Cotrim de Figueiredo acredita que PS pode provocar crise política (e abre a porta a Mesquita Nunes)

António Cotrim / Lusa

João Cotrim de Figueiredo, Iniciativa Liberal

O líder do Iniciativa Liberal (IL) acredita que o PS pode provocar uma crise política em outubro, quando se realizam as eleições autárquicas, se antecipar a possibilidade de ter maioria absoluta.

Em entrevista ao Diário de Notícias e à rádio TSF, este sábado, João Cotrim de Figueiredo disse acreditar que, se o PS antecipar a possibilidade de ter maioria absoluta em outubro, saberá criar uma crise política para antecipar as legislativas.

“Já há sinais de podermos não chegar ao fim da legislatura. Mas depende sobretudo da análise que o primeiro-ministro e secretário-geral do PS fizer sobre a possibilidade de ter maioria absoluta”, disse o presidente do Iniciativa Liberal.

Na perspetiva de Cotrim de Figueiredo, essa eventual crise política “nunca poderá ser provocada porque o primeiro-ministro é hábil e sabe que quem provoca crises políticas é penalizado”. No entanto, este “pode criar as condições para que essa crise aconteça e seja necessário antecipar eleições”.

É muito tentador para o PS, tal como nós o conhecemos e como se tem desenvolvido na sociedade portuguesa, presidir um Governo numa altura em que haverá fundos para distribuir e uma recuperação económica para gerir”, afirmou.

“O Orçamento do Estado (OE) será certamente o toque. E, repito, acho que só acontecerá se o PS tiver a noção de que é possível chegar sozinho à maioria absoluta”, acrescentou o deputado único do IL.

Cotrim de Figueiredo reforçou ainda que esta sua análise não abrange apenas a vontade do PS de “exercer o poder de forma mais hegemónica”, mas também os partidos de esquerda, “que também têm outras preocupações, de sobrevivência”.

“É o caso oposto: se acharem que eleições antecipadas poderão conduzir a uma continuada erosão da sua base eleitoral terão de engolir alguns sapos para não permitir que haja essa crise política. Serão tempos interessantes, taticamente, à esquerda”, destacou.

O presidente do Iniciativa Liberal foi questionado sobre o crescimento do partido, visível nas três eleições em que participou (29 mil votos nas europeias, 68 mil nas legislativas e 134 mil nas recentes presidenciais) e, tendo isso em conta, qual será a meta para as próximas legislativas.

O deputado explicou que no IL não há o “hábito de fazer objetivos quantitativos” e que é um partido “que nasce e existe para afirmar ideias e projetos diferentes”. E aproveitou para afirmar: “Só nos interessa cativar e atrair pessoas na estrita medida que sejam cativadas por essas ideias e esse projeto.”

O liberal quis ainda deixar claro que o partido não vai “usar atalhos para crescer”, porque “não adianta crescer com base em pessoas que não acreditam verdadeiramente num projeto liberal para Portugal”.

Na mesma entrevista, o presidente do IL abriu a porta ao centrista Adolfo Mesquita Nunes, salientando que, se este “se sentir atraído, é bem-vindo na Iniciativa Liberal”, mas garantindo que, apesar de contactarem regularmente, nunca falaram desse tema.

“Se o Adolfo, com quem contacto regularmente – nunca falámos desse tema, fica aqui essa inconfidência, neste caso, de algo que não se passou –, achar que o seu futuro político continua a passar pela participação em partidos e que na Iniciativa Liberal esse futuro existe, pois com certeza que será bem-vindo, como qualquer pessoa convictamente liberal”, declarou.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Pequenos nadadores-robô curam-se a si próprios (e em movimento)

Uma equipa de investigadores da American Chemical Society desenvolveu pequenos robôs nadadores que conseguem curar-se a si mesmos magneticamente. O tecido vivo pode curar-se autonomamente de muitos ferimentos, mas fornecer habilidades semelhantes a sistemas artificiais, como …

Tondela 0-2 FC Porto | Missão cumprida com serviços mínimos

Missão cumprida. O FC Porto fez poupanças no jogo com o Tondela, mas levou os três pontos para casa, graças a um triunfo por 2-0. Os “dragões” foram claramente superiores no primeiro tempo, marcaram por Toni …

Portugal pode atingir linha vermelha dos 120 novos casos por 100 mil habitantes em dois meses

Portugal pode atingir uma taxa de incidência de de 120 casos por 100 mil habitantes daqui a dois ou mais meses se se mantiver o atual ritmo de crescimento deste indicador. Esta é a conclusão de …

Akon ainda não construiu a "Wakanda da vida real", mas o Uganda já lhe está a dar terrenos para a segunda

O artista de R&B Akon ainda não concretizou a sua visão ambiciosa de uma cidade “futurística” alimentada por uma criptomoeda chamada “Akoin” e construída num terreno que lhe foi dado pelo governo senegalês. Contudo, o …

O Budismo é a religião da paz. E não foi por acaso que conseguiu esta reputação

No ocidente, muitas pessoas associam o budismo à paz. No entanto, os budistas têm vindo a envolver-se em conflitos violentos desde o surgimento da religião. Num artigo assinado no The Conversation, Nick Swann, professor de Estudos …

Nikolai Glushkov. Exilado crítico de Putin morto em 2018 em Londres foi estrangulado

O exilado russo e crítico de Putin, Nikolai Glushkov, que foi encontrado morto e, 2018 na sua própria casa em Londres, no Reino Unido, foi estrangulado. O empresário Nikolai Glushkov, que criticava o presidente russo Vladimir …

Ivo Rosa levanta arresto a casa da rua Braamcamp e apartamento de Paris (e já há uma petição para o afastar)

O apartamento da rua Braamcamp, em Lisboa, onde residia o ex-primeiro-ministro José Sócrates, o Monte das Margaridas e a casa em Paris de Carlos Santos Silva deixaram de estar arrestadas na Operação Marquês por decisão …

O novo castelo da Disney em Hong Kong é uma celebração da diversidade

O novo castelo da Disney, no parque temático de Hong Kong, quer celebrar a diversidade, homenageando não apenas uma das suas princesas, mas várias. Walt Disney morreu há 55 anos e, desde então, muita coisa mudou. …

Vacinas (ainda) não são o princípio do fim. Sociólogo prevê que demorará anos a limpar “destroços” da covid-19

O médico e sociólogo norte-americano Nicholas Christakis defende, em entrevista à agência Lusa, que as vacinas não são ainda o princípio do fim da pandemia, considerando que demorará anos a limpar “os destroços” da covid-19. “Somos …

Jornalista grego especializado em crime assassinado a tiro. Primeiro-ministro pede rapidez na investigação

Um jornalista grego especializado em assuntos criminais foi esta sexta-feira morto por desconhecidos em frente da sua casa em Alimos, nos subúrbios de Atenas, anunciou fonte policial. Giorgos Karaïvaz, jornalista da televisão privada grega Star, foi …