Costa quer apressar um “casamento por escrito”. Mas PCP e BE estão por um fio

José Sena Goulão / Lusa

António Costa quer, mais do que namorar a esquerda, um novo acordo por escrito. O PCP está a fugir por entre os dedos, mas o Governo quer segurar, pelo menos, o Bloco de Esquerda.

O pedido de namoro foi feito em pleno debate do Estado da Nação: “É com os partidos que viraram connosco a página da austeridade que queremos prosseguir o caminho. A magnitude da tarefa que temos pela frente não se compadece com acordos de curto prazo.”

Mas, segundo o Expresso, o pedido não apanhou Jerónimo de Sousa e Catarina Martins de surpresa, já que o primeiro-ministro chamou os dois líderes para uma reunião onde lhes fez o pedido oficial: um novo papel escrito, com acordos que fossem para lá do próximo Orçamento.

O objetivo de António Costa é ter um papel assinado (outra vez) e o mais rápido possível. O Expresso escreve que a pressa tem um propósito formal: este é o mês do orçamento e dos planos que Portugal tem de mandar para Bruxelas, para se candidatar aos fundos.

Além do óbvio, tem ainda uma objetivo subentendido: Costa quer obter um plano conjunto plurianual, que lhe dê garantias de estabilidade política para um horizonte de, “no mínimo”, mais do que um orçamento. Enquanto que o OE2021, sem parceiro, chega numa altura em que Marcelo não pode dissolver a Assembleia da República, o mesmo não acontece com o OE2022.

Certo é que o reatar dos laços com a esquerda está a ser um processo conturbado, com o PCP cada vez mais distante e com uma sequência de eventos que dificulta entendimentos com o Governo (congresso em dezembro, presidenciais em janeiro e autárquicas em outubro de 2021); e um BE mais imprevisível.

PCP e Bloco de pé atrás

O PCP não acredita no convite de António Costa. “Os entendimentos ou convergências não são considerações em abstrato. O essencial é saber qual a política a prosseguir, as opções e objetivos que lhes estão associadas”, disse ao Expresso o gabinete de imprensa comunista, apontando ao PS uma “indisfarçável convergência” com o PSD no suplementar, fim dos debates quinzenais e as alterações à Lei do Enquadramento Orçamental.

“AA ideia de ‘entendimento sólido e duradouro’ associadas às circunstâncias verificadas em 2015 não tem fundamento, desde logo, porque mesmo nessa conjuntura o PCP manteve sempre a sua total independência de decisão”, acrescentou.

Nas eleições legislativas, os comunistas deixaram claro que não queriam mais acordos escritos e o seu primeiro sinal de demarcação absoluta foi dado com o voto contra o Suplementar.

No seio do Bloco de Esquerda acredita-se que o PCP já não voltará, o que deixa o partido com duas opções: sair da fotografia ou negociar com o PS, agora com uma posição de maior influência. Mas até nesta relação há sinais de preocupação.

Na entrevista que o primeiro-ministro concedeu à Visão, António Costa foi desafiado a comparar Catarina Martins ao primeiro-ministro holandês Mark Rutte, e respondeu que Rutte tinha “enormes vantagens” e era até “um bom parceiro” de trabalho, palavras lidas como uma provocação.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Retomado voo entre Portugal e a China após duas semanas de suspensão

Depois de ter sido suspensa por duas semanas, a ligação aérea entre Portugal e a China foi retomada este fim de semana. A ligação aérea entre Portugal e a China foi retomada este fim de semana, …

Líder do CDS diz que Portugal é uma "república das bananas" que já nem pune os criminosos

O líder do CDS, Francisco Rodrigues dos Santos, acusou o Governo de "descongestionar as cadeias à boleia de um pretexto sanitário". O regime especial de perdão das penas, aprovado em abril de 2020, continua em vigor, …

Há quatro mestrados portugueses entre os melhores do mundo segundo o Financial Times

Uma lista anual publicada pelo Financial Times ordena as 55 escolas de gestão em todo o mundo que mais se destacam nos 17 indicadores avaliados por esta publicação. O mestrado em Finanças da Nova School of …

Há cada vez mais denúncias de assédio. Motorista de autocarros de Coimbra foi suspenso após importunar jovem

Um motorista de autocarros de Coimbra foi suspenso depois de ter sido filmado enquanto assediava uma jovem num veículo dos SMTUC, a empresa de transportes públicos da cidade. O caso está a dar destaque a …

"A pandemia precipitou uma epidemia." Fungo negro disparou pela Índia desde a segunda vaga

A mucormicose, uma doença fúngica rara e frequentemente mortal, explodiu em toda a Índia durante a pandemia de covid-19. “A pandemia precipitou uma epidemia”, disse Bela Prajapati, otorrinolaringologista no Hospital Civil, na Índia, ao The New …

Governo aponta "soluções" para rever tabela remuneratória da Função Pública (e quer limitar "mandatos" das chefias intermédias)

O Governo está a avaliar “várias soluções” para rever a tabela remuneratória da Função Pública que passam por “alongá-la” ou alterar os momentos de entrada em cada carreira. A informação foi avançada pela ministra Alexandra Leitão, …

Já abriram os primeiros concursos para gastar a bazuca. Costa destaca "orgulho" na boa gestão de fundos europeus

Arranca, nesta segunda-feira, o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), com a abertura dos dois primeiros concursos para obtenção de financiamento da chamada "bazuca" europeia. O primeiro-ministro António Costa destaca a "boa gestão" dos fundos …

Parlamento sueco aprova moção de censura e derruba Governo

O primeiro-ministro sueco foi derrubado, esta segunda-feira, por um voto de desconfiança no Parlamento, situação inédita na história política da Suécia, e tem uma semana para se demitir ou convocar novas eleições. Resultado da reviravolta na …

MAI não revela velocidade a que seguia carro de Cabrita (e culpa a vítima pelo acidente)

Três dias após o acidente mortal na A6, o Ministério empurra as culpas para o trabalhador e continua a ocultar dados relativo à viagem. O Ministério da Administração Interna (MAI) recusa revelar a que velocidade seguia …

Militar de extrema-direita que ameaçou virologista belga encontrado morto

Jürgen Conings foi encontrado morto. O militar de extrema-direita estava em fuga após ameaçar um virologista, na Bélgica. O militar de extrema-direita Jürgen Conings, que estava em fuga após ameaçar um virologista, na Bélgica, “foi encontrado …