Costa rejeita congelar rendas como em Berlim. “Há outras ferramentas”

António Costa rejeitou a possibilidade de congelar as rendas numa tentativa de controlar a subida desenfreada dos preços das casas. “Há outras ferramentas”, garante o primeiro-ministro.

O primeiro-ministro afastou a possibilidade de congelar as rendas em Lisboa durante cinco anos, como tem sido feito em Berlim, na Alemanha, para travar a subida dos preços. António Costa considera que esta não é uma solução viável e que isto pode levar a problemas de falta de investimento no setor imobiliário.

“Nós tivemos esta experiência de congelamento das rendas durante 40 anos e é uma solução muito má para a preservação e renovação da cidade“, disse Costa em declarações à Bloomberg.

“Precisamos de gerir o mercado para evitar movimentos especulativos, mas há outras ferramentas além do congelamento. Talvez em Berlim seja uma boa solução”, acrescentou. Lembre-se que António Costa foi presidente da Câmara Municipal de Lisboa entre 2007 e 2015.

O ECO recorda que desde 2012 os preços das casas na capital portuguesa duplicaram devido a políticas de liberalização do mercado de arrendamento.

Em Berlim, foram aprovadas medidas que preveem o congelamento das rendas, numa tentativa de travar o crescimento abrupto nos preços das casas. Esta medida foi impulsionada pela escassez no mercado de habitação mais acessível.

“Aqui é uma matéria muito sensível. Precisamos de dar confiança aos proprietários, ao mercado”, disse o primeiro-ministro, realçando que o mercado em Lisboa fez uma transição muito rápida de altamente regulado para liberalização completa.

Um estudo divulgado esta segunda-feira revela que é mais difícil arrendar casa em Lisboa do que em Berlim ou Barcelona. A taxa de esforço de um casal português chega aos 58% – é quase o dobro da referência (30%). Em Barcelona este valor está fixado nos 45% e em Berlim nos 40%.

“Precisamos de perceber o que está a acontecer agora no mercado imobiliário. Com as baixas taxas de juro, o mercado imobiliário é um refúgio para os investidores. Não apenas em Berlim, ou em Lisboa, mas é um problema global em todas as cidades do mundo”, explicou.

Rendas antigas congeladas

Uma proposta do PS para o Orçamento do Estado para 2020 prevê um aditamento à Lei das Rendas, prolongando por mais dois anos o período de transição para atualizar os contratos anteriores a 1990.

De acordo com a notícia avançada esta quinta-feira pelo jornal Público, o prazo de transição passa agora a ser de dez anos.

O presidente da Associação Lisbonense de Proprietários (ALP), Luís Menezes Leitão, admitiu desconhecer da alteração da lei, sem que esteja, no entanto, surpreendido. “Está confirmado. O PS vai continuar a prorrogar o prazo de transição indefinidamente, porque o objetivo é esperar que estes inquilinos antigos acabem por falecer, sem que os senhorios possam fazer alguma intervenção”, disse.

O Novo Regime do Arrendamento Urbano (NRAU), conhecido por ‘Lei Cristas’, está em vigor desde 2012 e previa que as rendas anteriores a 1990 fossem atualizadas aos preços de mercado.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Várias estátuas do Porto vandalizadas com "lágrimas azuis"

Várias estátuas do Porto, nomeadamente no Jardim da Cordoaria e na Praça Carlos Alberto, surgiram esta terça-feira vandalizadas, pintadas com lágrimas azuis, atos que foram confirmados à Lusa pela Câmara do Porto. Na Praça Carlos Alberto, …

Pós-Brexit. Imigrantes do Reino Unido vão ter de falar inglês e ter qualificações

O Reino Unido apresentou detalhes sobre as novas regras para a imigração pós-Brexit, que vão dificultar o acesso dos cidadãos da União Europeia (UE) e impor requisitos, como falar inglês, qualificações e um salário mínimo …

Ações de Isabel dos Santos na Galp, NOS, Efacec e EuroBic escapam a ordem judicial

As ações de Isabel dos Santos em empresas como Galp, NOS, Efacec e EuroBic não estão abrangidas na ordem judicial relativa ao arresto das suas contas bancárias. O arresto das contas bancárias de Isabel dos Santos …

Covid-19. Presidente chinês diz que há “progresso visível”, mas número de mortos ultrapassa os 2.000

O Presidente da China defendeu esta quarta-feira que as medidas aplicadas pelas autoridades chinesas para travar a propagação do novo coronavírus, estão a alcançar um "progresso visível", num "momento crucial" da crise que paralisou o …

Tomás Correia foi pessoalmente ao Banco de Portugal buscar a nova condenação

Esta segunda-feira, Tomás Correia foi pessoalmente ao Banco de Portugal buscar a nova condenação de que foi alvo, por violação das regras de controlo e branqueamento de capitais. A notícia é avançada esta quarta-feira pelo Público, …

Alunos do ensino profissional vão poder entrar no ensino superior sem exames nacionais

Os estudantes que terminem um curso profissional ou artístico terão melhores condições de acesso ao ensino superior já no próximo ano. O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, anunciou esta quarta-feira que os …

Trump indulta ex-governador que tentou "vender" lugar de Obama no Senado

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, indultou na terça-feira o ex-governador de Illinois Rod Blagojevich, preso por corrupção após ser considerado culpado de tentar "vender" o lugar de Barack Obama no Senado, depois …

"Toca a reunir" no PS para aprovar eutanásia (e 6 médicos admitem que já a praticaram)

O PS está a mobilizar os seus deputados no sentido de garantir que, desta feita, a eutanásia passará no Parlamento. Tudo indica que venha a ser aprovada numa altura em que os médicos estão divididos …

CP está a escapar à multas por falhas nos serviços

A CP - Comboios de Portugal está a escapar às multas por falhas nos serviços, como atrasos e supressões de comboios, porque ainda não entrou em vigor o contrato de serviço público assinado com o …

Alegadas agressões a Taarabt valem processos a Marega e Pepe

A Comissão de Disciplina da FPF abriu processos disciplinares a Moussa Marega e Pepe devido a alegadas agressões sobre Taarabt, no jogo com o Benfica. Os jogadores do FC Porto Moussa Marega e Pepe vão ser …