Corticeira da Feira multada em 31 mil euros por assédio moral a trabalhadora

A corticeira de Santa Maria da Feira que, em setembro, motivou vários protestos contra o alegado assédio moral a que sujeitaria uma trabalhadora reintegrada por ordem judicial foi autuada em 31 mil euros.

Em causa está a empresa Fernando Couto Cortiças S.A. e a situação da funcionária Cristina Tavares, que desde maio aguardava a sua reintegração no posto laboral que vinha ocupando antes de interpor um processo contra a sua entidade patronal.

Entretanto, ficou a realizar o que o Sindicato dos Operários Corticeiros do Norte (SOCN) e a Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses (CGTP) classificaram de “trabalho improdutivo” e “humilhante”, sob “tortura psicológica”.

A denúncia feita pela CGTP referia que, “por castigo”, a trabalhadora “está a carregar e descarregar uma palete com os mesmos sacos todos os dias, desde o início de Maio”.

“Não saio do mesmo sítio todo o dia. Carrego e descarrego a mesma palete com sacos de cinco mil rolhas mais de 30 vezes por dia, durante nove horas”, queixou-se, na altura, a trabalhadora, Cristina Tavares. “Sou sozinha e tenho um filho doente de 21 anos que preciso de alimentar”, contou ainda.

Após três visitas da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), a rotina da funcionária que alega ter sido “castigada” a carregar a mesma palete de rolhas de cortiça todos os dias não mudou.

Ainda em setembro, três dezenas de funcionários da corticeira manifestaram-se para darem o seu apoio à empresa que está a ser acusada de assédio moral a uma trabalhadora, considerando que “a empresa estava a ser enxovalhada injustamente”.

Mas este mês, a ACT decidiu multar a corticeira em 31 mil euros. “Agora a Autoridade para as Condições do Trabalho vem dar-nos razão e autuou a empresa em 31 mil euros, dando como provados todos os factos que denunciámos e ainda outros que foram identificados na primeira inspeção à empresa”, disse o dirigente do SOCN, Alírio Martins.

Alírio Martins notou que pôde aceder ao relatório da inspeção e viu aí reconhecido que a ACT “constatou uma degradação do estado de saúde da Cristina Tavares em consequência desta situação” – em que um dos aspetos mais contestado nos protestos era o facto de a trabalhadora ser obrigada, “por castigo, a carregar e descarregar uma palete com os mesmos sacos todos os dias”.

O diretor financeiro da Fernando Couto Cortiças S.A. disse que a empresa “vai recorrer da decisão da ACT”, que acusa de estar a ser “manipulada pela CGTP”. Vítor Martins não quis desenvolver o assunto, mas afirmou: “Temos o direito de impugnar este resultado e é o que vamos fazer, porque não nos conformamos com esta situação”.

Não se mostrando surpreendido com a decisão da corticeira, o SOCN recorda, no entanto, que, “além do processo relativo às inspeções da ACT, o mesmo caso também seguiu para o Ministério Público”, estando a correr os devidos trâmites.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Elon Musk alerta: Civilização pode colapsar daqui a 30 anos

De acordo com Elon Musk, uma "bomba populacional" vai surgir nas próximas décadas, quando uma população mundial cada vez mais idosa chocar com a queda das taxas de natalidade em todo o mundo. Esta não é …

O mundo árabe está menos religioso. Mas continua homofóbico

Há cada vez mais árabes que dizem não ter religião. Esta é a principal conclusão de uma grande sondagem feita a mais de 25 mil cidadãos de países árabes pelo centro de pesquisa Arab Network …

Tina morreu durante 27 minutos e foi ressuscitada 8 vezes. Quando acordou, escreveu "é real"

Uma mulher norte-americana entrou em paragem cardíaca em fevereiro de 2018 quando se preparava para fazer uma caminhada com o seu marido Brian. Depois de desmaiar, Brian ressuscitando-a duas vezes antes de os paramédicos chegarem para …

"Homem-árvore" pede que as suas mãos sejam amputadas

Abul Bajandar, um homem de 28 anos do Bangladesh conhecido como "Homem-árvore" devido às incomuns verrugas que nascem nos seus membros, pediu que as suas mãos fossem amputadas para aliviar as dores insuportáveis.  Bajandar sofre de …

EUA. Senadores republicanos do Oregon fogem para não aprovar lei ambiental

Senadores estaduais do Oregon, nos Estados Unidos (EUA), encontram-se a monte desde quinta-feira para não votarem uma lei ambiental. Procurados pela polícia, voltaram este domingo a faltar a uma sessão legislativa, impedindo que haja quórum …

O planeta enfrenta um "apartheid climático"

O planeta está confrontado com um “'apartheid' climático”. De um lado, os ricos que se podem adaptar melhor às alterações climáticas, e do outro, os pobres que vão sofrer mais, disse esta segunda-feira um especialista …

Governo repõe 40 horas semanais para trabalhadores do CNB. Greve mantém-se

A partir de 1 de julho, os trabalhadores da Companhia Nacional de Bailado (CNB) voltarão às 40 horas semanais, numa uniformização laboral com os trabalhadores do Teatro Nacional de São Carlos. A decisão foi comunicada, esta …

Nova espécie de planta fóssil descoberta em Gondomar

Annularia noronhai foi encontrada no meio da cidade de Gondomar. Tem 300 milhões de anos, é um parente muito afastado da cavalinha e diz muito sobre o clima da época. Uma nova espécie de planta já …

Há um ano, 12 jovens ficaram presos numa caverna da Tailândia. Hoje, é um local turístico

Há um ano, 11 meninos foram explorar a província de Chiang Rai, na Tailândia, com o seu treinador de futebol, e acabaram presos no fundo de uma caverna sob uma montanha. Depois de terminar o …

Alemães compraram toda a cerveja de Ostritz para "secar" neonazis

Os habitantes de Ostritz, na Alemanha, impediram os participantes de um festival neonazi de beber álcool, esvaziando todas as prateleiras dos supermercados. Num protesto inédito contra a comemoração do aniversário de Hitler naquela localidade, os habitantes  …