Costa, o “socialista bem-sucedido”, entre os mais influentes na Europa

(dr) partidosocialista / Flickr

O primeiro-ministro António Costa

O ranking de 28 personalidades a ter em conta na Europa foi anunciado, esta quinta-feira, pelo Politico. O primeiro-ministro português surge em nono lugar.

O jornal norte-americano Politico reuniu um conjunto de 28 personalidades a seguir no próximo ano. António Costa é o nono da lista de personalidades que estão a “moldar, agitar e fazer mexer a Europa”.

Entre os 18 homens e as dez mulheres que compõem o ranking, o Politico caracteriza Costa como “um socialista bem-sucedido”. O primeiro-ministro português é descrito como um “caso raro na Europa de hoje”, mas também como “um duro lutador político escondido atrás de um pronto sorriso de campanha”.

O jornal norte-americano destaca António Costa como alguém que conseguiu impor-se como um “campeão da mudança”, capaz de reverter as medidas austeras da recessão.

Embora o Politico ressalve a vitória do Partido Socialista nas últimas eleições autárquicas, refere, por outro lado, que o primeiro-ministro português perdeu popularidade com as críticas face à sua posição relativamente aos incêndios de Pedrógão Grande.

Ainda assim, o Politico afirma que os apoiantes de Costa esperam que a rápida recuperação económica de Portugal “restaure rapidamente a posição do primeiro-ministro”, assegurando que o objetivo é garantir uma “maioria absoluta nas próximas eleições parlamentares, em 2019″.

Elogiado pela sua capacidade notável para equilibrar as exigências da esquerda para reverter a recessão, através de uma “poupança cautelosa”, o Politico lembra que o primeiro-ministro terá de continuar a sua ação de equilíbrio económico no próximo ano.

Além disso, António Costa será confrontado com a mudança de liderança na oposição e terá de continuar a garantir o entendimento com os partidos de esquerda que suportam o governo.

Entre os elogios feitos por socialistas europeus, o Politico destaca o do ex-presidente francês François Hollande: “o que está a acontecer em Portugal é um exemplo do que se consegue fazer com um programa de governo que é, ao mesmo tempo, credível e fiel aos seus valores”.

A lista é liderada por Cristian Linder, líder do partido liberal alemão, seguido do ministro do Ambiente britânico e um dos membros do Brexit, Michael Gove, e da ministra do Trabalho francesa, Muriel Pénicaud.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Venham de lá os comentários dos habituais comentaristas ressabiados que aparecem sempre por aqui do lado do contra… A desvalorizar, a ofender, a caluniar…
    Estão mudos ou perderam o pio?

    • Nem é preciso dizer nada… a lista é do jornal norte-americano Politico e está tudo dito. E ainda por cima consegue ficar atrás de ministros do ambiente e de uma ministra do trabalho. Se a Constança Urbano ainda fosse ministra provavelmente ficaria à frente do Tó Costa.

    • As pessoas têm mais que fazer do que se preocupar com isso. Aparentemente você é que estava a procura de alguma coisa. De qualquer forma se assim tanto está interessado a Venezuela também era um exemplo de um país socialista que funcionou e hoje é o que é. Toda a gente sabe que isto é fantochada porque países da EU como a França tem o lobby do socialismo.

      • Vá-se catar Emanuel! Você só serve para arauto da desgraça! Fala assim porque quando da anterior governação tinha o prato cheio! Agora continua de prato cheio mas tem medo que lhe tirem alguma migalha…

        • O prato cheio? Portugal esteve quase na falencia na altura do PAF. Era um prato cheio de dividas. Enfim não tem argumentos então vem asneira.

          Medo? Eu faço parte dos que tem menos medo. Aliás eu sou um dos 10 milhões de otários que acha que um dia isto ainda vai mudar quando podia estar a ganhar bem mais noutro país como muitos já fizeram. A minha área de trabalho tem muito por onde pegar. Os primeiros a sofrer quando a coisa correr mal são o publico e quem não tem grandes estudos. O modelo actual não é sustentavel e mais cedo ou mais tarde vai estoirar além de estar a criar leis tolas e injustas que protegem os malabaristas e preguiçosos e prejudicam quem quer trabalhar. Não estou a pensar só no meu caso. Se estiver enganado tanto melhor mas ao que tudo indica a coisa não está a caminhar para o caminho correcto.

RESPONDER

Siza Vieira reforça que é "trabalho" dos Bancos discutir com os clientes o reembolso das moratórias

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, reforça que cabe aos Bancos "discutir com os seus clientes que têm moratórias nos sectores mais afectados" pela pandemia o reembolso das dívidas após o fim destes mecanismos …

Domingos Soares de Oliveira de saída do Benfica

Além de João Varandas Fernandes e José Eduardo Moniz, o administrador Domingos Soares de Oliveira também não vai integrar a lista de Rui Costa para as próximas eleições. Rui Costa confirmou na terça-feira que é candidato …

Depois do Bayern, Barcelona também está atento a Luis Díaz

Luis Díaz continua a somar boas exibições e clubes interessados na sua contratação. Agora fala-se do desejo do Barcelona em contratar o colombiano em janeiro. Luis Díaz atravessa um momento de forma excecional ao serviço do …

Fuse Valley, Matosinhos

Está a nascer em Matosinhos a Silicon Valley portuguesa (e até Siza Vieira está "espantado")

O "Fuse Valley" promete ser a Silicon Valley portuguesa, em Matosinhos, num empreendimento inovador da Farfetch e da Castro Group que até deixa o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, "espantado". A abertura está prevista …

Portugal aguarda "luz verde" da EMA para avançar com terceira dose aos idosos

Portugal aguarda a autorização da Agência Europeia de Medicamentos para avançar com a administração da terceira dose da vacina contra a covid-19 a maiores de 65 anos. Com base nos resultados de dois grandes estudos científicos …

E depois de Merkel? Alemanha já sente falta da Chanceler que saiu da sombra para salvar o seu "delfim"

Angela Merkel tinha prometido ficar afastada das eleições legislativas deste domingo, na Alemanha, mas saiu da sombra para apoiar o seu "delfim", o candidato da CDU, Armin Laschet, que deverá disputar a vitória com o …

Já há refugiados afegãos a realizarem entrevistas de emprego em Portugal

Já há refugiados afegãos a realizarem entrevistas de emprego em Portugal, disse a secretária de Estado para a Integração e as Migrações, Cláudia Pereira. Em três semanas, chegaram 178 refugiados afegãos a Portugal. A secretária de …

Arranca hoje a conferência dos Trabalhistas - num clima de "guerra civil" entre Starmer e os Corbynistas

A proposta de Starmer de mudar a sistema de eleição do líder dos Trabalhistas tem suscitado muitas críticas, num partido que já estava profundamente dividido entre os membros mais conservadores e os membros leais a …

Multinacional oferece emprego qualificado em Portugal mas não tem candidatos

Um engenheiro de Mirandela regressou à terra para instalar na cidade transmontana o polo principal de uma nova multinacional na área da energia que está a recrutar, mas não consegue candidatos para emprego qualificado. Manuel Lemos …

Austrália, Japão, EUA e Índia reúnem-se "sem objetivos militares", mas China sente-se ameaçada

Estados Unidos, Austrália, Japão e Índia reuniram-se naquela que foi a primeira reunião do chamado Quad. A China sente-se ameaçada e avisa que o grupo está "fadado ao fracasso". Joe Biden liderou esta sexta-feira a primeira …