Coreia do Norte ameaça lançar míssil balístico intercontinental

(dv) KCNA / YONHAP

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un

A Coreia do Norte ameaçou esta quarta-feira estar prestes a lançar um míssil balístico intercontinental (ICBM) depois de Washington ter anunciado a realização de um teste de interceção de mísseis no Pacífico.

Na terça-feira, os Estados Unidos indicaram que um míssil intercontinental lançado da base da Força Aérea de Vandenberg na Califórnia foi intercetado com êxito por um míssil disparado do Centro de Testes Reagan instalado nas ilhas Marshall, no Pacífico.

Na sequência do teste norte-americano a Coreia do Norte diz estar “preparada” para um novo ensaio.

“Nós estamos preparados para lançar os ICBM para onde quisermos, sob as ordens do comandante supremo (Kim Jong-Un) refere o Rodong Sinmun, órgão oficial do partido único no poder em Pyongyang.

“Os Estados Unidos devem ser conscientes de que não é em vão quando falamos do nosso poder para reduzirmos a cinzas o ‘antro do diabo’ com as nossas armas nucleares“, escreve o jornal norte-coreano.

Pyongyang anunciou, na terça-feira, o lançamento de um míssil sobre o mar do Japão o que provocou a condenação de vários países, em todo o mundo.

Tratou-se do terceiro ensaio da Coreia do Norte em três semanas e o décimo segundo desde o princípio do ano, apesar das resoluções das Nações Unidas que interditam Pyongyang a manter o programa balístico e nuclear.

Os mísseis balísticos norte-coreanos, capazes de transportar ogivas nucleares, têm um alcance de até 10.000 km, podendo atingir a maior parte dos países da Ásia, América do Norte e Europa.

Lisboa está para além do alcance dos mísseis norte-coreanos, mas o Porto e o norte de Portugal estão ainda dentro do raio de acção das armas nucleares norte-coreanas.

(dr) RT

Alcance dos mísseis balísticos da Coreia do Norte

Alcance dos mísseis balísticos da Coreia do Norte

Os mísseis norte-coreanos são capazes de atingir todo o território do Japão, da Coreia do Sul, da Rússia e da China, e cobrem metade do território norte-americano.

A América do Sul é o único continente que está completamente fora do alcance das armas balísticas da Coreia do Norte.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

13 COMENTÁRIOS

  1. Este King Kong Um é pior que o Hitler!
    Não percebi qual a sua concepção de direitos humanos!
    Mas que brinca com a humanidade, brinca!
    E a cada dia que passa as consequências dum desastre nuclear são imprevisíveis!
    Espero que alguém ponha cobro a esta situação antes que seja tarde demais!

  2. Pode mandar o raio do míssil, mas que não se esqueçam de atar uma corda ao míssil e a outra ponta da corda ao pescoço dele, já que gosta tanto de mísseis, vai dar uma volta num…

  3. Só vamos acordar quando um dia acordarmos e o mal estiver feito e ai já será tarde, muitas pessoas morreram por conta deste louco da Coreia e por conta dos que não acreditaram que ele o faria e o deixaram andar

  4. Ora aqui poderá estar a solução de divertimento entre um ditador casmurro e outro democrata da mesma estirpe, um vai entreter-se a enviar foguetes para o ar e o outro a abatê-los, no final ficam satisfeitos os dois e possivelmente até amigos.

Responder a ana Cancelar resposta

Tribunal não consegue notificar informador do caso Tancos conhecido por "Fechaduras"

O Tribunal de Santarém não conseguiu notificar a testemunha Paulo Lemos, conhecido como "Fechaduras", para esta segunda-feira ser ouvido no processo de Tancos, onde chegou a ser arguido. No início da sessão, a decorrer no Centro …

“Ajudar o presidente a encontrar mulheres”. Deputada do PSD vai enviar lista de candidatas disponíveis para as autárquicas

No sábado, o líder do PSD Rui Rio afirmou que o partido tinha dificuldade em encontrar candidatas mulheres para as eleições autárquicas. Em resposta, Lina Lopes, coordenadora das Mulheres Social-Democratas, diz que não faltam mulheres …

Chega vai questionar Governo sobre "despesas supérfluas" da presidência da UE

O deputado único do Chega anunciou, no domingo, que vai questionar esta segunda-feira o gabinete do primeiro-ministro acerca das "despesas supérfluas" da presidência portuguesa do Conselho da União Europeia. Em comunicado, André Ventura, que foi reeleito …

Ministra da Saúde alerta para continuidade de “três ameaças” da pandemia

A pandemia de covid-19 em Portugal continua a apresentar “três ameaças” apesar das medidas de restrição em vigor, adiantou hoje a ministra da Saúde, reservando o anúncio de eventuais medidas de desconfinamento para quinta-feira. Em declarações …

Portugal está "em condições invejáveis" de produzir hidrogénio verde, diz ministro do ambiente

"Estamos mesmo em condições invejáveis de sermos um grande produtor de hidrogénio verde", assegurou o ministro do ambiente e da ação climática, João Pedro Matos Fernandes, no terceiro de quatro debates do Expresso e da …

Biólogo defende que pandemia pode ter nascido de "erro honesto" em laboratório chinês

Professor de Princeton defende que não é possível descartar a possibilidade de que a pandemia tenha começado com uma fuga acidental num laboratório de virologia de Wuhan. A origem da pandemia de Covid-19 continua por apurar …

Israel reabre restaurantes e universidades após vacinar mais de metade da população

Israel, um dos países mais vacinados do mundo contra a covid-19, iniciou a terceira fase do desconfinamento, depois de o governo ter aprovado novas medidas que passaram a ser adotadas no domingo. Segundo avançou o Expresso, …

Mais 25 mortes e 365 novos casos nas últimas 24 horas

Os dados atualizados da Direção-Geral da Saúde (DGS) indicam que Portugal registou, nas últimas 24 horas, 25 mortes e 365 novos casos de covid-19. O boletim epidemiológico desta segunda-feira mostra que mantém-se a tendência de …

Ministra da Presidência lembra que desconfinamento será sempre "faseado e lento"

A ministra de Estado e da Presidência afirmou, este domingo, que o plano de desconfinamento será sempre "faseado e lento", dependendo da atuação do país e dos números concretos de cada momento. Em entrevista à SIC …

"Salam, salam, salam." Papa deixa Iraque após visita de três dias ao país

Terminou, esta segunda-feira, a visita de três dias do Papa Francisco ao Iraque. No fim da última missa que celebrou, disse em árabe: "Salam, salam, salam" (Paz, paz paz). O Papa Francisco deixou, esta segunda-feira, o …