Coreia do Norte viola sanções internacionais com a ajuda de Moçambique

(dr) DPR

Uma reportagem da CNN cita relatórios da ONU e revela que Moçambique ajuda o regime norte-coreano a financiar-se através de cooperação económica ilegal. Moçambique nega desrespeitar sanções.

À primeira vista, nada de errado no porto de Maputo. Mas, entre todos os barcos, estão dois especiais: os enferrujados Susan 1 e Susan 2. Estes dois barcos de aparência velha não são os navios de pesca comuns. Na verdade, são veleiros que barcos que contornam as sanções com tripulantes da Coreia do Norte.

Inicialmente, pode parecer estranho o interesse de Pyongyang num par de navios enferrujados. Mas, em Moçambique, a pesca não é um negócio qualquer: é O negócio, sendo uma das indústrias mais lucrativas do país. A Coreia do Norte quer, por isso, um fatia desse muito apetitoso bolo e os barcos são fáceis de mover e esconder.

No Susan 1, a bandeira da Coreia do Norte foi substituída há meses pela bandeira da Namíbia, outro país acusado de ajudar o regime de Kim, mas a tripulação é norte-coreana. Os pescadores vão, muitas vezes, à cidade fazer compras, ignorando, provavelmente, o jogo geopolítico do qual são peões.

A pesca é apenas uma das muitas áreas de comércio ilícito nas quais os dois países estão envolvidos. Numa investigação de vários meses, a CNN descobriu uma rede secreta de cooperação de empresas (muitas delas de fachada), cooperação militar e treino de forças de elite entre a Coreia do Norte e Moçambique, todos em violação das sanções internacionais, de acordo com investigadores das Nações Unidas.

A cooperação é selada com contratos ilegais no valor de milhões de dólares. O dinheiro é canalizado através de diplomatas norte-coreanos de Maputo para Pyongyang.

O governo moçambicano já reagiu à reportagem negando estar a cooperar com o regime norte-coreano. Maria Manuela Lucas, vice-ministra do Negócios Estrangeiros e Cooperação de Moçambique, admitiu a existência de uma relação política entre Moçambique a Coreia do Norte, mas garantiu seguir “à risca” as orientações das Nações Unidas, no que toca à cooperação económica.

Funcionários norte-americanos garantem saber há muito que o dinheiro angariado em Moçambique é redirecionado diretamente para o fundo nuclear do líder norte-coreano, o Offie 39.

Segundo o Observador, neste momento, tanto a administração Trump como a ONU, mantêm o regime de Kim Jong-un debaixo de olho, mas o plano não estará a funcionar como desejado.

De acordo com um relatório não publicado da ONU, citado pela CNN, a Coreia do Norte lucrou mais de 200 milhões de dólares (160 milhões de euros) a exportar carvão e outros produtos proibido (no âmbito das sanções) entre janeiro e setembro de 2017.

Nesse relatório, são descritas as violações das resoluções da ONU pela Coreia do Norte e seus cúmplices, já que Kim Jong-un utiliza o apoio dos seus aliados e recorre a contas offshore. A CNN teve acesso a comunicações oficiais trocadas entre as forças armadas moçambicanas e as da Coreia do Norte, incluindo um convite moçambicano às tropas norte-coreanas em 2015, para que se deslocassem ao país.

A ligação entre a Coreia do Norte e Moçambique já foi investigada pela ONU em 2017, mas a cooperação entre os dois países pode ser mais estreita do que consta do relatório.

Fontes militares moçambicanas confirmaram à CNN que forças de elite norte-coreanas foram treinadas numa base em Maputo há dois anos e, em troca, os norte-coreanos ajudaram Moçambique na criação de um sistema de defesa aérea e na remodelação de tanques.

Os relatórios semestrais da ONU pretendem expor quem ajuda os Estados que violam as sanções e já provaram ligações militares da Coreia do Norte a Moçambique no valor de 6 milhões de dólares (4,8 milhões de euros).

O valor foi angariado através de uma empresa de fachada com o nome Haegeumgang. A CNN descobriu a sede desta empresa, um edifício de dois andares na avenida Mao Tse-Tung, no centro de Maputo.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Pelos vistos os moçambicanos em vez de sofrerem apenas de um mal vão passar a sofrer de dois, pobre África nas mãos de quem caís-te!

RESPONDER

A Via Láctea pode estar cheia de "Terras" (com oceanos e continentes)

Uma equipa de investigadores da Universidade da Dinamarca acredita que a Via Láctea pode estar cheia de planetas semelhantes à Terra, com oceanos e continentes. Há muito tempo que os astrónomos vasculham o vasto Universo na …

Podem as leis da Física refutar a existência de Deus?

Se existe um Deus que criou todo o universo e todas as leis da Física, Deus segue as suas próprias leis? Ou pode Deus substituir as suas leis, como viajar mais rápido do que a …

Covid-19. Perda de olfato e paladar pode durar até cinco meses

A perda dos sentidos do olfato e do paladar pode durar até cinco meses depois da infeção por covid-19, segundo um estudo preliminar dado a conhecer esta terça-feira, sendo os resultados definitivos apresentados em abril, …

Na Florida, duas mulheres disfarçaram-se de idosas para serem vacinadas contra a covid-19

Na Florida, duas mulheres disfarçaram-se de idosas para conseguirem receber a segunda dose da vacina contra a covid-19, mas foram "apanhadas". De acordo com a CBS News, duas mulheres foram "apanhadas" a tentar obter as segundas …

O Rei Leão. Teoria que nasceu no TikTok sugere que Mufasa foi vítima de canibalismo

Christian Jones, um fã do filme de animação O Rei Leão, partilhou no TikTok uma teoria intrigante sobre a história da Disney. No filme O Rei Leão, o leão patriarca Mufasa é assassinado e substituído pelo seu …

Gérard Depardieu indiciado por violação e agressão sexual

Gérard Depardieu foi acusado de "violação" e "agressão sexual" de uma jovem atriz e bailarina em Paris, atos que terão ocorrido nos dias 7 e 13 de agosto de 2018. O ator francês Gérard Depardieu foi …

Uma experiência artística imersiva. Abriu em Las Vegas um supermercado psicadélico

A mercearia mais excecional dos Estados Unidos já abriu. O Omega Mart baseia-se numa experiência artística imersiva, criada pela empresa de artes e entretenimento Meow Wolf, e está agora oficialmente aberto no complexo de artes …

A imensa erupção do Etna surpreendeu até quem estuda vulcões

Há mais de uma semana que o vulcão Etna tem vindo a expelir lava, cinzas e rochas vulcânicas. Aquele que é considerado o vulcão mais ativo da Europa foi o protagonista dos últimos dias na …

Fotógrafo descobre raro pinguim amarelo na Geórgia do Sul

O pinguim amarelo foi fotografado na Geórgia do Sul, em dezembro de 2019, e as fotografias do animal estão agora a correr o mundo. Especialistas estão divididos sobre a causa desta condição rara. Este raro pinguim …

Portugal em destaque na Reuters. "Enfermeiros querem salários, não aplausos"

"Exaustos na luta contra a covid-19, enfermeiros portugueses querem salário, não aplausos." Este é o título da peça da Reuters, publicada esta quarta-feira. Correspondentes da agência Reuters traçaram o cenário vivido atualmente pelos enfermeiros portugueses, que …