Costa garante que Miguel nunca pediu ajuda ao Governo. Mas assegurou todo o “apoio diplomático e consular”

O primeiro-ministro, António Costa, afirmou que o Governo nunca foi contactado por Miguel Duarte, jovem que está a ser investigado em Itália por suspeita de ajuda à imigração ilegal, mas assegurou todo o “apoio diplomático e consular”.

No debate quinzenal de terça-feira, a coordenadora do BE, Catarina Martins, questionou António Costa sobre a situação de Miguel Duarte, considerando “importante que o Estado Português lhe preste todo o apoio que ele merece e remeta ao Estado italiano a expressão formal do repúdio por esta perseguição a todos quantos põem a Humanidade em primeiro lugar”.

“O Governo nunca foi contactado por Miguel Duarte. Soubemos do caso pela comunicação social e naturalmente asseguraremos todo o apoio diplomático e consular como é devido a qualquer cidadão em qualquer tipo de circunstância”, assegurou o primeiro-ministro. Quanto ao mais, continuou António Costa, o Governo desconhece o caso porque nunca foi transmitido “qualquer informação por parte desse cidadão”.

“Reuni-me esta manhã com o Miguel Duarte, que nos deu conta de que as missões civis de salvamento desapareceram por causa desta perseguição e de ameaças de processos. É bom notar que os civis que no Mediterrâneo salvam vidas de forma altruísta o fazem sempre em articulação com as entidades oficiais”, detalhou Catarina Martins.

No final da reunião que teve de manhã com a líder bloquista, o jovem ativista tinha afirmado que que ainda não recebeu qualquer contacto do Governo português, assumindo que não esperava tanta solidariedade da campanha de “crowdfunding“.

Miguel Duarte e mais nove ex-tripulantes do Iuventa, um navio pertencente à organização não-governamental (ONG) alemã de resgate humanitário no Mediterrâneo, foram constituídos arguidos e estão sob investigação em Itália por suspeita de ajuda à imigração ilegal.

Na segunda-feira, o ministro dos Negócios Estrangeiros português garantiu todo o apoio a Miguel Duarte, sublinhando que é preciso ter noção de que as suas ações “são inspiradas por razões humanitárias“.

No mesmo dia, a 26 dias do prazo final, a campanha lançada pela plataforma HuBB – Humans Before Borders que pretendia angariar dez mil euros para apoiar a defesa do estudante português, tinha angariado até às 9h45 desta quarta-feira mais de 38 mil euros doados por 2.039 apoiantes, através da página de financiamento colaborativo PPL, duplicando assim o objetivo que tinha estabelecido.

Marcelo louva comportamento de Miguel

O Presidente da República louva o comportamento do jovem português Miguel Duarte que está acusado pela procuradoria de Trapani por apoiar a imigração ilegal. Questionado pelo Observador, Marcelo Rebelo de Sousa respondeu que “não entende a colocação da questão” da acusação. “No Direito Nacional a questão do auxilio é um direito em caso de risco de vida“, afirma.

Perante o caso, Marcelo conclui: “Só é de louvar o comportamento adotado pelo nosso compatriota e de acompanhar a posição do Governo de apoio a esse compatriota”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Director nacional da PJ defende "recompensa garantida" para Rui Pinto

O director nacional da Polícia Judiciária (PJ), Luís Neves, realça a colaboração de Rui Pinto como tendo sido essencial para apurar a "verdade material" no caso de pirataria informática que o envolve e defende, por …

Lufthansa aceita condições do resgate. Vai ceder aviões e perder "slots"

O Governo da Alemanha e a Comissão Europeia (CE) chegaram a um acordo sobre o resgate da Lufthansa e que poderá evitar a falência da companhia aérea, anunciaram, na sexta-feira, fontes próximas das negociações e …

Chipre vai pagar despesas das férias a turistas que ficarem infetados no país

O Chipre vai pagar o custo das férias aos turistas que testaram positivo depois de viajarem para o país. Entre as despesas está o alojamento, a alimentação e os medicamentos. O Chipre comprometeu-se a pagar todas …

Tribunais vão vender máscaras a um euro. "É uma margem de lucro de 45 por cento"

Os tribunais vão ter máscaras cirúrgicas à venda para advogados e testemunhas, de modo a garantir que podem entrar nas salas de audiência a partir de quarta-feira, dia em que a Justiça retoma as sessões …

Julgamento BES. Ministério Público acredita que provas da Suíça ainda podem ser utilizadas

O jornal Público escreve este sábado que os procuradores do Ministério Público (MP) acreditam ainda ser possível utilizar os elementos solicitados nas cartas rogatórias enviadas às autoridades suíças no julgamento do caso BES. O Ministério …

Salários mais baixos podem passar a ter lay-off pago a 100%

O Governo está a estudar a possibilidade de o regime de lay-off, desenhado especificamente para o contexto da pandemia de covid-19, passar a ser pago na sua totalidade (100%) para quem tem salários mais baixos. …

Bronca na Liga. Contestação adia 5 substituições e o Marítimo recusa assinar Plano de Retoma

Após dois dias intensos de reuniões, foi aprovado o Plano de Retoma do campeonato nacional para a disputa das últimas 10 jornadas da época 2019/2020. Mas apenas 17 clubes o assinaram. O Marítimo recusou fazê-lo, …

Igreja perdeu 50 milhões de euros com a pandemia (e há dioceses em lay-off)

Ao cabo de dois meses de paragem por causa da pandemia de covid-19, as missas regressam, neste sábado, mas com regras novas para evitar a propagação do coronavírus. Uma paragem que resultou num "prejuízo" de …

Reabertura de ATL adiada para 15 de junho. Creches arrancam segunda-feira (sem apoios para os pais)

As Atividades de Tempos Livres (ATL) não integradas em estabelecimentos escolares só poderão voltar a funcionar a partir de 15 de junho, duas semanas depois daquilo que estava inicialmente previsto. O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro, …

Governo britânico vai continuar a pagar 80% dos salários durante mais três meses

O Governo britânico vai continuar a pagar durante mais três meses 80% do salário de trabalhadores em lay-off devido à pandemia de covid-19, e reduzir gradualmente o valor até ao fim do sistema, em outubro. O …