Costa vai escolher um terço dos deputados. PS procura “maioria absolutamente inequívoca”

partidosocialista / Flickr

Ana Catarina Mendes

A Comissão Nacional do PS aprovou na quinta-feira, por larga maioria, o conjunto de critérios proposto pela secretária-geral adjunta, Ana Catarina Mendes, para a escolha de candidatos a deputados nas eleições legislativas. Um dos critérios indica que António Costa vai escolher um terço dos futuros candidatos do partido.

Como noticiou o Sapo 24, numa reunião que durou cerca de três horas e que decorreu no Parque das Nações, em Lisboa, a proposta de critérios para a escolha de candidatos a deputados – processo que encerrará no dia 23 de julho com a aprovação definitiva das listas – teve apenas 14 votos contra.

Uma das resoluções tomadas foi o chumbo da proposta apresentada pela corrente minoritária liderada pelo dirigente socialista Daniel Adrião no sentido de o PS recorrer a eleições primárias (abertas a todos os cidadãos) para designar os seus candidatos a deputados às próximas eleições legislativas. Esta proposta teve só 23 votos favoráveis.

Mas, de acordo com o Público, se na definição dos requisitos para a escolha dos futuros parlamentares não houve grandes problemas na comissão política nacional, já quanto à mensagem sobre alianças para futuro os socialistas ainda não consensualizaram o que dizer, embora estejam a testar adjetivos em torno da ideia de uma maioria absoluta. Ou “absolutamente inequívoca”.

“O que estou a pedir é que os portugueses confiem no PS para continuarmos este caminho de recuperação e que haja uma maioria absolutamente inequívoca para o PS, que significa dar força ao PS para continuarmos a melhorar a vida dos portugueses”, disse aos jornalistas a secretária-geral adjunta, Ana Catarina Mendes, citado pelo jornal diário.

A dirigente socialista, que será diretora de campanha de António Costa nas legislativas de outubro – cargo que resulta de uma escolha direta do líder do partido -, detalhou os oito critérios que foram aprovados para a escolha dos candidatos e elaboração das listas.

Mário Cruz / Lusa

Eduardo Cabrita, Ana Catarina Mendes, Manuel Pizarro, António Costa e Fernando Medina durante a Convenção Autárquica Nacional do PS

Destes resulta que as listas têm de ser “tendencialmente paritárias” e que “obrigatoriamente” têm de cumprir a lei da paridade “para que haja mais participação de mulheres na vida política”. Na prática, significa que tem de haver no mínimo 40% de representação de um dos sexos.

Ficou ainda estabelecido que António Costa terá direito a escolher todos os cabeças de lista. Terá ainda direito a escolher 30% do número total de eleitos em 2015 para integrarem as listas e as federações distritais do partido indicarão a maioria dos nomes que as compõem.

Outro dos critérios acautela o trabalho de deputados que agora cessam a legislatura e a sua fidelidade ao grupo parlamentar liderado por Carlos César. “As federações deverão ter em consideração a capacidade de representação e de compromisso com a atividade do grupo parlamentar, nomeadamente a dedicação no exercício do mandato, a sua capacidade de representação e o empenhamento demonstrado”, segundo o documento.

Sobre a mensagem política, pouco foi adiantado. Para já, os socialistas vão prosseguir com as convenções regionais para debater os principais temas do programa eleitoral: desigualdades, alterações climáticas, demografia e sociedade digital.

As políticas de alianças ainda não entram na discussão. Depois de, esta semana, Carlos César ter colocado de parte os parceiros de esquerda, PCP e BE, criticando-os de forma violenta, na quinta-feira à noite, na SIC Notícias, o ministro das Infra-estruturas e Habitação, Pedro Nuno Santos, defendeu que o trabalho com os estes “veio para ficar”.

Mário Cruz / Lusa

Ana Catarina Mendes, António Costa e Manuel Pizarro

Questionada sobre o assunto, Ana Catarina Mendes defendeu a ligação aos partidos à esquerda do PS: “É para todos claro que, sendo o PS o maior partido nesta solução de Governo, sem ele não seria possível este conjunto de resultados. Mas é também de dizer que os parceiros que ao longo dos quatro anos apoiaram a soluções de Governo e que apoiaram os orçamentos do Estado contribuíram também para esta credibilidade”.

Segundo informou o Observador, já perto do final da reunião socialista, Ana Catarina Mendes disse ainda aos jornalistas que o PS avança para as escolha dos seus candidatos com “critérios muito objetivos” de “se abrir à sociedade civil, a pessoas representativas de vários espetros”.

