Covid-19. Governo espanhol recebeu alerta a 7 de março, mas não cancelou eventos

Alberto Morante / EPA

O Departamento de Segurança Nacional (DSN), em Espanha, avisou nos dias 7 e 8 de março o Governo, os vice-presidentes e os 11 principais ministros sobre o aumento de infeções e mortes relacionadas com o novo coronavírus.

De acordo com o El Mundo, que teve acesso a relatórios confidenciais, o Governo recebeu vários alertas sobre o aumento do número de infeções e mortes por covid-19 mas, apesar disso, não foram cancelados eventos como a manifestação para a igualdade – a 8 de março – ou o congresso do Voz e o jogo Atlético de Madrid-Sevilla que aconteceram nesse fim de semana, em Madrid.

O Diário de Notícias, que cita o diário espanhol, refere que o primeiro alerta incidiu sobre o aumento da letalidade e o segundo apontou o crescimento acelerado da curva de contágio.

“O aumento dos casos nas últimas horas tem sido maior do que o normal“, lê-se no documento, que adianta que esta frase foi “sublinhada”. “É importante destacar isto, porque o DSN não valoriza nem comenta as informações que transmite”, destaca o El Mundo.

O jornal adianta ainda que, das seis anotações do DSN, quatro foram comunicadas dia 7 de março, tendo sido recebidos membros do Governo às 8h da manhã. Segundo um estudo da Fundação de Estudos de Economia Aplicada (Fedea), se o Governo espanhol tivesse declarado o estado de alarme naquele dia, 62% das infecções teriam sido evitadas.

No domingo, dia 8 de março, a Segurança Nacional alertou que “Madrid continua a ser a comunidade autónoma com o maior número de casos e já há mortes”.

Os relatórios confidenciais de 7 e 8 de março são os dois mais contundentes das dezenas que alertaram sobre a ameaça do vírus. Segundo o El Mundo, o Governo de Pedro Sánchez recebeu informações deste tipo pelo menos 11 vezes: nos dias 27 e 31 de janeiro; 7, 13, 17, 20, 23 e 29 de fevereiro; e 5, 6 e 7 de março.

No dia 29 de fevereiro surgiu um dos alertas mais graves: o risco de propagação do novo coronavírus em todo o mundo é elevado a “muito alto”. Se nesse mesmo dia, a Suíça vetou a realização de atos públicos e eventos, em Espanha essa medida só começou a ser aplicada no dia 9 de março.

Mais de 5,2 milhões de espanhóis enfrentam restrições à mobilidade nos seus municípios. No entanto, os especialistas alertam que, embora esta medida seja necessária, será insuficiente se não for acompanhada de limitações sociais dentro do território confinado.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Foram avisados no dia 7 !!!
    Treta, ja tinham sido avisados antes, até o MWC em Barcelona foi cancelado (Em Fevereiro) por falta de segurança e prevenção, iniciativa da organizadora do evento.

    Dias antes do 8 de Marco, ja se falava no risco do covid em Espanha, ate porque Italia já tinha muitas mortes, o problema, se os jornais quiserem realmente investigar, foi que o 8 de Março era uma bandeira política e não podia ser cancelado porque o PODEMOS não deixava, um pouco como o PCP em Portugal que ignorou todas as regras aplicadas ao comum cidadão e fez os seus comícios e festa.

    Tanto que assim é que o D.Simon dizia que Espanha não teria mais que um caso isolado, o Sanchez dizia á boca cheia em entrevistas de TV que “Espanha não é Italia” e que o “SNS Espanhol era dos melhores do mundo” e numa entrevista (creio que a 5 ou 6 de Março”) a ministra que organizava o evento quando lhe perguntavam o que dizia ás mulheres que não iriam ao 8M por medo do covid, a ministra respondeu “que se lles va lá vida” (algo do estilo “são parvas, tontas, etc”, não creio que temos uma expressão de tradução directa)

    No dia 9 de Marco, o Sanchez informa que vai pedir o estado de “alarma” foi votado no dia 11 e entrou em vigor no dia 13 de Marco

    Agora, como a maioria dos regimes comunistas (em que Espanha se está a tornar) vão tentar rescrever a historia porque a realidade não lhes dá jeito.

RESPONDER

Em risco de perder a imunidade, Puigdemont fala em "pressão espanhola"

Carles Puigdemont, Toni Comín e Clara Ponsati estão em risco de perder imunidade. O ex-presidente do governo da Catalunha fala em "pressão espanhola" no Parlamento Europeu. O levantamento da imunidade de Carles Puigdemont e de dois …

Plano de desconfinamento a circular nas redes sociais é falso. Governo faz denúncia ao Ministério Público

Esta quinta-feira, começou a circular nas redes sociais um alegado plano de desconfinamento que teria início já no mês de março. O Governo já veio avisar que o documento é falso e vai fazer uma …

Carlos Carreiras diz que "Passos Coelho não é passado, é presente"

O presidente da Câmara de Cascais voltou a criticar a liderança do líder do PSD e, em sentido contrário, deixou rasgados elogios ao seu antecessor. Numa entrevista ao jornal Público e à rádio Renascença, Carlos Carreiras …

PSP diz que jovem que se gabou de violação no Instagram pode ter "fantasiado"

A Polícia de Segurança Pública (PSP) de Viseu afirma que "tudo leva a crer" que o jovem que assumiu, em direto no Instagram, ter violado uma rapariga estivesse a fantasiar. A PSP de Viseu identificou o …

Termina hoje o prazo para validar faturas para apresentar no IRS

Os contribuintes têm até esta quinta-feira para validar e verificar as faturas de 2020 no Portal e-fatura e que vão servir de base no cálculo das deduções no IRS. Há já vários anos que as deduções …

“Foi torturada”. Princesa Latifa escreve carta à polícia a pedir que investigue desaparecimento da irmã

Latifa escreveu à polícia britânica em 2019. O caso da sua irmã Shamsa, raptada em Inglaterra há mais de vinte anos, tem muitas semelhanças com o drama agora vivido pela princesa. A princesa Latifa, filha do …

Pelo menos oito mortos após golpe de Estado em Myanmar. ONG pedem embargo ao fornecimento de armas

Pelo menos oito pessoas morreram em Myanmar, como resultado da violência desencadeada após o golpe de Estado realizado pelos militares a 1 de fevereiro, segundo a Associação de Assistência aos Prisioneiros Políticos (AAPP). Até agora, o …

24 mil milhões até 2025 e 100% renovável até 2030. Eis o novo plano estratégico da EDP

A EDP apresenta esta quinta-feira o seu novo plano estratégico, comprometendo-se a investir 24 mil milhões de euros até 2025 na transição energética e anunciando o objetivo de até 2030 se tornar 100% verde. Na nota …

Manchester United e Liverpool querem Raphinha, ex-Sporting

Raphinha, antigo jogador do Sporting CP e do Vitória SC, está a ser sondado pelo Manchester United e pelo Liverpool. O brasileiro tem estado em destaque na Premier League, ao serviço do Leeds. Manchester United e …

50 deputados e menos de 100 pessoas na sala. Posse de Marcelo segue modelo do 25 de Abril

Marcelo Rebelo de Sousa vai tomar posse como Presidente da República, no parlamento, no dia 9 de março, numa cerimónia em que apenas estarão presentes 50 dos 230 deputados e menos de 100 pessoas no …