Coreia do Norte viola sanções internacionais com a ajuda de Moçambique

(dr) DPR

Uma reportagem da CNN cita relatórios da ONU e revela que Moçambique ajuda o regime norte-coreano a financiar-se através de cooperação económica ilegal. Moçambique nega desrespeitar sanções.

À primeira vista, nada de errado no porto de Maputo. Mas, entre todos os barcos, estão dois especiais: os enferrujados Susan 1 e Susan 2. Estes dois barcos de aparência velha não são os navios de pesca comuns. Na verdade, são veleiros que barcos que contornam as sanções com tripulantes da Coreia do Norte.

Inicialmente, pode parecer estranho o interesse de Pyongyang num par de navios enferrujados. Mas, em Moçambique, a pesca não é um negócio qualquer: é O negócio, sendo uma das indústrias mais lucrativas do país. A Coreia do Norte quer, por isso, um fatia desse muito apetitoso bolo e os barcos são fáceis de mover e esconder.

No Susan 1, a bandeira da Coreia do Norte foi substituída há meses pela bandeira da Namíbia, outro país acusado de ajudar o regime de Kim, mas a tripulação é norte-coreana. Os pescadores vão, muitas vezes, à cidade fazer compras, ignorando, provavelmente, o jogo geopolítico do qual são peões.

A pesca é apenas uma das muitas áreas de comércio ilícito nas quais os dois países estão envolvidos. Numa investigação de vários meses, a CNN descobriu uma rede secreta de cooperação de empresas (muitas delas de fachada), cooperação militar e treino de forças de elite entre a Coreia do Norte e Moçambique, todos em violação das sanções internacionais, de acordo com investigadores das Nações Unidas.

A cooperação é selada com contratos ilegais no valor de milhões de dólares. O dinheiro é canalizado através de diplomatas norte-coreanos de Maputo para Pyongyang.

O governo moçambicano já reagiu à reportagem negando estar a cooperar com o regime norte-coreano. Maria Manuela Lucas, vice-ministra do Negócios Estrangeiros e Cooperação de Moçambique, admitiu a existência de uma relação política entre Moçambique a Coreia do Norte, mas garantiu seguir “à risca” as orientações das Nações Unidas, no que toca à cooperação económica.

Funcionários norte-americanos garantem saber há muito que o dinheiro angariado em Moçambique é redirecionado diretamente para o fundo nuclear do líder norte-coreano, o Offie 39.

Segundo o Observador, neste momento, tanto a administração Trump como a ONU, mantêm o regime de Kim Jong-un debaixo de olho, mas o plano não estará a funcionar como desejado.

De acordo com um relatório não publicado da ONU, citado pela CNN, a Coreia do Norte lucrou mais de 200 milhões de dólares (160 milhões de euros) a exportar carvão e outros produtos proibido (no âmbito das sanções) entre janeiro e setembro de 2017.

Nesse relatório, são descritas as violações das resoluções da ONU pela Coreia do Norte e seus cúmplices, já que Kim Jong-un utiliza o apoio dos seus aliados e recorre a contas offshore. A CNN teve acesso a comunicações oficiais trocadas entre as forças armadas moçambicanas e as da Coreia do Norte, incluindo um convite moçambicano às tropas norte-coreanas em 2015, para que se deslocassem ao país.

A ligação entre a Coreia do Norte e Moçambique já foi investigada pela ONU em 2017, mas a cooperação entre os dois países pode ser mais estreita do que consta do relatório.

Fontes militares moçambicanas confirmaram à CNN que forças de elite norte-coreanas foram treinadas numa base em Maputo há dois anos e, em troca, os norte-coreanos ajudaram Moçambique na criação de um sistema de defesa aérea e na remodelação de tanques.

Os relatórios semestrais da ONU pretendem expor quem ajuda os Estados que violam as sanções e já provaram ligações militares da Coreia do Norte a Moçambique no valor de 6 milhões de dólares (4,8 milhões de euros).

O valor foi angariado através de uma empresa de fachada com o nome Haegeumgang. A CNN descobriu a sede desta empresa, um edifício de dois andares na avenida Mao Tse-Tung, no centro de Maputo.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Pelos vistos os moçambicanos em vez de sofrerem apenas de um mal vão passar a sofrer de dois, pobre África nas mãos de quem caís-te!

RESPONDER

Os Simpsons podem ter previsto o surto do novo coronavírus da China

A série de televisão animada "Os Simpsons" é conhecida por ter feito profecias que, com o passar do tempo, se tornaram mesmo realidade. Agora, os fãs do programa parecem ter encontrado um episódio que prediz …

Identificada nova espécie de dinossauro que viveu há mais de 150 milhões de anos

Paleontólogos identificaram, nos Estados Unidos, uma nova espécie de dinossauro do género dos alossauros, que viveu há mais de 150 milhões de anos. A espécie, que tem o nome de Allosaurus jimmadseni, foi identificada a partir …

Escorpião com 436 milhões de anos foi dos primeiros animais a pisar a Terra

Cientistas descobriram um escorpião com 436 milhões de anos que terá sido um dos primeiros animais da Terra a migrar dos habitats aquáticos para os terrestres. Foram encontrados dois fósseis da espécie num antigo mar tropical …

Bruno de Carvalho disposto a liderar SAD do Sporting com Varandas

O ex-presidente do Sporting admitiu, esta sexta-feira, estar disposto a liderar a SAD do clube, mesmo com Frederico Varandas como presidente. No seu comentário semanal na Rádio Estádio, Bruno de Carvalho disse estar disposto a regressar …

A Inteligência Artificial teria resolvido o mistério da fuga de Alcatraz

Um programa de Inteligência Artificial (IA) poderia ter resolvido o mistério da fuga dos irmãos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris da prisão de Alcatraz, que foi considerada uma das mais seguras dos …

Mais de 30 militares dos EUA ficaram com lesões cerebrais após ataque iraniano

Mais de 30 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque iraniano na base militar de Ain al-Assad, no Iraque. 34 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque levado …

Homem que torturou suspeitos de planear o 11 de setembro diz que o voltaria a fazer

James Mitchell torturou os cinco suspeitos de terem planeado o ataque de 11 de setembro de 2001. Em tribunal, disse que não tem remorsos e que o voltaria a fazer. James Mitchell foi o psicólogo responsável …

Belenenses e Belenenses SAD chegam a acordo para suspender ações judiciais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta sexta-feira, que foi alcançada uma suspensão das ações judiciais entre o Belenenses e a Belenenses SAD. Em comunicado publicado na sua página oficial, a FPF informou que o …

Amazon quer que os clientes paguem com as mãos

A gigante tecnológica Amazon quer que os  clientes comprem e efetuem o pagamento com um aceno da mão em vez de passar um cartão numa máquina. De acordo com o Wall Street Journal, que cita fontes …

59 autarcas constituídos arguidos na Operação Éter

O Ministério Público constituiu 74 arguidos, 59 dos quais autarcas e ex-autarcas de 47 câmaras do Norte e Centro, no processo da investigação às Lojas Interativas da Turismo do Porto e Norte, realizada no âmbito …