Contínua de escola coordenou hackers que atacaram Ministérios, PGR, empresas e Tony Carreira

Um grupo de 23 pessoas, que inclui um ajudante de pedreiro e uma “estrela” de informática do Instituto Superior Técnico, estão acusados de vários crimes pelos ataques informáticos a sites de entidades públicas, incluindo Ministérios, a Procuradoria Geral da República e o Banco de Portugal, que terão sido coordenados pela contínua de uma escola.

O processo chega agora a julgamento, depois de os ataques informáticos terem decorrido entre 2012 e 2017, afectando os sites de Ministérios, da Procuradoria Geral da República (PGR), do Conselho Superior da Magistratura, do Banco de Portugal, de empresas como a EDP e a Águas de Portugal, e até a página oficial do cantor Tony Carreira.

As acções dos hackers levaram à divulgação de emails e números de telefone de centenas de magistrados, incluindo da actual Procuradora-geral da República, Joana Marques Vidal.

Os ataques visaram também servidores de escolas, universidades, instituições da administração central e local. O mesmo grupo de acusados foi ainda responsável pela “Operação Apagão Nacional“, que decorreu de 24 a 25 de Abril de 2014, deixando em baixo as páginas de várias instituições governamentais.

Auto-denominado “Sudohackers“, este grupo tinha elementos de vários pontos do país que comunicavam entre si através de programas de conversação online, nomeadamente o Messenger do Facebook.

A coordenar o grupo estaria uma auxiliar de acção educativa, residente no Barreiro, que organizava as reuniões e seleccionava os sites que foram alvo dos ataques, como nota o Diário de Notícias, citando a acusação. Esta contínua tinha “poucos conhecimentos de informática”, mas “muita capacidade de organização”, nota o jornal.

Entre os hackers acusados pelo Ministério Público (MP) está um ajudante de pedreiro, residente em Sesimbra, que, mesmo “sem qualquer formação em informática”, pirateou um site da ONU, reporta o Jornal de Notícias (JN).

Este jovem “penetrou nos servidores de 366 organizações a nível mundial”, refere a acusação, acedendo “a todas as bases de dados ali alojadas, sendo-lhe assim permitido, se o pretendesse, ler e retirar toda a informação que ali estivesse, bem como modificar ou apagar a mesma”, como cita o JN.

No leque de acusados do processo está Artur Ventura, de 33 anos, que é considerado “uma estrela da informática” e antigo aluno do Instituto Superior Técnico (IST), em Lisboa, frisa o Público. Ele negou qualquer envolvimento nos ataques.

O coordenador do Núcleo de Integração e Arquitectura de Software do IST, David Martinho, é outro dos acusados, nota o Público. David Martinho e Artur Ventura chegaram a viver juntos quando eram ambos alunos do Técnico, refere o jornal.

Também o proprietário e editor do blog Tugaleaks, Rui Cruz, que tem carteira de jornalista, está acusado no processo por, alegadamente, ter ganho dinheiro com a publicitação das acções do grupo de hackers. A investigação refere que, entre 2014 e 2015, conseguiu 2800 euros, noticia o DN.

Quanto aos restantes acusados, nenhum “terá ganhado dinheiro com a pirataria”, refere o JN, salientando que pretendiam apenas obter reconhecimento e notoriedade na comunicação social.

Os ataques informáticos envolveram ainda a participação de três menores à data dos crimes que não foram acusados. Dois deles terão sido os responsáveis pelo ataque ao servidor onde estava alojado o site de Tony Carreira que foi “invadido” com uma foto-montagem em que o cantor aparecia com um saco de dinheiro. A par da imagem, colocaram o seguinte texto: “Oh tone, pensavas que tínhamos esquecido de ti era? Corrupção nunca se esquece. Principalmente quando se copia músicas para se ganhar dinheiro não é”.

Um destes três menores tem agora 19 anos e o seu caso encontra-se nas mãos da Instância Central de Família e Menores de Santa Maria da Feira, refere o DN.

Os 23 acusados do processo respondem por crimes de associação criminosa, acesso ilegítimo e sabotagem informática, instigação pública a um crime e apologia pública de um crime.