No que a votos diz respeito, a secretária-geral adjunta explicou que o objetivo é ter “o voto de confiança”, argumentando com a “responsabilidade de quem prometeu e cumpriu”. “Partimos para legislativas do muito bom que já fizemos e do muito que queremos fazer para melhorar o combate à corrupção, maior transparência na vida política e na melhoria absolutamente essencial dos serviços públicos”.

Ainda durante a reunião de quinta-feira, relatou o Observador, depois de Daniel Adrião ter atacado fortemente a direção, António Costa respondeu-lhe para recusar lições de transparência, sublinhando o combate a corrupção que disse ser legado do PS.

O líder socialista terá dado exemplos, com a questão da separação de poderes entre o Ministério Público e o poder executivo, a criação do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) e de outras estruturas de investigação judicial e instrumentos legais, criados no seu mandato como ministro da Justiça no combate à corrupção.

Como diretora de campanha de António Costa nas legislativas de outubro, segundo fonte oficial do PS, citada pelo Sapo 24, Ana Catarina Mendes será coadjuvada por dois diretores operacionais: Duarte Cordeiro, líder da Federação da Área Urbana de Lisboa (FAUL) e atual secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, e Hugo Pires, secretário nacional para a Organização e deputado eleito pelo círculo de Braga.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Astrónomos provam que há água "presa" na poeira interestelar

As partículas de poeira no Espaço estão cobertas de gelo. Esta descoberta facilita as tentativas futuras de identificar a estrutura e composição da poeira em diferentes ambientes astrofísicos. O meio interestelar é composto por gás e …

Rochas antigas de Vénus apontam para origem vulcânica

Uma equipa internacional de investigadores descobriu que alguns dos terrenos mais antigos de Vénus, conhecidos como "tesserae", têm camadas que parecem consistentes com atividade vulcânica. A descoberta pode fornecer informações sobre a enigmática história geológica …

Na África do Sul, há uma associação entre violência sexual e gravidez indesejada

Na África do Sul, as meninas que sofreram violência sexual têm maior probabilidade de relatar uma gravidez indesejada em comparação com aquelas que nunca sofreram violência sexual. Na África do Sul, a taxa de gravidez na …

Hackers russos associados ao ataque em hospital alemão que resultou na morte de uma paciente

O ataque informático num hospital alemão na semana passada, que resultou na morte de uma paciente em estado crítico, pode ter sido causado por um grupo russo com ligações ao crime cibernético. A informação é …

Paços 0-2 Sporting | “Leão” competente estreia-se com triunfo

Após o adiamento do jogo da primeira jornada ante o Gil Vicente, devido a vários casos de Covid-19 nas duas equipas, o Sporting estreou-se na Liga NOS 2020/21 e não vacilou. Na visita ao Paços de …

Medicamentos para a tensão arterial diminuem mortalidade em doentes com covid-19

Um estudo de meta-análise concluiu que medicamentos para a tensão arterial, ao contrário do que se pensava, reduzem a mortalidade em pacientes com covid-19. No início da pandemia, havia a preocupação de que certos medicamentos para …

A ilha mais povoada do Hawai pode perder 40% das suas praias até 2050

A subida do nível das águas do mar pode fazer com que a ilha mais povoada do Havai perca 40% das suas praias, alerta uma nova investigação. Em causa está a ilha de Oahu, a …

Pela primeira vez em 10 anos, a Wikipédia vai mudar de aparência

A icónica Wikipédia vai, pela primeira vez em 10 anos, ser modificada para tornar o site mais acessível - e menos "assustador" - para novos utilizadores. A Wikipédia tem sido parte integrante da cultura da web …

Encontrados medicamentos ilegais em suplementos para o cérebro

Cientistas encontraram medicamentos ilegais, não aprovados nos Estados Unidos, em suplementos que alegadamente melhoram o desempenho cognitivo. Clareza mental, criatividade aprimorada e uma memória extremamente nítida são algumas das promessas feitas a quem compra suplementos de …

Voluntários oferecem-se para cumprir pena de jovem acusado de blasfémia

Num ato de solidariedade, 120 voluntários pediram para cumprir a pena de um jovem nigeriano condenado a 12 anos de prisão por blasfémia. Entre os voluntários está o diretor do Memorial de Auschwitz. Ao todo, 120 …