António Costa afasta cenário de fusão entre PSP e SEF

Rodrigo Antunes / Lusa

O primeiro-ministro salientou, esta terça-feira, que o Governo tem uma orientação geral sobre a projetada reforma dos serviços de segurança e policiais e adiantou que nas próximas semanas haverá desenvolvimentos, mas afastou o cenário de fusões de polícias.

António Costa falava em conferência de imprensa, no final de uma reunião da equipa coordenadora do Plano de Recuperação e Resiliência, que decorreu em São Bento, depois de questionado sobre a possibilidade de haver extinções e fusões de polícias.

“Não quero alimentar especulações. Sobre a reforma do sistema policial, esse é um trabalho que será executado. Não estão neste momento decisões finais tomadas, há uma orientação geral definida e não passa seguramente por fusões de polícias“, respondeu o primeiro-ministro.

Perante os jornalistas, o líder do Executivo citou o Programa do Governo em matéria de reforma de polícia de estrangeiros. “Essa reforma tem vindo a ser preparada e vai ser executada nos termos em que está prevista no Programa do Governo”, disse.

De acordo com António Costa, está previsto que, “nas próximas semanas, haja um desenvolvimento daquilo que está inscrito no Programa do Governo, que prevê uma separação muito clara entre funções policiais, de policiamento de fronteiras, e a dimensão administrativa de relacionamento com os estrangeiros residentes em Portugal”.

“Deve haver uma clara separação”, reforçou ainda o primeiro-ministro.

Na mesma conferência de imprensa, Costa foi questionado se Marcelo Rebelo de Sousa se terá imiscuído nas competências do Governo ao receber no domingo, no Palácio de Belém, o diretor da nacional da PSP, Magina da Silva.

“Relativamente ao senhor Presidente da República, a única coisa que poderei acrescentar é que o senhor Presidente da República em regra respeita escrupulosamente aquilo que é a separação de poderes.”

O primeiro-ministro observou depois que, na segunda-feira, ouviu o chefe de Estado “dar uma explicação de que recebeu o diretor nacional da PSP numa cerimónia protocolar para entrega de um livro sobre o aniversário da PSP, ou algo assim do género”.

“Quanto ao mais e quanto à reforma de fundo que está prevista, o Presidente da República conhece em detalhe quais são as intenções do Governo, porque já por diversas vezes, como ele já o disse – não tenho por isso nenhuma razão para não o dizer também -, ao longo destes anos, temos falado como tencionamos executar aquilo que está previsto no Programa de Governo em matéria de reforma e sobre a oportunidade para a execução dessa reforma”, disse.

Neste ponto, o líder do executivo não quis adiantar dados em concreto, alegando que esta tarde o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, estará numa reunião na Assembleia da República.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Fim da era Castro em Cuba. Raúl substituído na liderança do Partido Comunista por Diaz-Canel

O Partido Comunista de Cuba elegeu o Presidente do país, Miguel Diaz-Canel, para suceder a Raúl Castro como primeiro-secretário do partido, no último dia do seu congresso, que decorreu esta segunda-feira. Segundo relatou a agência Reuters, …

Governo e Câmara do Porto suspendem concessão do Coliseu e vão custear obras de 3,5 milhões

O Coliseu do Porto vai sofrer obras no valor de 3,5 milhões de euros, que vai ser suportado de igual forma pelo Governo e pela Câmara Municipal, ficando suspensa a concessão do espaço a privados. "Vamos …

Jesuítas vão criar fundação para compensar descendentes de escravos

Os jesuítas, ordem de padres católicos que se serviram de trabalho escravo durante mais de um século, vão reunir cem milhões de dólares (mais de 83 milhões de euros) como expiação pela sua participação na …

Governo do Cambodja acusado de usar covid-19 para estabelecer uma "ditadura totalitária"

Uma nova lei estabelecida no Cambodja define que quem violar as regras para controle da pandemia de covid-19 pode apanhar até 20 anos de prisão, medida que coloca o país "em direção a uma ditadura …

Rússia vai abandonar a Estação Espacial Internacional em 2025

Decisão foi aprovada em 12 de abril durante uma reunião do Presidente russo Vladimir Putin com líderes da indústria espacial do país. A Rússia vai informar os seus parceiros internacionais que vai abandonar o projeto da …

Verdes alemães vão candidatar-se pela primeira vez ao cargo de chanceler

Os Verdes alemães anunciaram, esta segunda-feira, Annalena Baerbock como candidata a chanceler nas próximas eleições gerais de setembro. A formação política ecologista alemã, segunda nas intenções de voto depois dos conservadores, anunciou que foi uma decisão …

Alexei Navalny foi transferido para um hospital prisional

Os serviços prisionais russos decidiram, esta segunda-feira, transferir para um hospital prisional o opositor russo, em greve de fome há cerca de três semanas, apesar de julgarem que o seu estado de saúde é "satisfatório". "Uma …

Depois da "bomba" da Superliga, UEFA anuncia alterações na Champions

A UEFA anunciou, esta segunda-feira, alterações nas competições europeias a partir de 2024, com a Liga dos Campeões a passar de 32 para 36 equipas, num modelo sem fase de grupos, passando para uma liga …

Mesmo com a bazuca, investimento de 2021 pouco sobe face ao que se estimava no pré-pandemia

O investimento público deverá chegar a 2,6% do PIB. Em 2019, o Governo já se tinha comprometido com um investimento público de 2,5% do PIB em 2021. Segundo o Jornal de Negócios, face ao que se …

Bruxelas admite atingir mais cedo meta de 70% dos adultos vacinados

A Comissão Europeia espera atingir antes do objetivo oficial de final do verão a meta de 70% dos adultos da União Europeia (UE) vacinados contra a covid-19, dada a "aceleração do ritmo de entregas". "Existe apenas …