SV, ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Mau! Então, agora são os pedreiros e as auxiliares de educação a aventurar-se na informática? E os licenciados em Informática andam a trabalhar como caixas de supermercado?! Não estou a perceber bem o que se está a passar neste país 😀

  2. Os informáticos bons – conheço uns quantos casos – já há muito que escaparam para outros pontos do mundo onde são bem melhor pagos.
    Por isso os sistemas nacionais estão à mercê de qualquer curioso mais ou menos atrevido

  3. Estavam á espera de quê? Informaticos da treta que eram coordenados por uma auxiliar escolar !!! Quer dizer ela coordenava o proprio coordenador do IST?
    Ó é para rir ou nao percebo da personalidade destes informaticos e na maioria nao eram putos.
    Queriam fama, eis o preço da fama, quem tinha emprego perdeu-o e quem nao tinha esta feitio nunca mais vao trabalhar pelo menos legalmente.

RESPONDER

O licor mais famoso da China foi leiloado no Reino Unido por mais de um milhão de euros

Uma caixa do licor chinês "Kweichow Moutai" foi vendida por cerca de um milhão de euros num leilão em Londres. O anúncio foi feito pela Sotheby’s que garante que a oferta vencedora foi o preço …

Apneia obstrutiva do sono agrava doenças cardíacas, revela estudo

A apneia, que ocorre quando uma obstrução das vias aéreas superiores causa episódios repetidos de interrupção da respiração durante o sono, é encontrada em 40% a 80% das pessoas com doenças cardiovasculares, sendo, ainda assim, …

Estranho caso de infeção com SARS-COV-2 durante 218 dias em investigação no Brasil

Um grupo de cientistas brasileiros a estudar um caso de infeção pelo novo coronavírus que durou pelo menos 218 dias, período em que o vírus se replicou e até sofreu mutação, anunciaram fontes académicas na …

"Estou envergonhada". Primeira invasora do Capitólio a ser julgada evita prisão

Um juiz federal proferiu esta quarta-feira a primeira sentença contra uma das pessoas acusadas de invadir o Capitólio dos Estados Unidos, mas a ré evitou a pena de prisão depois de expressar o seu arrependimento. A …

Arqueólogos encontram vestígios do vinho mais antigo do mundo na Grécia

Uma equipa de arqueólogos encontrou amostras de vinho no local arqueológico de Dikili Tash, no norte da Grécia. As evidências datam de há 4200 a.C e acredita-se que sejam os vestígios de vinho mais antigos …

Comunidade no céu. Um novo projeto irá ligar vários edifícios com pontes aéreas

As pontes aéreas que ligam edifícios não são uma novidade no mundo, mas agora poderão ganhar um novo destaque num projeto que será desenvolvido em Toronto. A empresa de arquitetura Safdie Architects irá desenvolver o projeto …

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo. Festival da Emoção

O Campeão da Europa continua a defender o título. A palpitante última jornada da fase de grupos. Mais recordes para Ronaldo. Quem joga contra quem nos oitavos-de-final. Visto da Linha de Fundo. Portugal 2 – …

Sergio Ramos terá pedido 50 milhões de euros ao AC Milan

Antigo capitão do Real Madrid procura clube. Paolo Maldini afastou-se da contratação do espanhol. Sergio Ramos não vai continuar no Real Madrid e, por isso, está à procura de uma "casa" nova, depois de ter estado …

Oposições criticam anúncios "pomposos” e gestão mediática do Governo

PSD, Bloco e PEV criticaram hoje a "gestão mediática" feita pelo Governo em relação ao Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), e o PCP considerou que este programa revela o "grau de submissão" de Portugal …

Paquistanesas querem melhores leis contra a violação. Primeiro-ministro diz para vestirem mais roupa

As mulheres paquistaneses pedem melhores leis contra a violação. Entretanto, o seu primeiro-ministro diz-lhes que têm de vestir mais roupa. O Paquistão tem uma taxa de condenação por violação de 0,3%, uma das mais baixas do …