Conselho das Finanças Públicas “muito preocupado” com impacto de despesas como a TAP

Nazaré Costa Cabral, presidente do Conselho das Finanças Públicas, está convicta de que a recuperação “não vai permitir ter nos próximos anos o que tínhamos em 2019”.

A presidente do Conselho das Finanças Públicas, Nazaré Costa Cabral, alertou no sábado que o impacto de despesas como a do processo da TAP pode comprometer necessidades nas áreas da saúde e da segurança social.

A responsável manifestou grande preocupação sobre esta matéria numa entrevista à Antena 1 e ao Jornal de Negócios, durante a qual também alertou que a recuperação económica do país vai ser lenta, devido à atual crise “brutal”.

“É um assunto muito sério, e o Conselho [das Finanças Públicas] está muito preocupado com esta questão”, admitiu, acrescentando que, qualquer que seja o desfecho do processo da TAP, “é preciso olhar para os custos sociais associados”, e lembrou que a transportadora tem quase 10 mil trabalhadores.

A responsável também pediu “muita cautela” na necessidade de “avaliar os impactos que o processo vai ter para os contribuintes”. “O Estado tem um limite de capacidade, e tem desafios enormes pela frente, nomeadamente nas componentes sociais. Para lhes responder, tem de ter capacidade financeira”, advogou.

Nesta altura de emergência, disse, “se há exigências adicionais do setor financeiro, com processos de recapitalização de empresas, sejam elas do setor público ou privado, vão criar uma pressão sobre o Estado que vai condicionar a capacidade financeira pública”.

Nazaré Costa Cabral receia que estas despesas suplementares ponham em causa “coisas tão fundamentais como ter hospitais a funcionar, e médicos a trabalhar”.

A responsável disse ainda estar convicta de que a recuperação “não vai permitir ter nos próximos anos o que tínhamos em 2019”. “Vai levar mais tempo, mais anos, quer do ponto de vista económico, quer orçamental, num contexto de grande incerteza, ligada à evolução da pandemia”, sustentou na entrevista.

No plano orçamental, defendeu que o relatório que acompanha a proposta de Orçamento do Estado suplementar “deveria ter sido mais detalhado”, e que “não houve clarificação total dos esclarecimentos pedidos” pelo conselho.

“Estamos ainda numa fase de dar resposta à emergência, e é para isso que o orçamento suplementar está pensado, e não para recuperação”, processo que, defende, “deve avançar, e ser ambicioso e de acordo com as capacidades do país”.

Para o futuro, considera que “a capacidade de as finanças públicas recuperarem deste choque brutal está muito dependente da recuperação económica”.

Ressalvando que não pretende ser “excessivamente pessimista” nesta matéria, a presidente do Conselho das Finanças Públicas acredita que o país tem “desafios muito complexos pela frente”. “Isto tem de ser gerido com as mensagens certas a serem passadas, de transparência e previsibilidade”, a par de “cautela e prudência com a gestão destas áreas em fase crítica”, defendeu.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Rio Ave 0 - 2 Sporting | Leão invicto com uma garra no “caneco”

O Sporting registou o 31º jogo consecutivo sem perder na Liga NOS. Na visita ao Rio Ave, os “leões” venceram o Rio Ave por 2-0 e estão muito perto de conquistar o ceptro de campeões …

Taylor's lança vinho do Porto produzido na vindima de 1896 (e custa uma pequena fortuna)

A Taylor's vai lançar um "raro" vinho do Porto produzido na vindima de 1896, na Região Demarcada do Douro, e que tem uma edição limitada de 1.700 decantadores de cristal, embalados numa luxuosa caixa de …

"Este calendário pode ser muito mais perigoso do que finalizar o campeonato"

Dois treinadores de equipas femininas de andebol analisaram a sucessão de jornadas duplas em fins-de-semana consecutivos. Diogo Guerra avisa: "Este calendário é uma irresponsabilidade enorme. Só espero que ninguém se aleije". A primeira divisão nacional feminina …

Mulher dá à luz nove bebés, mais dois do que mostraram as ecografias

Uma mulher de 25 anos deu à luz nove bebés, mais dois do que mostraram as várias ecografias realizadas ao longo da gravidez. O caso aconteceu no Mali. Este está a ser considerado um recorde mundial …

Andrea Bocelli dá dois concertos em Coimbra em 25 e 26 de junho

O tenor italiano Andrea Bocelli vai atuar no Estádio Cidade de Coimbra em 25 e 26 de junho, em dois concertos que contam com a participação da fadista Mariza. "Em cumprimento das normas de segurança e …

Califórnia vai ter o maior sistema de armazenamento de energia não hidrelétrica do mundo

A empresa canadiana Hydrostor, que fornece soluções de armazenamento de energia de longa duração, revelou esta semana que irá desenvolver 1.000 MW de CAES na Califórnia, de acordo com um comunicado. O CAES é um tipo …

Seis anos e mil milhões de links depois, cientistas concluem que a Internet está a crescer (e a encolher)

Uma equipa de investigadores analisou mil milhões de links ao longo de seis anos e concluiu que a Internet está tanto a crescer como a encolher. O mundo online está em constante expansão — sempre agregando …

Há estranhas rádios-fantasma na Rússia (e exploradores entraram numa delas)

Aos 14 anos, um jovem comprou um rádio de ondas curtas e estava a testá-lo quando encontrou a transmissão errada - uma rádio fantasma. Imagine que é um entusiasta da rádio, sozinho à noite, a trabalhar …

Dinheiro e refeições grátis. A Sérvia vai recompensar os cidadãos que forem vacinados

O Presidente da Sérvia, Aleksandar Vucic, anunciou esta quarta-feira que serão pagos 25 euros aos cidadãos já vacinados contra a covid-19 e aos que se vão vacinar até final de maio, uma iniciativa original no …

Ivã, o (não tão) Terrível. Aliado de Putin reescreve história para reabilitar reputação do primeiro czar da Rússia

Segundo um alto funcionário russo, Ivã, o Terrível, não era terrível e a sua reputação de tirano cruel é o resultado de uma campanha de difamação realizada pelo Ocidente no século XVI. Nikolai Patrushev, o poderoso …