/

Costa já pediu desculpas às confederações patronais. “Houve um lapso”

7

Mário Cruz / Lusa

O primeiro-ministro afirmou, esta sexta-feira, que já apresentou um pedido de desculpas às confederações patronais por o Governo ter aprovado duas medidas na área do trabalho sem antes as ter apresentado em Concertação Social.

À chegada ao Largo do Rato, onde está a decorrer uma reunião da Comissão Política do PS, António Costa disse aos jornalistas que, por intermédio do presidente da CIP, já apresentou um pedido de desculpas às confederações patronais.

“Houve o lapso de não ter apresentado duas medidas relevantes em sede de Concertação Social. Já tive a oportunidade de apresentar desculpas. E quando alguém comete um erro o que deve fazer é pedir desculpas”, declarou aos jornalistas.

Em causa está o facto de, esta tarde, as quatro confederações patronais terem decidido suspender a sua participação nas reuniões da Concertação Social e ainda solicitar uma audiência ao Presidente da República perante a “desconsideração do Governo pelos parceiros sociais” na discussão sobre legislação laboral.

Em comunicado conjunto, a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP), a Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP), a Confederação Empresarial de Portugal (CIP) e a Confederação do Turismo de Portugal (CTP) disseram ter visto com “surpresa” serem aprovadas alterações à lei laboral que não estavam contempladas na Agenda do Trabalho Digno apresentada na Concertação Social.

Mais concretamente, os patrões referem-se ao aumento das compensações por cessação dos contratos a termo e o aumento do valor a pagar pelas horas extraordinárias.

Horas depois, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, anunciou que vai receber, na próxima sexta-feira, os parceiros económicos e sociais, tanto patronais como sindicais, tendo recusado, antes de os ouvir, comentar esta situação.

  ZAP // Lusa

7 Comments

  1. Este para aguentar o suficiente para meter a mão no dinheiro que está para chegar, vai com tudo, agora até aprova leis sem antes consultar quem de direito.
    Mais uns dias até assina pelo presidente para obter o OE, depois de roub… chegar o dinheiro da Europa diz que não tem condições para governar, vai-se embora e deixa a dívida para os outros, assim como o Sócrates e o Soares …

  2. Os amiguinhos comunistas e bloquistas estão a mandar nisto tudo… Qualquer dia seremos a Venezuela da Europa! Já faltou mais…
    Ao menos seremos todos vegan, quando o pan conseguir a proibição do consumo de carne e peixe… Quando se lembrarem das plantas já nem sei bem como é que ficaremos… Comeremos os mortos ou morreremos à fome?

  3. Com patrões destes que investem x e querem o dobro ao fim de um ano não vamos a lado nenhum, se depender destes sr.s não passamos de pão e água.

  4. O Costa pensa que isto já está tudo sob o comando do social comunismo, somos todos peças do Estado, estás perdoado!

  5. Pois, foi um lapso, mais ao menos como o lapso da ministra da justiça que permitiu o procurador José Guerra ocupar o cargo.
    Qual será o dicionário que o Costa lê?
    Estaremos a ter uma venezuelização também do dicionário da língua portuguesa?

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE