Coordenador da task force garante que vão reabrir mais centros de vacinação

Tiago Petinga / Lusa

O coordenador do Núcleo de Coordenação do Plano de vacinação contra a covid-19, coronel Carlos Penha-Gonçalves

O coordenador do Núcleo de Coordenação do Plano de vacinação, coronel Carlos Penha-Gonçalves

Lamentando as imagens das longas filas de espera em locais de vacinação, o responsável pela task force garantiu que serão reabertos mais centros de modo a acelerar todo o processo.

Em entrevista à SIC, este sábado, o coronel Carlos Penha-Gonçalves lamentou as longas filas de espera em locais de vacinação, como em Recardães (Águeda), e garantiu que serão reabertos mais centros de vacinação no país.

Segundo o Observador, o coordenador da task force da inoculação contra a covid-19 não especificou quantos centros vão reabrir, uma vez que essa avaliação se encontra a ser feita neste momento.

“Neste momento estamos a reabrir faseadamente, sobretudo nos maiores centros populacionais. Vamos reabrir mais, estamos a fazer essa avaliação”, assinalou durante a entrevista, acrescentando que “estamos a acelerar o processo“.

“Na semana passada estávamos a vacinar a um ritmo de 45 mil pessoas por dia. Hoje vacinámos cerca de 90 mil pessoas“, justificou Penha-Gonçalves. “Todo o plano que fizemos está a ser ajustado a esta necessidade de acelerar a vacinação.”

Já no final de uma visita ao Centro de Vacinação de São Domingos de Rana, em Cascais, este sábado, Penha-Gonçalves tinha prometido intensificar o processo de vacinação contra a covid-19, manifestando-se convicto de que é possível atingir os 90% da população vacinada.

“Estamos a acelerar o processo, estamos a reforçar todas as estruturas, e especialmente em pessoal, todos os centros de vacinação”, afirmou o militar.

“Vamos acelerar, vai haver alguns constrangimentos e quanto mais pessoas recorrerem ao auto agendamento, quando mais pessoas forem ao portal da saúde para se agendarem melhor e mais organizado vai ser o processo”, declarou.

  ZAP // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.