/

Costa aconselhado a fazer remodelação e a formar um Governo mais pequeno

1

Nuno Veiga / Lusa

O primeiro-ministro, António Costa, está a ser aconselhado por membros do PS a remodelar o Executivo, diminuindo o número de governantes e dando mais força à frente política.

A derrota do PS em Lisboa fez aumentar a pressão e, agora, o primeiro-ministro está a ser aconselhado a remodelar o Governo, diminuindo o número de governantes.

António Costa negou esta terça-feira que esteja em curso uma remodelação em consequência das autárquicas – mas há outros argumentos e calendários menos colados às eleições locais, escreve o jornal Público.

Eduardo Cabrita é o ministro mais falado no que diz respeito à remodelação do Governo – até porque esteve envolvido em várias polémicas ao longo do último ano – e há vários socialistas que acreditam que este sairá do Ministério da Administração Interna. No entanto, a possibilidade de transitar para outra pasta não parece excluída.

Graça Fonseca, anteriormente apontada como remodelável, poderia estar de saída caso se verificasse uma remodelação do Executivo. “É preciso aqui reconhecê-lo e reconheço-o aqui com toda a humildade. Se não fosse o apoio da Câmara Municipal de Lisboa ao setor da Cultura e Portugal teria perdido uma grande geração de criadores culturais fundamentais ao futuro do país”, disse Costa, que praticamente afirmou que tem sido Medina a ocupar o cargo de ministro da Cultura nos últimos tempos.

Outro problema está relacionado com a incompatibilidade entre o ministro das Infra-estruturas, Pedro Nuno Santos, e o ministro das Finanças, João Leão.

Esta terça-feira, Pedro Nuno Santos criticou as Finanças pelo “desalento” que levou com que Nuno Freitas, presidente da CP, se demitisse antes do fim do mandato.

  ZAP //

1 Comment

  1. Um governo mais pequeno!? Então e onde é que ele vai meter os amigos e os boys. É certo que também tem as empresas a quem toda vida deram as benesses, mas esses lugares são para os mais graúdos! São os vencimentos acima dos 10 ou 15000€.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE