Confirmada detenção do ex-chefe de gabinete do primeiro-ministro de Malta

(dr) Times of Malta

A jornalista maltesa Daphne Caruana Galizia

O terramoto político em torno da investigação do assassínio da jornalista Daphne Caruana Galizia em 2017 agravou-se esta quarta-feira com a confirmação da detenção desde a manhã de terça-feira do ex-chefe de gabinete do primeiro-ministro, Keith Schembri.

Em paralelo, foi também detido o médico Adrian Vela, médico pessoal do empresário Yorgen Fenech, detido na semana passada a bordo do seu iate quando tentava fugir do país e acusado de ser o instigador do crime.

Caruana Galizia, que investigava a corrupção nas altas esferas da política e dos negócios em Malta, foi assassinada aos 53 anos com uma bomba colocada na sua viatura em 16 de outubro de 2017. “Schembri está sob detenção e passou a noite de terça-feira sob custódia policial”, confirmou esta quarta-feira o diário Times of Malta.

Os investigadores têm 48 horas para interrogar um suspeito sob detenção sem apresentar acusações. Depois devem libertá-lo sem acusações ou sob fiança em caso contrário.

A crise política agravou-se terça-feira com a demissão de dois ministros do governo trabalhista horas após o primeiro-ministro, Joseph Muscat, anunciar a renúncia do seu chefe de gabinete.

O ministro do Turismo Conrad Mizzi anunciou a renúncia ao cargo apenas um dia após assegurar aos media que não tomaria essa decisão. Em simultâneo, o titular da Economia, Chris Cardona, disse que se “autossuspendia” de funções até à conclusão das investigações sobre o crime.

Face aos novos desenvolvimentos, centenas de pessoas concentraram-se frente ao parlamento de La Valetta gritando “Vergonha” e “assassinos”, e com cartazes como “Joseph (Muscat), és o próximo”.

A multidão, que lançou ovos e moedas em direção a diversos veículos oficiais, quando abandonavam o edifício, também ecoaram “Daphne tinha razão”.

Em outubro do ano passado, a jornalista morreu após a explosão de duas bombas, que foram plantadas no carro que conduzia e ativadas remotamente via SMS.

Na altura, as autoridades rastrearam os sinais de telemóvel das redondezas à data da explosão e detiveram três homens, funcionários de um armazém. Os suspeitos, que se declaram desde sempre inocentes, tinham ligações ao submundo do crime organizado em Malta. Contudo, desde então, não se tinha conseguido apurar o motivo do assassinato nem chegar a quem deu as ordens.

Daphne Caruana Galizia, natural de Malta, liderou a investigação aos Panama Papers e esteve na origem de acusações de corrupção que provocaram eleições antecipadas no país em junho de 2017.

Duas semanas antes de ser assassinada, a jornalista tinha denunciado às autoridades que estava a ser alvo de ameaças de morte. A maltesa de 53 anos foi morta poucos minutos após ter publicado o seu último post no seu blogue, Running Commentary.

Daphne Galizia tinha denunciado durante os últimos meses um alegado caso de corrupção envolvendo o primeiro-ministro de Malta, Joseph Muscat, a sua mulher e outros membros do Governo. Segundo estas alegações, o casal utilizava offshores para esconder pagamentos com origem no Governo do Azerbaijão.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O RRS David Attenborough, navio virgem dos reinos polares, já saiu do estaleiro

O navio RRS Sir David Attenborough saiu finalmente do seu estaleiro. O já lendário navio vai agora ser sujeito a alguns testes antes de ser oficialmente entregue ao serviço, em novembro deste ano. A construção do …

Vulcões ativos produzem 30 a 50% da atmosfera de Io

Novas imagens rádio obtidas pelo ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array) mostram, pela primeira vez, o efeito direto da atividade vulcânica na atmosfera da lua de Júpiter, Io. Io é a lua mais vulcanicamente ativa do nosso …

Descobertas pegadas fossilizadas com mais de 10 mil anos. São a trilha pré-histórica de uma mãe com um bebé ao colo

Uma equipa de investigadores internacional descobriu o trilho pré-histórico mais comprido do mundo no Novo México, nos Estados Unidos. O novo estudo conta a historia de uma mulher que carregou um bebé nos braços durante …

Pure Skies. Empresa desenha cabines dos aviões do pós-pandemia

Desde o início da pandemia, os especialistas têm testado diferentes maneiras de alcançar o distanciamento social em aviões, embora com pouco sucesso. Agora, há uma empresa que está a levar esta ideia até ao próximo …

OE2021. Bloco de Esquerda vota contra na generalidade

O Bloco de Esquerda vai votar contra a proposta do Orçamento do Estado para 2021 na generalidade, anunciou a coordenadora do partido, Catarina Martins. Em declarações aos jornalistas, a bloquista confirmou este domingo que o …

PS ganha eleições nos Açores sem garantia de maioria absoluta

O PS voltou a ganhar as eleições regionais dos Açores, obtendo entre 37% e 41%, o que não garante a maioria absoluta, segundo a projeção à boca das urnas realizada este domingo pela Universidade Católica …

Extinção da fauna em Madagáscar pode dever-se à presença humana (e a mudanças climáticas)

Grande parte da fauna de Madagáscar e das ilhas Mascarenhas foi eliminada durante o último milénio. Neste sentido, uma equipa de cientistas analisou um registo do clima nos últimos 8000 anos nas ilhas. O resultado …

PAN vai abster-se na generalidade. OE mais próximo da aprovação

O partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) vai abster-se na votação na generalidade da proposta de Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) na próxima quarta-feira, anunciou a líder parlamentar do partido, Inês Sousa Real. Com a abstenção dos três …

O passado tóxico fica para trás. Asbestos, a cidade "amianto", mudou de nome

A cidade canadiana Asbestos (que significa amianto) ganhou um novo nome, quase 11 meses após o anúncio da votação. Wuase metade dos cerca de 6 mil residentes da cidade canadiana marcaram presença numa votação organizada num …

Menino de 12 anos encontra fóssil de dinossauro com 69 milhões de anos

Nathan Hrushkin, aspirante a paleontólogo de 12 anos, encontrou o fóssil de um dinossauro enquanto passeava com o pai em Alberta, no Canadá. Depois de enviarem uma fotografia ao Museu Royal Tyrrell, ficaram a saber …