica que os produz para baixar os preços e levantar as patentes. O …

Puigdemont em liberdade, mas com proibição de sair da Sardenha

O Tribunal de Recurso de Sassari decidiu, esta sexta-feira, deixar em liberdade o ex-presidente catalão Carles Puigdemont. Enquanto decorrer o processo judicial, não pode sair da ilha italiana. Carles Puigdemont saiu em liberdade esta sexta-feira, depois …

Centenas de pessoas protestam em Barcelona contra a prisão de Puigdemont em Itália

Centenas de pessoas reuniram-se próximo do consulado italiano em Barcelona em protesto contra a prisão de Carles Puigdemont. Centenas de pessoas reuniram-se esta sexta-feira próximo do consulado italiano em Barcelona, guardado por um forte dispositivo da …

Portugal com mais 9 mortes e 757 casos de covid-19

Portugal registou 757 novos casos e nove mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal registou, nas últimas …