Encontradas 115 crianças enterradas com moedas na boca na Polónia

(dr) Arkadia Firma Archeologiczna

Alguns esqueletos de crianças com moedas na boca

Trabalhadores que construíam uma nova estrada na Polónia encontraram os restos de 115 corpos de crianças enterras com moedas na boca.

Durante os trabalhos de construção de uma autoestrada em Jezowe, na Polónia, trabalhadores descobriram restos humanos. Perante a descoberta, decidiram chamar ao local uma equipa de arqueólogos, que desenterrou um total de 115 corpos de crianças.

A Direção Geral de Estradas e Autoestradas do país anunciou que, com base nas observações arqueológicas realizadas, “cerca de 70-80% de todos os restos mortais são de crianças”. Quando os arqueólogos analisaram atentamente os corpos, ficaram muito surpreendidos ao descobrir que algumas tinham moedas na boca.

A arqueóloga Katarzyna Oleszek, que trabalhou no local, disse ao polaco The First News que as moedas são “certamente um sinal das suas crenças”.

Na mitologia greco-romana, Charon (Caronte, em português), era o barqueiro de Hades, que transportava as almas dos recém-falecidos pelo rio que separava o mundo dos vivos do dos mortos. A moeda usada para pagar a “viagem” era colocada na boca do defunto. Quem não pagasse, vaguearia durante um século, explica o Ancient Origins.

No entanto, as moedas encontradas em Jezowe não datam da Grécia ou da Roma Antiga, mas sim dos séculos XVI e XVII. Apesar de esta ser uma tradição muito antiga, pré-cristã, tem sido cultivada ao longo dos tempos, inclusivamente durante o papado de Pio IX, no século XIX.

Além das moedas, os arqueólogos não encontraram nenhum outro artefacto nos túmulos, o que leva a arqueóloga a acreditar que a comunidade era muito pobre.

Os corpos foram encontrados num terreno arenoso e estavam dispostos num eixo leste-oeste. Segundo a equipa de arqueólogos, os túmulos pertenciam à secção infantil do cemitério.

“A disposição dos esqueletos e o estado da sua preservação mostram que se trata de um cemitério da Igreja católica, certamente bem cuidado, uma vez que nenhum túmulo foi danificado. Os habitantes sabiam exatamente onde estavam as sepulturas e tomaram conta delas”, explicou Oleszek.

Fontes escritas indicam que, durante uma visita dos bispos da Cracóvia a Jezowe, em 1604, já havia uma grande igreja paroquial, com um jardim, uma reitoria, uma escola e um cemitério. Provavelmente, já existia desde 1590 – altura em que foi cunhada a primeira moeda encontrada no local.

A área na qual as crianças foram descobertas está agora coberta por floresta e não há marcadores de sepulturas. Os arqueólogos informaram, através do Facebook, que os corpos serão exumados e, depois de serem estudados por antropólogos, serão repassados para a igreja paroquial local e enterrados no cemitério.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Hotéis já podem ser usados como escritórios e centros de dia

Os estabelecimentos hoteleiros, de turismo de habitação e resorts já estão autorizados a serem temporariamente usados como escritórios, showrooms e centros de dia, segundo o decreto-lei publicado em Diário da República. O diploma publicado no domingo, …

Bolsonaro critica "ataques injustificados" sobre a desflorestação da Amazónia

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, considerou durante a cimeira virtual do G20, que as críticas sobre o aumento da desflorestação são "ataques injustificados" e "demagógicos" que surgem de países "menos competitivos". “Eu apresento factos, dados …

Dois novos casos de legionella diagnosticados no Grande Porto

Mais duas pessoas foram diagnosticadas com legionella, esta segunda-feira, na região do Grande Porto, elevando para 87 o número de casos identificados desde o início do surto. Fonte da Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-Norte) …

Reformaram-se 1.649 professores este ano. É o valor mais alto desde 2013

Este ano, reformaram-se mais 1.649 professores em Portugal continental. É o valor mais alto dos últimos sete anos. De acordo com o Correio da Manhã, entre janeiro e dezembro deste ano, aposentaram-se 1.649 professores em Portugal …

Já foram assassinadas 30 mulheres este ano, metade por violência doméstica

O Observatório das Mulheres Assassinadas (OMA) contabilizou 30 mulheres assassinadas entre 1 de janeiro e o dia 15 de novembro, 16 das quais em contexto de relações de intimidade, um valor abaixo das 21 registadas …

Netanyahu terá visitado Arábia Saudita (e reunido com Mike Pompeo e o príncipe herdeiro em segredo)

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, terá viajado no domingo em segredo à Arábia Saudita para se encontrar com o príncipe herdeiro saudita Mohammed bin Salman, divulgaram esta segunda-feira vários meios de comunicação de Israel. De acordo …

Arguidos no processo da queda da árvore na Madeira vão a julgamento

O Tribunal da Comarca da Madeira decidiu, esta segunda-feira, após a fase de instrução, levar a julgamento os dois arguidos no caso da queda da árvore no Funchal que, em agosto de 2017, provocou a …

Ausência de máscara na via pública dá multa a pelo menos 7 pessoas por dia

Entre 28 de outubro e 16 de novembro, a GNR e a PSP aplicaram 825 coimas por incumprimento relativo ao uso de máscara, sendo que mais de 130 foram por falta dela na via pública. De …

França cria "crime de ecocídio" para punir danos graves ao ambiente

A ministra da Transição Ecológica, Barbara Pompili, e o ministro da Justiça de França, Eric Dupont-Moretti, anunciaram a criação do "crime de ecocídio", que visa prevenir e punir os danos graves ao ambiente. Ao Journal du Dimanche, explicaram …

BCE reitera que retoma económica só em 2022 (e "enfraquecida")

Para Philip Lane, economista-chefe do Banco Central Europeu, a vacina traz uma perspetiva para o final do próximo ano e para 2022, mas não para os próximos seis meses. O economista-chefe do Banco Central Europeu (BCE), …