Criança migrante de oito anos sob custódia dos EUA morre na noite de Natal

Uma criança de oito anos da Guatemala morreu sob custódia do Governo dos EUA, sendo esta a segunda morte de uma criança migrante, nas mesmas condições de guarda, no espaço de um mês.

O rapaz morreu na noite de Natal, à meia-noite, de acordo com as autoridades de vigilância de fronteiras norte-americanas, a Customs and Border Protection (CBP).

A criança mostrou “sinais potenciais de doença” na segunda-feira e foi levada, juntamente com o pai, a um hospital em Alamogordo, no Estado do Novo México, onde lhe foi diagnosticada uma gripe e febre, sendo-lhe receitado amoxicilina e ibuprofeno. O menino voltou ao hospital à noite com náuseas e vómitos e morreu quatro horas depois.

No comunicado, as autoridades explicam que o menino foi inicialmente diagnosticado com uma constipação comum e quando as autoridades se dispuseram a dar-lhe alta, perceberam que estava com febre.

As autoridades norte-americanas informaram, na terça-feira, que estão a realizar novos exames médicos a todos os menores que estão sob sua custódia, motivados pela nova morte. Em comunicado, a autoridade de vigilância das fronteiras referiu que está a focar os exames nas crianças com idades até aos dez anos.

A 8 de dezembro, a menina guatemalteca Jakelin Caal morreu no hospital de El Paso, Texas, por causas ainda não reveladas, depois de ter sido detida com o pai, depois dos dois cruzarem ilegalmente a fronteira a partir do México na noite de 6 de dezembro.

Segundo o jornal The Washington Post, que citou o CBP, a menina teria falecido por “desidratação e choque”. O caso de Jakelin Caal gerou grande indignação nos EUA e uma delegação de congressistas que visitou as instalações onde esteve detida denunciaram “falhas sistémicas” no processo e condições de higiene deploráveis.

Após a morte da menina, o Departamento de Segurança Nacional (DHS) anunciou uma investigação, cujos resultados serão apresentados ao Congresso e divulgados ao público.

Em busca de respostas

“Estou com o coração partido por saber da morte de uma segunda criança na detenção”, escreveu no Twitter a representante da Câmara de Representantes por Nova Iorque, Nydia Velazquez. “Devemos exigir responsabilidades, encontrar respostas e pôr fim à odiosa e perigosa política contra os migrantes desta administração”, acrescentou, em alusão às políticas do governo Trump.

A União Americana de Liberdades Civis (ACLU) qualificou os factos de uma “tragédia assustadora”. “O CBP deve prestar contas e parar de deter crianças. O novo Congresso deve ter como uma das suas primeiras prioridades realizar uma investigação ao DHS”, declarou a ONG.

O governo da Guatemala pediu também uma investigação “clara” sobre a morte do segundo menor guatemalteco.

Donald Trump é defensor de uma política de tolerância zero contra a imigração, no âmbito da qual 2.300 migrantes menores de idade foram separados dos seus pais entre 5 de maio e 9 de junho, o que gerou indignação no país e no mundo.

Para conter a imigração, Trump quer construir um muro na fronteira com o México, cujo orçamento de 5 milhões de milhares de dólares é objeto de uma disputa com a oposição democrata, o que provocou uma paralisação parcial do governo federal que pode durar até janeiro. O presidente diz que não vai ceder até obter recursos para construí-lo.

Os migrantes que fogem da pobreza e da violência dos gangues em Honduras, Guatemala e El Salvador arriscam as suas vidas para chegar aos EUA pelas passagens do Novo México, Texas e Arizona.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. A culpa da morte é dos democratas de esquerda, que ao impedirem a construcao do muro incentivam as pessoas a fazerem a jornada. Sem essa jornada ainda estaria viva a criança

    • Não, a culpa não é dos Democratas. De acordo com o Trump, o México é que ia pagar o Muro, para além que o Trump é o melhor a negociar, e consegue fazer negócios com toda a gente como ninguém, foi o que nos vendeu. E não esquecer que os Republicanos tiveram a maioria no Congresso durante 2 anos. Por as culpas nos Democratas não cola.

      • O muro tinha de ser aprovado no senado com 60 votos, ou seja a precisar de votos democratas. E o Trump ja conseguiu renegociar o acordo de comércio com o México que equivale a muitas vezes o preço do muro.
        Os democratas sao uma quadrilha que apoia um país sem lei

Responder a Não Cancelar resposta

O novo Bugatti Centodieci é mais caro do que um caça F-16

https://vimeo.com/354910872 Fica mais barato comprar um caça Lockheed F-16 de 1980 usado, do que comprar o novo Bugatti Centodieci. O exclusivo veículo da marca italiana custa 8 milhões de dólares O Centodieci, o novo modelo da Bugatti, …

Mergulhador encontra GoPro que mostra últimos momentos de vida do dono

Um mergulhador encontrou uma GoPro com os momentos finais de um jovem que se tinha afogado numa cascata no Tenessee. O achado acontece dois anos depois da sua morte, e veio dar resposta a algumas …

Vá de férias para uma ilha paradisíaca (e volte com um cão adotado)

Na ilha de Providenciales, no arquipélago das Ilhas Turcas e Caicos, nas Caraíbas, há cães a brincar pelo areal, prontos para serem adotados por turistas. A iniciativa pretende combater o abandono destes animais. São os turistas …

"TONY" é o documentário português mais visto de sempre

O filme documental "TONY", de Jorge Pelicano, que conta a vida do cantor Tony Carreira, é o documentário português mais visto de sempre em Portugal, de acordo com números do Instituto do Cinema e do …

Há milhões de abelhas a morrer no Brasil (e isso é um aviso)

A morte em massa de abelhas devido aos químicos agrícolas já é há muito tempo uma preocupação no Brasil, onde, entre 1990 e 2016, o uso de pesticidas aumentou 770%, de acordo com a FAO, …

Brexit. Holandeses preparam festa na praia para se despedirem do Reino Unido

Milhares de holandeses pretendem despedir-se do Reino Unido na praia, degustando pratos europeus, uma ideia criada nas redes sociais este fim de semana e que tem conquistado o interesse generalizado. De acordo com a agência Lusa, …

Bolsonaro usa vídeo de caça a baleias na Dinamarca para criticar Noruega

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, usou um vídeo de caça à baleia para atacar a Noruega, país que suspendeu os apoios à preservação da Amazónia, mas as imagens utilizadas são das Ilhas Faroé, da Dinamarca. "Vejam …

Rússia cria comissão para investigar "ingerência estrangeira" na política interna

Criação de uma comissão para investigar a "ingerência estrangeira" na política interna da Rússia acontece depois de várias manifestações contra Putin, que Moscovo diz mostrarem envolvimento ocidental. A câmara baixa do parlamento russo anunciou esta segunda-feira …

Novo planeta gigante detetado a orbitar estrela que dista 63,4 anos-luz da Terra

O novo planeta tem uma massa cerca de três mil vezes maior do que a da Terra e orbita a sua estrela a uma distância quase três vezes superior à que separa o Sol do …

Inaugurada em Lisboa clínica dentária gratuita para jovens até os 18 anos

A Santa Casa da Misericórdia abriu esta terça-feira, em Lisboa, uma clínica de saúde oral, com consultas grátis para todas as crianças e jovens até os 18 anos, que vivam ou estudem dentro do concelho. O …