Costa convida portugueses a passarem férias no “melhor destino do mundo”

Manuel Araújo / Lusa

O primeiro-ministro convidou, esta segunda-feira, os portugueses a fazerem férias “cá dentro”, aproveitando o privilégio de visitarem ou redescobrirem o país que, por três anos consecutivos, foi considerado o melhor destino do mundo.

António Costa falava na apresentação da nova campanha do Turismo de Portugal, que visa mobilizar o turismo interno no segundo semestre de 2020, convertendo a mensagem do “VisitPortugal” para “Visita Portugal” com o mote #TuPodes.

Lembrando que Portugal, tal como os outros países, terá este ano menos turistas estrangeiros por causa da pandemia de covid-19, o primeiro-ministro acentuou que esta é “a oportunidade” de “fazer férias cá dentro” e de conhecer do país o que não se conhece ou de o redescobrir.

“Se temos o privilégio de viver no melhor destino do mundo, então só nos resta aproveitá-lo”, referiu, até porque seguramente não haverá novamente um ano em que o país esteja quase só dedicado ao turismo interno.

“Temos de proteger a nossa saúde, mas temos também de proteger os rendimentos, o emprego e as empresas e de fazer viver estes territórios, que fazem de Portugal o melhor destino do mundo e que dependem muito de haver ou não haver turistas”, referiu o primeiro-ministro, para sublinhar a oportunidade que os turistas nacionais têm este ano para visitar o país sem enchentes de outros anos.

E, neste contexto, referiu que teve, recentemente, a oportunidade de visitar o Algarve e de ver a região como não a via desde os anos 1960. Foi “uma oportunidade rara”, reconheceu, para acrescentar que como primeiro-ministro não deseja voltar a ver a região tão vazia de turistas. “Mas, se me concedem um minuto para ser um cidadão egoísta, que bom que foi poder ver o Algarve sem ver as filas e as enchentes de sempre”, referiu.

Antes, o ministro da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, já tinha também enfatizado a oportunidade de os portugueses serem turistas no seu país e também uma oportunidade para se investir nas comunidades nacionais, nas empresas portuguesas.

A campanha “Tu Podes, Visita Portugal”, apresentada pelo presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, que representa um investimento de dois milhões de euros, vai estar em exibição até ao final do ano e arranca, esta terça-feira, com o lançamento de um filme protagonizado por turistas de várias nacionalidades, que já visitaram Portugal e que apelam para que os Portugueses se deixem contagiar pela vontade de explorar os sons, as paisagens, a cultura ou a gastronomia do país.

A esta primeira fase da campanha seguir-se-ão mais duas, a próxima em 24 de junho, em que o convite aos turistas portugueses será feito pelos profissionais do turismo para que experimentem as suas ofertas, que podem ser uma visita a um museu, a descida num rio ou uma caminhada.

Em 10 de julho fica disponível uma plataforma digital de suporte à conversão desta campanha nacional e das campanhas regionais, e que agregará uma oferta de milhares de experiências turísticas em todo o país.

Esta plataforma, adianta o Turismo de Portugal, vai proporcionar aos portugueses a “descoberta do país e das regiões, através de benefícios que motivem a utilização” dos serviços prestados pelas empresas de animação turística.

O objetivo é dar visibilidade e dinamizar as empresas nas várias regiões, apoiando-as no esforço de comercialização através de ofertas especificamente dirigidas ao turista nacional, que não é o seu cliente habitual.

Nesta sessão de lançamento do #TuPodes, a secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, referiu os “meses muito difíceis” vividos por um setor que parou de receber turistas, mas salientou o trabalho e preparação que foram sendo feitos, tendo em conta a pandemia do novo coronavírus.

Neste contexto, precisou que cerca de 14 mil empresas já aderiram ao selo ‘Clean & Safe‘ e que 15 mil trabalhadores já receberam formação.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Zara, 19 anos, quer ser a mulher mais nova de sempre a voar sozinha à volta do mundo

Uma jovem, de 19 anos, pôs mãos à obra para levar a cabo um "gap year" (o chamado ano sabático) com um propósito muito fora do comum: tornar-se a mulher mais nova de sempre a …

Francês diz ter usado método matemático para ganhar o Euromilhões

O francês, que não quis revelar a sua fórmula à imprensa, ganhou, no dia 11 de junho, 30 milhões de euros com a combinação com a qual jogava há um mês. A história foi contada, esta …

Mais de metade da população portuguesa já tem a vacinação completa

Mais de metade da população residente em Portugal (52%) já tem a vacinação completa contra a covid-19, revela o relatório semanal de vacinação divulgado esta terça-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último relatório semanal …

Campeão olímpico criou problemas no seu país natal

Richard Carapaz, medalha de ouro no ciclismo, foi direto: "O país nunca acreditou em mim". Presidente do Equador, ministro e Comité Olímpico reagiram. Poucos dias depois de ter subido ao pódio final da Volta a França …

Jovens preocupados com fertilidade e efeitos secundários das vacinas contra a covid-19

Com o avanço das campanhas de vacinação, um grande número de pessoas das faixas etárias baixo dos 30 anos mostra-se relutante em tomar a vacina contra a covid-19. Os jovens falam de preocupações com fertilidade …

Clarisse: dois gestos que ficam para a memória olímpica

Clarisse Agbégnénou foi campeã olímpica no judo, pela primeira vez - mas a atitude que demonstrou, mal venceu a final, ficará também para os registos. Campeã mundial cinco vezes, mais duas medalhas de prata. Cinco medalhas …

Sindicatos avançam com ações legais para travar despedimento coletivo na TAP

Os sindicatos que representam os trabalhadores da TAP vão avançar com ações legais para travar o despedimento coletivo que a empresa iniciou na segunda-feira, que abrange 124 profissionais. "Até agora houve conversa, a partir de agora …

Ginastas alemãs usam fato integral para combater sexualização da modalidade

Ao contrário do que acontece com os ginastas masculinos, que podem optar por calções ou calças, as mulheres competem, desde o início da modalidade, de bodies que expõem grande parte do seu corpo. Quando, no último …

Tribunal europeu dá razão à SIC e condena Estado por violar liberdade de expressão

Portugal foi condenado pelo Tribunal Europeu dos Direitos do Homem (TEDH) por violação da liberdade de expressão num caso em que a SIC foi obrigada a indemnizar um ex-deputado do PS por ofensa à sua …

Misturar doses da AstraZeneca e da Pfizer aumenta até seis vezes as defesas contra covid-19

Um novo estudo realizado na Coreia do Sul concluiu que o número de anticorpos contra a covid-19 aumentou seis vezes em quem misturou as doses da AstraZeneca e da Pfizer em relação a quem tomou …