/

Coreia do Norte ameaça lançar ataque nuclear preventivo

5

(dv) KNS / KCNA

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, saúda militares norte-coreanos em Abril de 2015

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, saúda militares norte-coreanos em Abril de 2015

A Coreia do Norte prometeu responder com um ataque nuclear preventivo às provocações dos EUA, a quem acusa de tentar invadir o território nacional, informou a agência central de notícias norte-coreana KCNA.

“A tentativa dos EUA de invadir a Coreia do Norte torna-se cada vez mais irracional”, diz um comunicado da agência estatal norte-coreana.

“O direito a um ataque nuclear preventivo não é monopólio dos Estados Unidos”, afirma a nota da KCNA, citada pela agência russa Sputnik News.

Segundo a agência norte-coreana, as forças armadas de Pyongyang, que se encontravam anteriormente preparadas para uma resposta militar, adoptaram agora uma táctica de ataque preventivo “para vencer a histeria militar absurda do inimigo“.

“Todas as unidades operacionais estão totalmente prontas a efectuar um golpe implacável contra o inimigo, caso venha a realizar a mínima provocação”, diz o texto.

Na passada terça-feira, o Comando Estratégico norte-americano anunciou que os Estados Unidos enviaram para região do Pacífico três bombardeiros B-2, capazes de transportar armas nucleares, para participarem em exercícios militares.

Não é a primeira vez que a Coreia do Norte ameaça lançar ataques nucleares preventivos “contra os seus inimigos” – EUA, Coreia do Sul e Japão.

No início de março deste ano, a Coreia do Norte ameaçou “lançar ataques nucleares preventivos” contra a parte continental dos EUA e da Coreia do Sul, “se tal for necessário para a segurança do país”.

“Os ataques nucleares preventivos serão levados a cabo indiscriminadamente, em função das indicações do comandante do Exército Popular da Coreia”, anunciou um comunicado do Ministério da Defesa norte-coreano, divulgado pela agência coreana KNCA.

Alguns dias mais tarde, um responsável militar afirmou que a Coreia do Norte poderia lançar um míssil balístico para arrasar Manhattan com uma Bomba H e apagar o distrito nova-iorquino do mapa.

A Rússia interveio na guerra de palavras, avisando a Coreia do Norte, sua tradicional aliada, de que ameaças de ataque nuclear preventivo poderiam justificar um ataque preventivo dos seus inimigos.

No final do mesmo mês, a Coreia do Norte divulgou um vídeo do seu triunfante ataque nuclear a Washington.

Intitulado “A Última Hipótese“, o bizarro vídeo mostra um míssil nuclear, disparado de um submarino, a devastar a cidade de Washington, e uma bandeira norte-americana em chamas.

A Coreia do Norte divulgou vídeos semelhantes no passado, incluindo um, em 2013, no qual se via a Casa Branca no visor da arma de um atirador, assim como a explosão do Capitólio.

Os mísseis balísticos norte-coreanos, capazes de transportar ogivas nucleares, têm um alcance de até 10.000 km, podendo atingir a maior parte dos países da Ásia, América do Norte e Europa.

Lisboa está para além do alcance dos mísseis norte-coreanos, mas o Porto e o norte de Portugal estão ainda dentro do raio de acção das armas nucleares norte-coreanas.

(dr) RT

Alcance dos mísseis balísticos da Coreia do Norte

Alcance dos mísseis balísticos da Coreia do Norte

Os mísseis norte-coreanos são capazes de atingir todo o território do Japão, da Coreia do Sul, da Rússia e da China, e cobrem metade do território norte-americano.

A América do Sul é o único continente que está completamente fora do alcance das armas balísticas da Coreia do Norte.

  ZAP //

5 Comments

  1. Como se já não bastassem os desmiolados do daesh, ainda temos que aturar também as maluquices deste atrasado mental.

  2. Acho que este acéfalo ainda não percebeu que, se continua a brincar sujeita-se a levar com um ataque “preventivo” Americano… Imbecil!

  3. Nunca ouviram o ditado “Cão que ladra não morde” ?…. Este tipo de propaganda é só para consumo interno. Como bom ditador que se preze, quer mostrar ao seu povo miserável que tem testículos, e assim consolidar o seu trono… Não liguem, é só para consumo interno….

  4. O Kinzinho ladra muito e morde pouco, para ele torna-se necessário mostrar-se valente perante um povo que é o seu esfomeado e escravizado, de resto ele sabe bem que a meter-se numa aventura dessas seria rapidamente o seu fim e da sua macacada, o que parece mais incrível é como tipos desta espécie conseguem arranjar no exterior armamento e material para o conseguir, isto prova bem a força do negócio das armas e a irresponsabilidade de quem lida com tudo isto.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.