Costa é “oportunista”, “mestre da propaganda” e “mestre da dramatização”

Estela Silva / Lusa

O líder do PSD acusou o primeiro-ministro de ter um discurso “oportunista” ao pôr “defeitos” no BE e no PCP para tentar conquistar o eleitorado ao centro.

No encerramento da Universidade de Verão do PSD, em Castelo de Vide, Rui Rio defendeu ainda um “compromisso alargado” na Assembleia da República para uma reforma da Segurança Social.

Depois de detalhar propostas nas áreas do sistema político, do ambiente, da segurança social e da economia, Rui Rio lembrou que o PS passou uma legislatura “de braço dado com o BE e PCP e que o primeiro-ministro disse que essa coligação parlamentar “funcionou” e que era repetível.

“Vem o calor do Verão, aproxima-se o dia 6 de outubro, e o BE é só defeitos, o PCP tem algumas virtudes mas também já vai tendo alguns defeitos. E o discurso começa a ser contra a esquerda, procurando algumas simpatias ao centro que obviamente estão contra ele porque durante quatro anos se encostou à extrema-esquerda. Isto é um discurso oportunista, no sentido de tentar limpar o que fez”, apontou. António Costa vai “esquecer” esse discurso a 7 de outubro.

A acusação de falta de seriedade política por parte dos socialistas também já tinha estado implícita na referência que Rui Rio fez à Segurança Social. O líder social-democrata lembrou que o Governo – e até o primeiro-ministro – asseguram que não há qualquer problema no sistema. “Temos obrigação para um compromisso alargado da AR que garanta a todos o pagamento da reforma”, desafiou, contrariando os socialistas: “Há um problema na Segurança Social [que] poderá ser comigo reduzido”.

Sobre a reforma do sistema político já apresentada, Rui Rio reiterou a proposta de limitar o número de mandato dos deputados, mas desta vez assumiu que concordava com o máximo de três mandatos sugerido momentos antes pela líder da JSD, Margarida Balseiro Lopes. No entanto, o líder social-democrata não quer avançar com uma proposta fechada, prefere que “as pessoas falem” sobre o assunto.

Rio ironizou com as perspetivas económicas apresentadas pelos socialistas e detalhou a proposta do PSD para incentivar a economia – possível graças à margem orçamental de 15 milhões de euros – e que seria distribuída em 24% para a redução de impostos, 23% para aumento do investimento público, 45% para sustentar a despesa corrente, 7%, para eliminar o défice e permitir o superavit.

Neste campo o líder do PSD reconhece que António Costa teve “sorte” com a política monetária do Banco Central Europeu. Mas voltou a acusar o Governo de ser “mestre na dramatização” na greve dos motoristas e na crise dos professores, que “condicionou o voto a 26 de maio”.

“O governo é acima de tudo mestre na propaganda, governa para a sua própria imagem, para o presente, não governa para o futuro e por isso não traz esperança”, disse Rui Rio, deixando claro que se quisesse muito também ele talvez conseguisse ser mestre da propaganda, mas não se “preocupa” com isso.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Há duas conclusões !!!… Se o Costa é um “Grande Mestre em tudo”, quer dizer que o Sr. Rio, ou é um grande “Mestre em nada” ou o PSD perdeu a “maestria infusa da aldrabice” que P.P Coelho tinha. Bem….Como se diz ; “Bom vento e até a próxima” !

RESPONDER

Advogados apontam falhas à investigação da morte de Giovani Rodrigues

Alguns advogados de defesa dos acusados do homicídio de Giovani Rodrigues apontaram, esta quarta-feira, falhas à investigação, desde o apuramento dos factos à condição clínica, com a revelação de que o jovem foi também vítima …

Dia com menos mortes desde 28 de outubro. Mais 830 novos casos

Há mais 830 casos de covid-19 em Portugal. A Direção-Geral da Saúde indica que há agora 1708 doentes com covid-19 internados, menos 119 do que na quarta-feira. O número de doentes nos cuidados intensivos está …

Concelhia do PSD/Sintra tenta contornar Santana (e já aprovou um nome)

Enquanto a direção nacional do PSD tenta convencer Pedro Santana Lopes, a estrutura do PSD/Sintra aprovou o nome de António Pinto Pereira como candidato. Esta quarta-feira, a concelhia do PSD/Sintra aprovou o nome de António Pinto …

TAP com novo voo do Brasil para Portugal a 11 de março

A Embaixada de Portugal em Brasília anunciou, esta quarta-feira, que se irá realizar, a 11 de março, um novo voo entre São Paulo e Lisboa, em "condições inteiramente idênticas" às da viagem de repatriamento ocorrida …

Campos de reeducação servem para reduzir o número de uigures, diz estudo chinês

Um relatório chinês confirma que os campos de reeducação para onde o Governo envia os uigures da província de Xinjiang têm como objetivo diminuir a população uigur. O documento foi publicado acidentalmente online Depois de uma …

Merkel cede e aceita levantamento progressivo das medidas. França estima que situação melhore em abril

A chanceler alemã, Angela Merkel, aceitou na quarta-feira um levantamento progressivo das restrições contra a pandemia na Alemanha, cedendo a um descontentamento crescente na opinião e no próprio governo a sete meses das eleições legislativas. Ao …

Não tem de "haver culpados" no incêndio que matou cães em Santo Tirso, diz Governo

A secretária de Estado da Administração Interna, Patrícia Gaspar, defendeu ontem que “não tem de haver culpados” no incêndio de julho de 2020 que vitimou mais de 70 animais em dois abrigos ilegais em Santo …

Diagnóstico de grupo de peritos confirma cenário negro na Saúde Pública

A Comissão para a Elaboração da Proposta de Reforma da Saúde Pública e Sua Implementação pinta um retrato negro do estado da Saúde Pública em Portugal. Em fevereiro do ano passado, a ministra Marta Temido nomeou …

"Raciocínio Neandertal". Biden critica fim das máscaras obrigatórias no Texas

O Presidente norte-americano criticou, esta quarta-feira, a decisão do governador do Texas de acabar com a obrigatoriedade de utilização de máscara, classificando-a de "raciocínio Neanderthal". "Estamos à beira de ser capazes de mudar fundamentalmente a natureza …

Joacine já exonerou quatro assessores desde que saiu do Livre

Silavnia de Barros e Inês Beleza Barreiros saíram do gabinete de Joacine Katar Moreira. A deputada não-inscrita já exonerou quatro assessores desde que se desvinculou do Livre. Esta quarta-feira, um despacho publicado em Diário da República …