Cozinheiro português defende “desperdício zero” nas cantinas escolares

O cozinheiro português Carlos Henriques, co-fundador de um dos poucos restaurantes “desperdício zero” do mundo, vem a Lisboa defender que é possível aplicar os mesmos princípios a qualquer cozinha, seja um restaurante de elite ou a cantina de uma escola.

Em declarações à Lusa antes da conferência “Porquê Desperdiçar”, que se realiza na segunda-feira organizada pela embaixada da Finlândia em Lisboa, Carlos Henriques afirmou que tudo no “Nolla”, que mantém em Helsínquia, é pensado para “não normalizar o desperdício”.

Além de pensar na ementa diária, os cozinheiros deste restaurante “fine dining” entendem que mais importante seria mudar de abordagem “nas cantinas das escolas ou das prisões“, onde o impacto seria maior do que junto das cerca de 50 pessoas que o Nolla serve todos os dias.

“Seja em restaurantes de luxo, seja numa escola onde se servem mil refeições, é aceitável deitar coisas para o lixo. Isto não é aceitável“, salientou.

Não temos caixotes de lixo. Cada ‘chef’ tem um contentor pequeno feito de vidro transparente. Toda a gente pode ver o que está a deitar fora e tem tempo para pensar. Na cozinha também temos um ‘software’ em que tem que se dizer o quê e por que razão se deita fora, quem deita e quando”, descreveu.

O que se deita fora vai para compostagem, para um sistema que pode compostar mais de 80 quilos de resíduos num dia, quantidade que no Nolla se atinge ao fim de uma semana.

Todas as terças-feiras, o restaurante é visitado pelos agricultores e produtores locais que o fornecem e levam eles próprios uma parte do que foi obtido na compostagem, poupando-se uma viagem. A preocupação com a sustentabilidade começa na compra dos produtos mas estende-se “à roupa, aos copos, à eletricidade que se gasta”, indicou, um trabalho que “não acabou e nunca vai acabar”.

Há dois meses, os responsáveis do Nolla encontraram com uma destilaria local uma maneira de poupar dinheiro e encurtar a sua pegada ecológica, optando por armazenar destilados como uísque e gin em barris de cerveja reutilizados. Cada barril funciona através de uma torneira, como aquelas em que se tira uma imperial, e o restaurante poupa no transporte, no armazenamento e na compra de mais garrafas de vidro.

Até contra a reciclagem tento lutar. É uma espécie de penso que não faz a ferida parar de sangrar. Mandamos uma garrafa de vidro para a reciclagem, por vezes noutro país, vamos gastar energia a derreter a garrafa para fazer outra garrafa e até achamos que é uma medida inteligente. Quando explicou à mãe como faz as coisas em Helsínquia, Carlos Henriques recebeu como resposta: “mas isso é o que nós costumávamos fazer sempre, antigamente”.

Carlos Henriques afirma não ter planos para alargar o Nolla, referindo que isso faria perder o caráter único do local, obrigando a receitas padronizadas. Por enquanto, e por muito que gostasse de alargar a filosofia do desperdício zero, o Nolla “é um caso completamente à parte”.

Segundo os organizadores da conferência, “o desperdício alimentar representa 8% das emissões globais de gases com efeito de estufa. Estima-se que cerca de um terço da comida produzida é deitada para o lixo, enquanto uma em cada nove pessoas no mundo continua malnutrida”.

A conferência decorre na segunda-feira de manhã, 11 de novembro, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, e é aberta pela secretária de Estado do Ambiente, Inês dos Santos Costa.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Depois da polémica, Hank Azaria deixa de dar voz a Apu dos "Simpsons"

O ator que dá voz à personagem indiana Apu Nahasapeemapetilon, da série "Os Simpsons", anunciou que vai deixar de o fazer, depois de vários anos de polémica. Segundo a BBC, Hank Azaria anunciou, este fim-de-semana, que …

"Parasite" vence prémio principal do Sindicato dos Atores dos EUA

O filme do realizador sul-coreano Bong Joon-ho venceu, no domingo, o prémio mais importante do Sindicato dos Atores dos Estados Unidos (SAG), tornando-se o primeiro filme em língua estrangeira a receber tal distinção. A comédia negra …

Cientistas criam método inovador para tratamento de lesões agudas da pele

Investigadores do Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC) de Coimbra desenvolveram um método “inovador e sensível à luz”, que poderá ser útil no tratamento de lesões agudas da pele. Um grupo de investigadores do CNC …

Elon Musk quer enviar 10 mil pessoas a Marte até 2050

O CEO da Space X, Elon Musk, quer construir cem naves por ano e levar pelo menos dez mil pessoas a Marte até 2050, embora os protótipos das naves espaciais Starship ainda estejam sujeitos a …

Como será um iPhone daqui a um milhão de anos? Artista mostra o impacto de lixo eletrónico

https://vimeo.com/386000590 A exposição The World After Us: Imaging techno-aestethic futures tem instalações onde se pode ver a natureza a tomar conta de telemóveis, computadores, tablets e outros dispositivos, mostrando que dificilmente se desintegrarão nos próximos anos. Os …

Marca japonesa acusada de apropriação cultural por perucas de modelos

A marca japonesa Comme Des Garçons foi acusada de apropriação cultural devido às perucas usadas pelos seus modelos caucasianos num desfile na Paris Fashion Week, em França. De acordo com a BBC, as perucas com tranças …

Índia suspende a construção da primeira linha do comboio ultra-rápido Hyperloop

As autoridades estatais do estado indiano de Maharashtra decidiram suspender a construção da primeira linha do comboio ultra-rápido Hyperloop, que iria ligar as movimentadas cidades de Bombaim e Pune. O Governo local decidiu não avançar para …

Regina Duarte inicia "período de testes" na Secretaria da Cultura do Brasil

A atriz brasileira afirmou, esta segunda-feira, que iniciou um "período de testes" na Secretaria Especial da Cultura, pasta que foi convidada a liderar após a exoneração de um governante que parafraseou um discurso nazi. "Nós vamos …

Malásia devolve 150 contentores ilegais de lixo a países desenvolvidos

As autoridades da Malásia anunciaram, esta segunda-feira, que devolveram 150 contentores ilegais de lixo para os seus países de origem e afirmaram que não se querem tornar num "aterro sanitário" dos países desenvolvidos. Os países da …

Vietname contorna Huawei ao desenvolver tecnologia própria para o 5G

O maior grupo de telecomunicações do Vietname vai implementar este ano o 5G com recurso à sua própria tecnologia, contornando os chineses da Huawei, num sinal das implicações geopolíticas da rede de quinta geração. A empresa …