/

Covid-19: Alemanha e EUA com novo máximo nas últimas 24 horas

A Alemanha contabilizou 19.059 novos contágios pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, um novo máximo desde o início da pandemia, anunciou hoje o Instituto Robert Koch (RKI).

Na Alemanha, registaram-se 518.773 casos confirmados de covid-19 desde o início da pandemia, das quais 10.452 pessoas morreram e 351.127 superaram a doença. Na sexta-feira, os novos contágios de covid-19 confirmados tinham atingido 18.681.

Os especialistas advertem, no entanto, que os números atuais não podem ser diretamente comparados com os do início da pandemia, porque o número de testes realizados aumentou consideravelmente

O fator de reprodução efetiva da doença (R), de acordo com o RKI, é atualmente de 1,06, o que significa que cada pessoa infetada contagia uma média de 1,06 pessoas.

A partir de segunda-feira, uma série de novas restrições entra em vigor no país, incluindo o encerramento de restaurantes, bares, teatros, cinemas, museus e ginásios.

Além destas, o conjunto de medidas impõe que os grupos que se reúnam na via pública não podem incluir pessoas de mais de duas famílias. Os membros de uma família são definidos como aqueles que vivem debaixo do mesmo teto.

O plano prevê que as medidas funcionem até ao final de novembro, mas não exclui a possibilidade de terem de ser prolongadas. Durante a semana anterior, a incidência de 100 novas infeções por semana por 100.000 habitantes foi ultrapassada em toda a Alemanha.

 

EUA passam 9 milhões de casos com novo máximo em 24 horas

Os Estados Unidos registaram 94.125 por covid-19 nas últimas 24 horas, um novo máximo diário, e ultrapassaram os nove milhões de infetados desde o início da pandemia, de acordo com a contagem independente da Universidade Johns Hopkins.

A acrescentar, o país registou nas últimas 24 horas 919 mortes. Com este balanço, o país atingiu os 229.544 óbitos, com 9.034.295 milhões de casos confirmados desde o início da pandemia.

O Instituto de Métricas e Avaliações de Saúde da Universidade de Washington estimou que até ao final do ano os Estados Unidos terão ultrapassado as 315 mil mortes, com o número a subir para as 385 mil a 01 de fevereiro de 2021.

 

Índia com 551 mortes e 48.268 novos casos

A Índia registou 551 mortes por covid-19 e 48.268 novos casos nas últimas 24 horas, segundo dados do Ministério da Saúde indiano.

Com mais de 8,1 milhões de infeções acumuladas, o país é o segundo do mundo com mais casos, a seguir aos Estados Unidos, com mais de 9 milhões de infeções desde o início da pandemia. A doença já fez 121.641 vítimas fatais no país.

Mais de 7,4 milhões de pessoas já recuperaram da doença na Índia, onde o número de casos atingiu o valor mais alto em meados de setembro, com 97.894 contágios num só dia. Nas últimas semanas, o país tem vindo a reduzir o número diário de infeções.

 

Peru ultrapassa os 900.000 casos

O Peru registou 2.586 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, elevando o número total de infeções para mais de 900.000.

As mortes confirmadas aumentaram para 34.411, depois de 49 novas mortes terem sido registadas nas últimas 24 horas.

Um total de 900.180 casos de covid-19 foram confirmados no Peru desde que o primeiro caso foi oficialmente detetado a 06 de março, mantendo o país em décimo primeiro lugar no mundo em termos de número de infeções.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 45,1 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.468 pessoas dos 137.272 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

 

  ZAP // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.